Vinícola Aurora recebe as primeiras uvas do ano

Expectativa é de uma safra excelente para todas as variedades, pois o clima foi perfeito em todas as fases do cultivo e efeito La Niña deverá garantir um verão seco

Desde o dia 3 de janeiro, a Vinícola Aurora está recebendo as uvas da safra 2017. As primeiras precoces (incluindo a Chardonnay, a rainha das uvas dos espumantes) chegaram à vinícola com excelente qualidade. Até meados de março, quando está previsto o fim da colheita, a maior vinícola do Brasil espera ter recebido 60 milhões de quilos de uvas, entre viníferas e de mesa.

A alta qualidade deverá alcançar também as variedades médias e tardias. Em função do efeito La Niña, a previsão é de um verão mais seco na Serra Gaúcha, o que será muito positivo para as variedades médias (colhidas no meio do período da safra, como Cabernet Franc e Malvasia) e as tardias, colhidas no final no verão (como Cabernet Sauvignon, Tannat e as variedades Moscato).

“Durante todo o ciclo das vinhas, tivemos excelente comportamento climático”, explica Flávio Zílio, enólogo-chefe da Vinícola Aurora. “Desde a floração, brotação a formação do cacho, tivemos amplitude térmica e precipitação adequadas, o que proporcionou frutos de excelente sanidade e qualidade”, explica o enólogo, comemorando a expectativa de uma safra excelente.

Fotos: Marlove Perin

0 respostas

Deixe uma resposta

Comente este artigo
Descreva sua opinião

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

treze + 18 =