Modelagens, cores e texturas variadas na moda democrática do 28º Festimalha

Maior feira de malha tricot do Sul do Brasil expõe as tendências de inverno

Golas generosas, saias com malha canelada, mistura de materiais e texturas, modelagens femininas com cara de alfaiataria, regata com gola, blusões com comprimento e palas largas. Estas são algumas das tendências da moda inverno que estarão presente no 28º Festimalha, apresentadas por 47 malheiros, todos locais. O evento acontece de 20 de abril a 28 de maio, de quintas a domingos, além do feriado de 1º de maio, no Centro de Eventos da cidade.

Uma das tendências em destaque na feira serão as peças confeccionadas com a mistura de materiais e texturas. Um exemplo é a união da malha com o metalizado, em alta na moda da estação, assim como as golas abundantes, presentes, inclusive, nas regatas. As peças que vão aquecer a temporada mais fria do ano trazem diversos tons de azul e vermelho, seguindo a tendência mundial shades of blue e shades of red. Isso não significa que as cores sóbrias e neutras perderão seu espaço tradicional. Entretanto, o colorido e os tons pastéis surgem para harmonizar as produções, deixando o look mais leve. Os tons terrosos continuam em alta.

Outra proposta que chega com força total são as malhas em modelagem maxi como blusões compridos e palas largas, que oferecem ainda mais conforto e praticidade. Espaço também para o estilo tomboy, uma maneira divertida de misturar o feminino e o masculino com peças chave que tem a cara de alfaiataria. A ideia é oferecer peças masculinas para compor looks confortáveis para as mulheres, quebrando paradigmas. Sucesso na última temporada, a malha canelada volta com toda força, sendo mais uma opção para quem procura comodidade. Saias e vestidos feitos a partir desta concepção não marcam e se ajeitam a cada curva.

Junto com a feira, expositores entendem que a moda reflete o comportamento da sociedade, atendendo a diferentes tribos, gostos, idades e etnias. Essa diversidade de preferências fez com que o evento seguisse a temática ‘Moda para todos’, apresentando particularidades que abraçam todas as ideias e diferenças. Toda essa heterogeneidade estará evidenciada no 28º Festimalha por meio de mais de 450 mil peças.

A produtora de moda, Luísa Giusti, responsável pelos desfiles que integram a programação da feira, explica que cada vez mais é necessário atender as demandas do consumidor. “Padrões estão se rompendo e rótulos não são mais aceitos. E é justamente isso que queremos mostrar no Festimalha. A moda é divertida e nada mais é do que a representação do real”, ressalta. Impressionada com a produção local, Luísa assegura que o carinho e o cuidado empregado pelos malheiros na produção é o que tornam as malhas tão especiais e singulares. “Este é o grande diferencial da feira. Todos que compram no Festimalha levam um pouquinho da cidade consigo”, destaca.

O FESTIMALHA

O que? 28º Festimalha

Quando? De 20 de abril a 28 de maio de 2017 (25 dias de feira)

De quintas a domingos, além do feriado de 1º de Maio

Horário: das 10h às 19h

Onde? Centro de Eventos de Nova Petrópolis

Ingressos:

– Público geral: R$ 7,00

– Terceira Idade: R$ 3,50 – quintas-feiras, sábados, domingos e feriados

Isento – sextas-feiras (exceto feriados)

– Excursões (acima de 10 pessoas)

Isento – quintas-feiras (exceto feriados)

Isento – sextas-feiras (grupos acima de 30 pessoas – exceto feriados)

R$ 3,50 – sextas-feiras (grupos de 10 a 30 pessoas – exceto feriados)

R$ 7,00 – sábados, domingos e feriados

– Crianças: Isento – até 10 anos

R$ 7,00 – a partir de 11 anos

– Morador local: Isento – mediante apresentação da carteirinha do Parque Aldeia do Imigrante

Estacionamento: gratuito

Promoção: Associação Comercial e Industrial de Nova Petrópolis (Acinp)

Estimativa de público: mais de 100 mil visitantes

Produtos: malhas com design local, gastronomia, acessórios

Expositores: 63 (47 malharias, 11 expositores gastronômicos e cinco de acessórios)

Área de exposição: 2,7 mil m² de área coberta

Mais informações: www.festimalha.com.br

Fotos: Mauro Stoffel