Embrapa apresenta Suquificador Integral para a produção de suco de uva em pequena escala

O Suquificador Integral, novo equipamento para elaboração de suco de uva integral em pequena escala, desenvolvido pela Embrapa Uva e Vinho e a empresa Monofrio foi apresentado pela Embrapa, no Show Rural Coopavel, que aconteceu de 6 a 10, em Cascavel (PR).

O Suquificador Integral foi projetado para ser de fácil uso e resolver o problema de mais de 50 mil pequenos produtores no Brasil, que atualmente produzem cerca de oito milhões de litros de sucos de uva e outras frutas utilizando o método da panela extratora por arraste de vapor, no qual há acréscimo de água ao produto final, o que altera sua composição e classificação. Para Celito Guerra, pesquisador da Embrapa Uva e Vinho e um dos desenvolvedores do novo equipamento, a tecnologia tem potencial para produzir um suco de qualidade superior, substituindo as panelas extratoras.

Com a elaboração de cinco mil litros de suco por safra, o investimento no valor aproximado de R$15 mil será pago em até quatro anos. O equipamento foi projetado para a elaboração de suco integral de uva, mas já foi testado e aprovado para a elaboração de suco de outras frutas, como framboesa, morango, amora e mirtilo, respeitadas as especificidades de cada matéria-prima. A nova tecnologia foi registrada no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e apresentada aos produtores, que poderão encomendá-la diretamente na Monofrio, empresa responsável por sua fabricação e comercialização.

Confira mais informações em www.embrapa.br/showrural

Fotos: Viviane Zanella

Veja o calendário de saque do dinheiro das contas inativas do FGTS

O saque do dinheiro das contas inativas do FGTS vai começar em março para quem nasceu em janeiro e fevereiro. A informação é da Folha Online. O início dos saques deve ser autorizado a partir do dia 10 de março, uma sexta-feira. O calendário será oficialmente divulgado pelo governo nesta terça-feira (14), além de outros detalhes sobre como vai funcionara operação.

Quem nasceu entre março, abril e maio vai poder resgatar o dinheiro em abril. Já quem aniversaria em junho, julho ou agosto poderá fazer o saque em maio. Já em junho, o benefício poderá ser retirado pelos nascidos entre setembro e novembro. Em julho, por fim, será a vez dos aniversariantes de dezembro.

Contas inativas são aquelas de trabalhadores que pediram demissão e que, portanto, não puderam sacar o dinheiro. Só poderá ter acesso aos recursos quem deixou o emprego até 31 de dezembro de 2015.

Calendário:

Em março

sacará o FGTS quem nasceu em janeiro e fevereiro

Em abril

nascidos em março, abril e maio

Em maio

nascidos em junho, julho e agosto

Em junho

nascidos em setembro, outubro e novembro

Em julho

nascidos em dezembro

 

Fotos: Divulgação

Ciência: uma fruta madura acelera o amadurecimento das verdes?

Isso porque as frutas, quando chegam à fase de maturidade fisiológica, começam a produzir um gás que ajuda no seu amadurecimento: o etileno

Comer frutas diariamente é fundamental para manter a saúde em dia: são fontes ricas em vitaminas e sais minerais. Quem faz compras semanais na feira sabe como é difícil escolher as frutas que vão amadurecer no tempo certo do nosso cardápio.

Para evitar desperdícios, nada mais comum do que comprar frutas verdes para chegarem ao ponto durante a semana. Depois, é só apostar em um velho truque da vovó:misturar as verdes com as maduras. Mas isso funciona mesmo?

De acordo com Murilo Freire, pesquisador da Embrapa -Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, funciona. Isso porque as frutas, quando chegam à fase de maturidade fisiológica, começam a produzir um gás que ajuda no seu amadurecimento: o etileno.

É essa substância, que, entre outras coisas, leva ao rompimento das fibras, o que deixa o fruto mais macio, e à hidrólise do amido – a quebra dessa molécula resulta no sabor adocicado do alimento.

No entanto, não são todas as frutas que produzem essa substância, apenas as frutas climatéricas, que continuam a se desenvolver, mesmo que sejam colhidas ainda verdes, até ficarem maduras, “passarem do ponto” e apodrecerem. Por isso, por exemplo, que é possível comprar uma banana verde e esperar que ela fique amarela e docinha.

Alguns exemplos desse grupo: caqui, banana, mamão, ameixa, nectarina, kiwi, pera,pêssego, maçã, abacate, melão e manga.

O outro grupo, chamado de não-climatéricos, não tem essa capacidade de continuar seu amadurecimento fora do pé. Se forem colhidas verdes, elas permanecem assim até estragar. É o caso, por exemplo do morango, limão, laranja, figo, uva,cereja, melancia, abacaxi e coco.

Ambiente fechado para amadurecer

De acordo com Freire, este amadurecimento “forçado” é mais eficaz em ambiente fechado. Ou seja, não basta colocar tudo junto em uma fruteira em cima da mesa, é preciso embalar em um saco de papel ou até mesmo embrulhar com jornal. “Assim, o gás liberado com mais intensidade pela fruta madura fica concentrado no local e ajuda a amadurecer as verdes”, comenta.

Uma dica importante: na hora de embalar os alimentos, escolha produtos que não dificultem a respiração do vegetal, como o plástico. O papel é uma boa opção.

Entendeu agora por que é possível acelerar o amadurecimento de algumas frutas com uma ajudinha extra? E se for um dia quente de verão, esse processo ocorre ainda mais rápido.

O truque pode reduzir em até três dias o tempo de maturação do vegetal. E ele também é válido se você embrulhar apenas as verdes – e comer a madura. Colocar uma fruta madura junto com as demais também faz com que ela apodreça mais rápido.

Fotos: Divulgação

Fronteira é o grande campeão do torneio de La Pinta em Pinto Bandeira

É a primeira vez que a equipe vence o torneio

O Fronteira é o grande campeão do torneio de La Pinta em Pinto Bandeira 2017. A vitória foi conquistada nos pênaltis por 3 a 2 contra o Cruzeiro, após o empate de 1 a 1 no tempo normal, no último domingo, dia 12. O goleiro do Fronteira, Rafael, foi o destaque da decisão ao realizar defesas difíceis durante as penalidades máximas.O campeão do Torneio levou para casa dois mil e quinhentos reais.

Classificaçãofinal do 26º Torneio de La Pinta

1ºE.C. Fronteira

2º Cruzeiro

3º Meriene

4º Rizzardo Mat.Elétricos

5º Postes DeGasperi

Fotos: Fabiano Martins – Buda

Gerência Regional da Emater/RS-Ascar visita prefeitura de Pinto Bandeira

No dia 1º de fevereiro a gerente regional da Emater/RS-Ascar de Caxias do Sul, Sandra Dalmina, o Gerente Regional Adjunto Eloi Portolan, a Engenheira Agrônoma Melissa Bock e a Extensionista Social Rúbia Heineck Koch, visitam a Prefeitura de Pinto Bandeira, onde foram recebidos pelo Prefeito Hadair Ferrari e Vice Prefeito e Secretário da Agricultura Daniel Pavan.

Na pauta diversos assuntos, entre eles: apresentação da Gerência e da Equipe Municipal aos Gestores; apresentação do Programa de Gestão Sustentável da Agricultura Familiar (Programa que visa a elaboração de indicadores técnicos econômicos, sociais e ambientais para monitorar e analisar os resultados, orientando para ajustes quando necessário e implantação de Unidades de Referência Tecnológicas (UR’s), onde serão beneficiadas 35 famílias no município até o ano de 2019); assinatura de Convênio entre Emater e Prefeitura Municipal e estabelecimento de parceria entre Emater e Gestão Municipal.

Fotos: Marlove Perin

Prefeito Ferrari fala sobre o início de sua gestão

Na manhã da quarta-feira, 18 de janeiro, em entrevista ao Jornal de Pinto Bandeira, o Prefeito do município Hadair Ferrari respondeu a algumas perguntas sobre o início de sua gestão.

Jornal de Pinto Bandeira – Considerando que Pinto Bandeira é um dos municípios mais jovens do Estado, como o senhor encontrou a organização administrativa do Município?

Hadair Ferrari – Conforme orientação do ministério público, o ex Prefeito João Pizzio fez a transição documental, parte no dia 20 de dezembro de 2016 e o restante no dia 30 e, foi em cima disso que iniciamos nossos trabalhos. Hoje, passados quase vinte dias desde que assumimos, podemos dizer que estamos organizando a casa.

JPB – O ex-prefeito Pizzio, divulgou que deixou 1,4 milhão, sendo R$ 300.000,00 de recursos de repatriação. Este valor total se confirma?

Hadair Ferrari – Sim, esse valor se confirma. Parte desse valor vai ser usado para pagar contas pendentes, outra parte vai para educação e saúde e, o valor livre, que ficará em torno de 50% do total, será usado nas necessidades mais urgentes da prefeitura.

JPB – Qual o total do orçamento para 2017?

Hadair Ferrari – O orçamento para este ano está em aproximadamente R$ 13.000.000,00.

JPB – Quais foram as suas principais medidas tomadas como prefeito?

Hadair Ferrari – Em primeiro lugar estou recebendo todas as pessoas que nos procuram aqui, mesmo sem hora marcada. Em segundo redução de gastos com funcionários, aluguéis e outros, além da organização da prefeitura para deixar todas nossas ações o mais transparente possível. Queremos estar entre os primeiros no ranking da transparência.

JPB – Pinto Bandeira possui cerca de 30 famílias beneficiárias do Bolsa Família. Com a extinção da secretaria de Assistência Social, o repasse do benefício continua inalterado?

Hadair Ferrari – Atualmente são 23 famílias beneficiadas com o bolsa família, as outras sete, saíram por não estarem mais de acordo com as exigências do programa. Quanto à Secretaria de Assistência Social, ela não foi extinta, foi apenas absorvida pela Secretaria da Educação, o que foi extinto foi o cargo de Secretário da Assistência Social.

JPB – Como está o trabalho de implantação da extensão da Universidade Federal de Santa Maria, em Pinto Bandeira?

Hadair Ferrari – Estamos dando continuidade aos trabalhos, tanto que no próximo domingo, dia 22, teremos o vestibular, cujas provas acontecerão na Escola José Pansera. Posteriormente teremos maiores informações.

JPB – Uma das grandes reivindicações dos produtores de Pinto Bandeira são as estradas do interior. Como está o trabalho da Secretaria de Obras no interior?

Hadair Ferrari – Todas as máquinas e caminhões precisam passar por revisão mecânica, assim como necessitamos comprar os combustíveis, brita, canos para

boeiros, etc. Esses processos necessitam passar por licitação e isso demanda um certo tempo. Assim que tudo estiver liberado estaremos trabalhando direto nas estradas do interior. Sabemos que a época é de safra e as estradas estão em péssimas condições, porém não podemos atropelar os trâmites legais, muito embora fosse essa a minha vontade, para ajudar os agricultores no escoamento de suas colheitas. Acreditamos que para fevereiro tudo estará normalizado.

JPB – Em relação à PROAMB, em que ponto estão as negociações para a ampliação da Unidade em PB, considerando que o governo anterior tentou condicionar a liberação da obra à apresentação de um estudo de Impacto de Vizinhança, ou seja, auxílio para o asfaltamento da estrada?

Hadair Ferrari – A proamb já está colaborando conosco, quando dou brita para que pudéssemos ir adiantando o reparo mais urgentes das estradas. Quanto à ampliação da unidade e o asfaltamento estamos em tratativas e acreditamos que em breve teremos novidades a respeito desse assunto.

JPB – Em relação à saúde, mudou algo na estrutura da mesma no município?

Hadair Ferrari – A Secretaria da Saúde está respondendo pelo Meio Ambiente e pela Assistência Social. Abrimos processo seletivo para preencher algumas vagas como médico, dentista, enfermeira, auxiliar de dentista, entre outras. Estas vagas vão suprir a necessidade de um melhor atendimento ao público. Também estamos firmando novos convênios com clínicas, laboratórios etc.

JPB – Atualmente quantas pessoas foram contratadas e cargos de confiança, estão trabalhando na prefeitura? Tem necessidade de novas contratações?

Hadair Ferrari – Contratamos apenas os Ccs para as quatro Secretarias, e como já falei anteriormente, estamos com o processo seletivo em andamento para suprir as demandas

Fotos: Marlove Perin

FGTS inativo 2017: Nem todos poderão sacar o benefício, tire suas dúvidas

Cerca de 10 milhões de brasileiros aguardam a liberação do FGTS. Governo vai liberar o saque de contas inativas do fundo de garantia. Estimativa é de R$ 30 bilhões circulando no mercado

Para movimentar a economia, o governo resolveu permitir o saque do FGTS de contas inativas. Cerca de 10 milhões de pessoas poderão fazer os saques. A estimativa é de R$ 30 bilhões circulando no mercado. A Caixa Econômica Federal deve divulgar o cronograma de saques na próxima semana e a expectativa é que o dinheiro comece a ser liberado a partir de março.

Quem pode sacar o FGTS?
– Terá direito a sacar o dinheiro o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até o dia 31 de dezembro de 2015;
– Uma pessoa pode ter mais de uma conta inativa;
– Não poderá retirar o dinheiro quem pediu demissão ou foi desligado por justa causa a partir do dia primeiro de janeiro do ano passado – nesse caso vale a regra antiga. A pessoa só poderá sacar o dinheiro da conta inativa depois de três anos desempregada ou sem recolher o FGTS.

A consulta ao saldo pode ser feita pela internet, com uma senha; pelo aplicativo no celular; com o cartão cidadão; ou nas agências da caixa. Mas tem que ter o número do PIS.

Informações sobre o FGTS
A sigla FGTS significa Fundo de Garantia de Tempo se Serviço. Criado em 1966, o FGTS tem como característica defender o trabalhador que foi demitido sem justa causa e precisa de um dinheiro para se manter durante um período até conseguir um novo emprego.

Todo trabalhador, contratado pelo regime de CLT, tem direito ao FGTS. Além disso, o Governo disponibiliza acesso para os trabalhadores rurais, temporários e atletas profissionais. Já as domésticas, o FGTS só passou a ser valido em 2015, por meio do e Social, da qual o patrão faz o recolhimento do fundo e tributos junto aos órgãos competentes.

Métodos de depósito
De forma mensal, o FGTS é realizado em uma conta bancária na Caixa Econômica Federal, em nome do trabalhador. A pessoa proprietária da conta pode ter acesso ao site por meio de canais da internet (site da caixa ou site oficial do FGTS), aplicativos de celular ou por meio de um extrato mensal que o banco disponibiliza diretamente na casa do trabalhados.

Valor
O FGTS não é descontado do salário. Assim, esse beneficio é uma obrigação da empresa contratante, que deve depositar em uma conta independente, junto a Caixa Econômica, o valor de 8% baseado no salário bruto do trabalhador. Já o trabalhador doméstico, o valor será baseado em torno de 11.2%, de acordo com novas propostas reajustadas pelo governo nos últimos anos.

Fotos: Divulgação

Maratona do Vinho ocorre no próximo dia 12 de fevereiro, em Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul

Atividade deseja aliar saúde, esporte, convivência e alegria

Muito além de uma competição esportiva, a Maratona do Vinho é um evento que coroa a temporada da colheita da uva, principal matéria-prima para a elaboração de vinhos e espumantes. A Maratona ocorre no domingo, dia 12 e contemplará os municípios de Garibaldi, Bento Gonçalves e Monte Belo do Sul.

Durante a atividade, os participantes percorrerão o Vale dos Vinhedos, a Estrada do Sabor e a Rota dos Espumantes numa distância oficial de 42.195 Km. A prova contempla maratonistas de alto rendimento, atletas amadores, representantes de academias, clubes, associações, grupos de amigos e familiares que estão em busca de harmonia e saúde. Pontos de ‘Vino Stop’, belas paisagens e o aroma das uvas são adicionais da competição.

Na Fórmula 1, a área de reabastecimento é nos Pit Stops, já na Maratona do Vinho, a área de reabastecimento é nos ‘Vino Stops’ – momentos de revezamento e descontração regados a uva, suco, vinho, pão, queijo, salame, além de músicas e danças típicas da região. Além da premiação aos primeiros colocados, todos os atletas receberão a medalha de participação.

Dotado de substâncias antioxidantes, o vinho é capaz de auxiliar na recuperação pós-prova. Os benefícios da bebida para a saúde estão relacionados com os polifenóis presentes nas sementes e na casca das uvas. O consumo moderado de vinho tem relação com o bem-estar e a longevidade.

Detalhes sobre como participar, o regulamento e demais informações podem ser encontradas no site: www.maratonadovinho.com.br.

Fotos: Divulgação

Wine Run – Vale dos Vinhedos 2017 já tem mais de 600 inscritos

Sexta “meia maratona do vinho” será disputada em 20 de maio. A edição tem mais de 60% de inscrições esgotadas. Beleza da região de Bento Gonçalves e seus vinhedos são atração.

Conhecida como meia maratona do vinho, disputada em uma região que recebe grande número de visitantes amantes da bebida, a tradicional Wine Run conta com várias atrações, sempre unindo corrida e ecoturismo. Até agora, mais de 600 atletas já garantiram um lugar na “meia maratona do vinho”, em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, com largada na Vinícola Grand Legado às 9 horas.

No total são 1.000 vagas para a Wine Run – Vale dos Vinhedos 2017. As inscrições continuam abertas e podem ser feitas – tanto na categoria Individual como em duplas – no site do evento: www.winerun.com.br. Nesse segundo lote de inscrições o valor é de R$ 190,00 por atleta.

A Prova

A Wine Run terá 21 quilômetros de muitos desafios em meio às belas paisagens do Vale dos Vinhedos, proporcionando aos participantes a experiência de correr às margens das principais vinícolas do Brasil e, em alguns momentos, nas áreas das parreiras. O percurso, o mesmo de 2016, mistura diversos tipos de terrenos, com pisos de terra, cascalho, asfalto e paralelepípedos, além de subidas e descidas acentuadas.

A prova conta com categoria Individual Geral e, também, por idades no masculino e no feminino – 18 a 24 anos; 25 a 29 anos; 30 a 34 anos; 35 a 39 anos; 40 a 44 anos; 45 a 49 anos; 50 a 54 anos; 55 a 59 anos e acima de 60 anos -, além de Dupla Geral – masculina, feminina ou mista

Programação

Na véspera do evento, dia 19 de maio, haverá entrega de kits para atletas no hotel oficial, o Grande Hotel Dall’Onder, em Bento Gonçalves, das 15 às 21 horas. Às 20 horas, no mesmo local, está programado um jantar de massas (opcional). No dia da prova, os atletas terão traslado de ônibus gratuito do hotel oficial para o ponto de largada e/ou posto de revezamento. E, depois, da arena de chegada para o hotel oficial. O tempo limite de prova é de quatro horas. Na chegada serão realizadas a Festa do Espumante e a cerimônia de premiação.

Fotos: Divulgação

Otimismo marca abertura oficial da safra da uva no Rio Grande do Sul

Em evento que contou com a presença do governador José Ivo Sartori, presidente do Ibravin destacou necessidade de retomar mercado que apresentou retração em 2016

A abertura oficial da Safra da Uva 2016/2017 no estado do Rio Grande do Sul na manhã deste sábado (4) foi marcada pelo otimismo em função do grande volume e da qualidade da matéria-prima que já pode ser verificada. Monte Belo do Sul recebeu o eventoque contou com a presença do governador do RS, José Ivo Sartori, do secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo, do prefeito Adenir José Dalle, além de parlamentares e prefeitos dos municípios da região da Serra Gaúcha.

Opresidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Dirceu Scottá, mencionoua expectativa de uma safra que deve superar os 600 milhões de quilos previstosno início da colheita. O dirigente citou a quebra que chegou a 57% na últimasafra como um dos fatores, aliado à crise econômica e aumento de tributos – emespecial do IPI – para uma retração que chegou a 18% na venda de produtosvitivinícolas brasileiros em 2016. “Este cenário mostra que o mercado nãoaceita mais aumentos de tributos e de preços. O Ibravin vem concentrandoesforços para a diminuição dos custos de produção, aumento de produtividade eem ações de promoção para retomarmos o crescimento neste ano”, projeta.

Scottá citou o amadurecimento dosetor que possibilitou a chegada num consenso quanto ao preço mínimo da uva comreajuste de 18%, a atuação para a ampliação da Assistência Técnica e ExtensãoRural (Ater) e para a chegada do Programa Alimento Seguro (PAS) Uva paraProcessamento para as vinícolas e viticultores.

O governador Sartori garantiu que oestado é parceiro do setor vitivinícola, estimulando a ampliação de áreas deprodução e a agregação de tecnologia cada vez mais presente na atividadeagrícola. O governador também enxerga com otimismo os frutos da safra que foiaberta neste sábado. “Precisamos olhar para frente, mas também reconhecer oesforço dos nossos antepassados que possibilitou que chegássemos até aqui emcondições de celebrarmos mais uma vindima. O setor vitivinícola tem umaimportância imensa para a economia e para a cultura do nosso estado”,discursou.

O secretário Ernani Polo reiterou aparceria do governo com o Ibravin, citando o Fundo de Desenvolvimento daVitivinicultura (Fundovitis) como fundamental para a qualificação e promoção dovinho gaúcho. “O Ibravin tem feito um excelente trabalho, levando sugestõespara o governo a fim de que as políticas para a agricultura cheguem na pontacom maior agilidade”, disse, ao se referir ao programa Agro + RS, que temobjetivo de simplificar processos e normas de atendimento do setor produtivo parareduzir a burocracia na esfera pública e estimular o crescimento econômico.

Após os pronunciamentos oficiais, quecontou com discurso de boas vindas do prefeito de Monte Belo do Sul, AdenirDallé, a comitiva realizou a colheita simbólica nos vinhedos da FamigliaBarbieri, local da abertura oficial da safra no RS.

Os números das últimas safras*

Ano                                    Volume (milhões de quilos)

2011                                   709,6

2012                                   696,9

2013                                   611,3

2014                                   606,1

2015                                   702,9

2016                                   300,3

*Uvas para processamento de vinhos, espumantes e derivados. Dados referentes ao estado do Rio Grande do Sul, provenientes do Cadastro Vitícola, mantido por meio de parceria entre Ibravin e Embrapa Uva e Vinho, com recurso do Fundovitis.

Fotos: Luiz Chaves, divulgação governo do RS