Dia do Vinho 2017 terá mais de 200 atividades espalhadas por três regiões do Brasil

Programação apresentada oficialmente em Santana do Livramento (RS), tem quase 40 ações de degustação e descontos de até 30% em vinícolas

Os números da programação lançada na noite desta quarta-feira (3), em Santana do Livramento (RS), são compatíveis com as dimensões adquiridas pelo Dia do Vinho em 2017. De 19 de maio a 4 de junho, mais de 200 atividades ligadas ao enoturismo ocorrerão de forma praticamente simultânea, espalhadas por três regiões do Brasil – graças à adesão do Vale do São Francisco, no Nordeste do país, que agora se une ao Roteiro de São Roque, no interior paulista, e a três regiões mais a capital do Rio Grande do Sul.

Para quem tem curiosidade em saber mais, iniciar-se no assunto ou simplesmente descomplicar-se no mundo do vinho, é uma verdadeira temporada de ser feliz:entre todos os territórios, serão quase 40 ações de degustação, incluindo oito cursos. Com uma vantagem tão típica do Dia do Vinho quanto as primeiras temperaturas mais baixas do ano, as vinícolas participantes terão produtos com descontos de até 30%.

“É o grande momento para quem quer conhecer ou visitar a região Uva e Vinho da Serra Gaúcha, o Vale Central Gaúcho, a Campanha Gaúcha, a região de São Roque ou o Vale do São Francisco, aproveitar a gastronomia, preparar o estoque de vinho para o inverno e ainda fazer um bom negócio. Porque há muitos descontos e promoções em vinícolas, hotéis e restaurantes, concentrados nestas duas semanas de celebração”, afirma o presidente do Sindicato Empresarial da Gastronomia e Hotelaria (Segh) Uva e Vinho, João Lei dens.

Quem passar por alguma das regiões engajadas na 8ª edição do Dia do Vinho poderá escolher entre 76 atividades oferecidas por 54 vinícolas e encontrar benefícios em mais de 60 restaurantes e 30 meios de hospedagem. E ainda harmonizar alguma das 37 ações de degustação (quem sabe um curso básico entre casais ou amigos?) com algum dos mais de 70 eventos específicos realizados apenas neste período do ano. Uma das vinícolas com programação especial, por exemplo, é ponto de parada do passeio da barca a vapor que percorre o Rio São Francisco, entre Juazeiro(BA) e Petrolina (PE).

“Não é sempre que o consumidor encontra tanta oferta de produtos de qualidade, com diversidade de características de três regiões do Brasil, a um preço tão acessível e ainda coma possibilidade de aproveitar um programa diferente. Os descontos nas vinícolas a tão poucos dias do início do inverno são realmente uma grande oportunidade”,avalia o presidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Dirceu Scottá. A programação completa está no site dia dovinho.com.br.

Celebração na Campanha Gaúcha
Cerca de 200 pessoas, a maioria participantes do I Simpósio de Viticultura e Enologia da Região da Campanha Gaúcha, prestigiaram o lançamento oficial da programação do Dia do Vinho 2017, no Hotel Jandaia, em Santana do Livramento (RS). A solenidade na noite de quarta-feira (3), que atraiu também representantes de municípios da região Uva e Vinho da Serra Gaúcha até a fronteira com o Uruguai, marcou ainda a oficialização do Dia do Vinho na cidade, por parte do prefeito Solimar Charopen Gonçalves.

“É um dia histórico para o município, hoje um dos maiores produtores de uvas do país”,declarou o chefe do executivo, conhecido como Ico.

Para o diretor de Relações Institucionais do Ibravin, Carlos Paviani, o evento traz a marca da integração: “O Dia do Vinho é uma atividade que vai somando regiões e se consolida cada vez mais. Isto porque o enoturismo envolve três setores, desde o plantio e o cultivo da uva até a indústria. É um segmento que promove desenvolvimento regional, porque todas as atividades estão entrelaçadas”,declarou.

Com 16 empreendimentos vitícolas associados desde 2010 e respondendo por aproximadamente 15% da produção nacional de uva, a Associação dos Vinhos da Campanha Gaúcha viveu uma noite especial, em função do ineditismo do lançamento do Dia do Vinho em suas terras – cheias de significado.

“Este ano conseguimos dar início a alguns roteiros enoturísticos e agora começam a acontecer estes eventos que engrandecem o Dia do Vinho e a nossa região. O lançamento vindo para cá incentiva as vinícolas a investir mais no enoturismo.É uma oportunidade de se olhar para toda região. Aqui tem um lado histórico diferente da Serra Gaúcha. Teve guerras, tratados, disputas de fronteiras…Tem uma história que só pode ser contada aqui. É um grande potencial a ser explorado”, concluiu o presidente da Associação, René Ormazabal Moura.

Descubra o que e onde fazer
A programação completa do Dia do Vinho 2017 pode ser acessada no site diadovinho.com.br. O evento está nas redes sociais com os perfis facebook.com/diadovinho, instagram.com/diadovinho2017 e marcado com a hashtag#diadovinho2017.

Sobre o Dia do Vinho
O Dia do Vinho é realizado pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin),pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul(Seapi-RS) e pelo Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) -Região Uva e Vinho, como resultado do Projeto Eventos Integrados e Integradores– reinterpretação da concepção de evento, fomentado pelo Ministério do Turismo.A lei que instituiu o Dia do Vinho no Rio Grande do Sul no primeiro domingo de junho de cada ano foi promulgada em 12 de dezembro de 2003. O projeto partiu doentão deputado estadual Iradir Pietroski.

A edição 2017 temo apoio das prefeituras municipais de Antônio Prado, Bento Gonçalves,Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira,Veranópolis e Vila Flores, além da Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin), Associação dos Produtores de Vinhos de Pinto Bandeira (Asprovinho), Sindicato da Indústria do Vinho, do Mosto de Uva, dos Vinagres e Bebidas Derivados da Uva e do Vinho do Rio Grande do Sul (Sindivinho-RS), Roteiro dos Vinhos de São Roque (SP), Vinho VASF –Instituto do Vinho Vale do São Francisco, Associação dos Viticultores do Vale Central Gaúcho, Associação Vinhos da Campanha, Atuaserra, Aenotur, PhoenixEventos e o patrocínio máster de Verallia.

Em números – Dia do Vinho 2017

215 atividades programadas

76 atividades em vinícolas (sendo que a mesma vinícola pode oferecer várias atividades diferentes)

54 vinícolas participantes

30 vinícolas oferecendo descontos de 10% a 30%

37 atividades de degustação, incluindo cursos

Mais de 70 eventos específicos para o Dia do Vinho

Mais de 60 restaurantes participantes

Aproximadamente 30 meios de hospedagem envolvidos

Três regiões do Brasil (Sul, Sudeste e Nordeste)engajadas

Antônio Prado
Bento Gonçalves
Caxias do Sul
Farroupilha
Flores da Cunha
Garibaldi
Monte Belo do Sul
Pinto Bandeira
Veranópolis
Vila Flores

Participação da Campanha Gaúcha, por meio da Associação Vinhos da Campanha Gaúcha

Bagé
Dom Pedrito
Itaqui

Participação do Vale Central Gaúcho, por meio da Associação dos Viticultores do Vale Central Gaúcho
Itaara
Santa Maria
São João do Polêsine

Silveira Martins

Participação de Porto Alegre com eventos especiais

Participação do Roteiro de São Roque (SP), por meio do Roteiro Vinhos de São Roque

Participação do Vale do São Francisco, por meio do Vinho VASF – Instituto do Vinho Vale do São Francisco

Fotos: Gabriel de Aguiar Izidoro/Dia do Vinho

Expobento 2017 tem atrações diárias para toda a família

Maior feira multissetorial do país ocorre de 08 a 18 de junho, em Bento Gonçalves, com diversificada agenda de atrações para todos os perfis de público e oportunidades de boas compras

Programa ideal para curtir com a família e os amigos, com oportunidade de compras – são mais de 30 mil itens em oferta – shows, apresentações artísticas, musicais e culturais, além de projetos especiais, compondo uma agenda diária de atrações para todos os gostos. Assim é a ExpoBento 2017, maior feira multissetorial do país, que ocorre de 08 a 18 de junho no Parque de Eventos de Bento Gonçalves. Quem visitar o encontro terá a certeza de encontrar opções de lazer e diversão em cada um dos onze dias (confira na programação de eventos a seguir).

“Durante o último ano, a comissão organizadora esteve trabalhando com o cuidado permanente de proporcionar ao público visitante uma feira que encante e emocione, não só na parte arquitetônica e decorativa, mas também no que diz respeitos a atrações culturais, shows e espetáculos. Buscamos a combinação ideal de oferecer um encontro que, além de lazer e entretenimento, proporcione vendas e um excelente resultado para aquelas empresas que aliaram a sua marca a ExpoBento. Teremos muitos atrativos surpreendentes para encantar os mais de 200 mil visitantes esperados neste ano”, adianta o diretor-geral, Roger Bellé.

Um dos mais representativos destaques é o rol de expositores – cerca de 450 –, organizados em áreas temáticas, como o ‘Espaço da Moda’, incrementado por desfiles; Salão Automotivo, Espaço Vinícola, Agroindústria Familiar, Salão do Imóvel, Espaço Variedades e, para os pequenos, o Espaço Kids.

Na Praça Gastronômica, remodelada para essa edição, de modo a privilegiar os momentos de convivência e integração, o público poderá, além de degustar o melhor da culinária local, apreciar uma série de shows e atrativos artísticos – sem qualquer custo adicional – ou seja, o ingresso de acesso à feira permite, também, conferir todas as apresentações ali realizadas. “Inovamos nessa proposta para permitir que os visitantes realmente possam aproveitar toda a programação que estamos trazendo a ExpoBento 2017. São inúmeros atrativos com acesso facilitado, o que reforça a proposta da feira de ser, realmente, um excelente roteiro para toda a família”, diz Bellé.

Entre as apresentações já confirmadas estão Tati Portella e Rodrigo Soltton (08); Claus e Vanessa e o comediante Elzinga (09); Thedy Corrêa (13); Invernada Gaúcha (14); Guri de Uruguaiana e espetáculo circense Menorah (15); Nei Van Soria (16); Oswaldir e Carlos Magrão (17). A programação tem uma série de outras apresentações e pode ser conferida, na íntegra, abaixo e no site www.expobento.com.br

Projetos Especiais agregam novidades à feira

Quem visitar a ExpoBento 2017 vai encontrar no Parque de Eventos uma série de novos projetos temáticos especialmente trazidos à programação da feira para garantir opções de lazer e diversão aos mais variados perfis de público. Essas atrações ocorrem de forma paralela à feira e podem ser acessadas livremente pelo visitante. Conheça alguns dos destaques:

MOSTRA QUER CASAR COMIGO?

Bento Gonçalves arregimenta os noivos de plantão entre os dias 10 e 13 de junho com a inédita mostra Quer Casar Comigo?, Expositores de toda a região – fornecedores diversificados, de todos os segmentos envolvidos na realização de um casamento –, de cerimonialistas a buffets, de estilistas/alfaiates a agências de viagens, passando por fotógrafos e salões de beleza, mostrarão seus serviços no Pavilhão F do Parque de Eventos. Por ali, uma extensa programação para entreter os pombinhos está sendo preparada com palestras, desfiles, esquetes teatrais, shows de música e de dança e exposição de fotos e de vestidos de noiva. Entre os destaques, uma conversa com Gabi Chanas, blogueira conhecida por seu envolvimento no universo de casamentos, nos dias 11 e 12.

No dia 11, as noivas recebem atenção especial com um bate-papo sobre inspirações para o grande dia, às 16h. Os profissionais do mercado de casamento também terão um momento especial: dia 12, às 17h, um encontro fechado (gratuito para os expositores da feira e com ingressos ao público no valor de R$ 25 pelo e-mail geral@gruporscom.com.br) mostrará os resultados de uma pesquisa realizada com 700 noivas sobre o que querem em sua cerimônia.

Durante todo o período da Quer Casar Comigo? o público poderá acompanhar desfiles de vestidos de noiva e de trajes para noivos e convidados, e no dia 10 ocorrerá um workshop sobre cortes e penteados para os mais diferentes tipos de cabelo com renomados profissionais da área.

Outra conversa importante para os casais é o registro documental da cerimônia. Por isso, um talkshow está previsto na programação para deixar a par os noivos sobre as novidades da fotografia e do vídeo para o grande dia. E, claro, assunto primordial num casamento, a lua de mel não foi esquecida. Noivos com casamento marcado e casais que desejam reafirmar os votos estarão concorrendo a uma viagem ao Peru ao preencherem a ficha para ter acesso à mostra.

O ingresso para a ExpoBento (veja quadro) dá direito à visitação da Quer Casar Comigo?, realizada pelo Grupo RSCOM e Vera Quadros Eventos.

BUONA FORCHETTA

Quem visitar a ExpoBento 2017 terá a oportunidade inédita de apreciar experiências gastronômicas diferenciadas com a programação do Buona Forchetta. O projeto traz à maior feira multissetorial do país uma agenda de atrações como cursos, food truck, winebar e degustações variadas, valorizando o que há de me melhor na cultura de comidas e bebidas da Serra gaúcha – principalmente o conceito de comer e beber bem, em um ritual quase festivo, de integração e celebração, tradicionalmente praticado na região.

As aulas gastronômicas – 12 no total – terão bate-papos interativos e inspiracionais com chefs do Estado e de fora, que irão ensinar, preparar e distribuir porções de pratos feitos durante as sessões. Os visitantes poderão ver, na prática, como elaborar sofisticadas receitas envolvendo ingredientes típicos do local – em um movimento que, também, contribui com a valorização e difusão da cultura da serra. De forma permanente durante a feira, o público poderá apreciar, no winebar, premiados vinhos e espumantes, além de saborear as delicias oferecidas pelo Food Truck Destemperados, casa gastronômica de grande sucesso no Estado, que assina o projeto. Já a Área de Degustação contará com quatro atrações ministradas por especialistas escolhidos pela curadoria.

O Buona Forchetta na ExpoBento é patrocinado por Tramontina, Cooperativa Santa Clara, Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria Região Uva e Vinho e Orquídea. O apoio é de Senac Bento Gonçalves e Ibravin.

MOTOSERRA

O ronco dos motores de milhares de motos poderá ser ouvido, mais uma vez, durante a ExpoBento 2017. A maior feira multissetorial do país sedia, pelo 18º ano, o MotoSerra, tradicional encontro de motociclistas que ocorre na Serra Gaúcha. A expectativa é reunir mais de sete mil participantes, vindos de diversas regiões do Brasil e também de fora do país, entre 16 e 18 de junho, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves.

Ali, os apaixonados pelo segmento de duas rodas apreciarão uma programação com diversos atrativos, entre eles feiras com artigos específicos, shows de bandas locais e regionais e atividades de integração. Iniciativa promovida com o intuito de aproximar motociclistas para a troca de experiências e vivências, compartilhando a paixão pelo hobby, o MotoSerra preza, também nessa edição, pelo conceito de diversão saudável. Os organizadores reforçam que não será permitida a entrada de motos sem escapamento ou surdina – medida que faz parte da campanha ‘Zoeira? Tô Fora!!’, criada em 2002 com o objetivo de tornar a confraternização amigável, contemplando variados estilos e gostos e atendendo, também, à proposta de programa de lazer familiar trazida pela ExpoBento.

Assim, a troca é construída de forma construtiva para ambos: o MotoSerra consolida-se como atrativo extra na programação da feira. Já a ExpoBento compartilha com esse público toda a variedade de atrações de sua agenda de eventos – a exemplo do show do músico Nei Van Soria, que ocorre no dia 16 de junho, na Praça Gastronômica – e pode ser apreciado sem custo extra pelos participantes do encontro de motocicletas. “Ficamos satisfeitos em repetir, por mais um ano, essa fórmula de sucesso garantido. O MotoSerra é um importante atrativo que agrega diversidade à programação da ExpoBento e certamente contribuiu com a movimentação de público e geração de negócios no período”, avalia o diretor de eventos, Leocir Glowacki.

Outra importante contribuição do encontro de motociclistas é o fomento à economia do município: diversas pessoas aproveitam o final de semana para conhecer os atrativos turísticos e gastronômicos locais. Estima-se que injete cerca de R$ 500 mil em serviços na cidade.

As inscrições para o MotoSerra podem ser feitas diretamente no local, no período do encontro. Os ingressos custarão R$ 5,00 na sexta e R$ 10,00 no sábado e domingo – garantindo, também, acesso às atrações da ExpoBento, feito diretamente pelo Pavilhão E do Parque de Eventos. Todas as motos deverão pagar estacionamento, no valor de R$ 5,00 por dia.

O MotoSerra é uma promoção do Moto Clube Bento Gonçalves, Moto Clube Serra Nostra, Moto Grupo Rota 470 e Moto Clube Harley Brothers, em parceria com a ExpoBento e apoio da Prefeitura de Bento Gonçalves, através da Secretaria Municipal de Turismo, Departamento Municipal de Trânsito (DMT), Brigada Militar e Associação dos Motociclistas do Rio Grande do Sul (AMO-RS). Outras informações pelo e-mail: motosserra@motoserrabg.com.br

TEATRO PARA DIVERTIR E CONSCIENTIZAR

Além de sua referência como feira de negócios, a ExpoBento é um importante difusor de atividades de entretenimento e lazer para os visitantes. Neste ano, a 27ª edição do evento aposta, para além dos tradicionais shows, em peças teatrais: pelo menos seis apresentações estão garantidas para junho, período de realização da feira, entre os dias 8 e 18, na Praça Gastronômica do Parque de Eventos: “A menina da Biblioteca”, “Entrando pelo Cano”, “Viajando no Suco de Uva” e “Mas Bah Tchê – Como é Grande o meu Rio Grande”, todas encenadas pelo grupo Teatro Luz e Cena, de Novo Hamburgo.

As temáticas são variadas e abordam assuntos como amizade, saneamento básico, história e identidades regionais, buscando despertar conscientização no público e entreter famílias e crianças. “Queremos que as pessoas tenham novas oportunidades de acesso a atividades culturais como espetáculos de teatro, dança e circo, contribuindo com o enriquecimento da produção cultural no município. Desta forma, estaremos gerando alternativas de movimentação e colaborando para o desenvolvimento cultural da população e dando oportunidade para que todos possam prestigiar estes momentos”, explica Beatriz Noskoski Carvalho, assessora de projetos da ExpoBento.

SHOW DA MAIARA E MARAISA NO DIA 12 DE JUNHO

A dupla sertaneja feminina de maior sucesso na atualidade desembarca em Bento Gonçalves para um show que promete deixar o Dia dos Namorados ainda mais romântico para os casais apaixonados da Serra gaúcha. Na noite de 12 de junho, as cantoras fazem sua apresentação na ExpoBento 2017. Os fãs já podem providenciar a compra dos ingressos em Bento Gonçalves no Moovie Arte Cinemas, Bangalô ou CIC-BG; em Caxias do Sul na Provoq Store ou pelo site www.blueticket.com.br

Destaque entre as atrações artísticas da edição deste ano, a apresentação de Maiara e Maraisa, inédita na região, atende ao desejo do público por shows de expressão nacional tradicionalmente realizados durante a feria. “Em seus quase 30 anos de história, a ExpoBento consolidou um importante papel junto à comunidade, especialmente no que diz respeito à promoção de atividades de lazer e entretenimento. Sabemos que muitas pessoas aguardam com ansiedade a divulgação dessa agenda de eventos e ficamos muito felizes por oportunizar ao público a chance de curtir momentos de diversão, na cidade, com segurança e conforto”, avalia o diretor-geral da ExpoBento 2017, Roger Bellé. A promoção do show é uma parceria com a GDO Produções.

SOBRE A EXPOBENTO

A ExpoBento é a maior feira multissetorial do Brasil e, em 2017, de 8 a 18 de junho, estará em sua 27ª edição. Desde 1990 vem se reinventando, inovando e crescendo, a ponto de servir como referência no segmento de encontros de negócios e também na programação de lazer para toda a família. Realizada em Bento Gonçalves-RS, no Parque de Eventos do município, traz excelentes oportunidades comerciais para seus expositores, sejam eles industriários, comerciários ou prestadores de serviços. A feira espera atrair, neste ano, público superior a 200 mil visitantes.

Serviço:

O que: ExpoBento 2017

Quando: de 08 a 18 de junho

Horários:

Segunda a Sexta-feira: das 18h às 22h30min

Sábados e Feriados: das 10h às 22h30min

Domingos: das 10h às 21h

Valores:

Segunda a sexta-feira R$ 5,00 (meia-entrada)

Sábados, domingos e feriado R$ 10,00

Dia 08.06: entrada gratuita (abertura da feira)

Menores de 12 anos não pagam ingresso.

Mais informações: no site www.ExpoBento.com.br

Fotos: Divulgação

Terceira Geração: O desafio de manter o legado familiar dentro da propriedade rural na Cooperativa Aurora

A sucessão familiar é um dos grandes desafios da atualidade no âmbito rural. Neste ambiente, é costumeiro os filhos herdarem dos pais suas propriedades com a responsabilidade de seguir em frente com as atividades da família.

Em Monte Belo do Sul, no 100 da Leopoldina, a família Battistello tem levado adiante a transição e a sucessão rural. Felipe, 26 anos, o filho mais velho se prepara para assumir a propriedade da família.

Associados à Cooperativa Aurora desde 1983, o primeiro a ser sócio foi seu avó Arside Betinelli, já falecido. Em seguida seu genro,Fernando Battistello, 61 anos, em 1988. Em 2008 Felipe. Uma família inteira envolvida na produção de uvas.

Fernando Battistello é casado com Sônia, 52 anos. Juntos o casal tem dois tem dois filhos, Giovanni, 21 anos e Felipe. A sogra de Fernando, Ires Baggio Bettinelli, 71 anos mora com a família e também é associada da Cooperativa Aurora. Segundo Fernando, foram muitas as dificuldades enfrentadas. “A crise de 95 foi um momento que marcou pelo nascimento do nosso filho, época de safra, sem recursos financeiros. Tínhamos propostas para sairmos da Cooperativa, mas resolvemos ficar e enfrentar as dificuldades juntos e hoje estamos aqui e, felizmente, a agricultura que desenvolvemos é destaque de produtividade e qualidade”, conta. “A melhor das garantias, é que temos segurança de entrega da uva. Hoje temos uma empresa sólida que nos dá orgulho e satisfação em fazer parte da família Aurora” diz Fernando. “Comecei a participar mais assiduamente das reuniões e assembleias, hoje sou suplente da Ala Sul do Núcleo de Monte Belo da Cooperativa e procuro estar a parte dos assuntos e situações da Aurora” explica.

Ao ver o pai trabalhar e cuidar da propriedade Felipe, despertou em si a vontade de levar adiante tudo o que ele construiu “cresci vendo meu pai trabalhar nisso e, aos poucos, fui entrando no negócio. Eu acho que é uma coisa natural e, pelo valor dado as coisas que saem daqui, é normal surgir interesse em continuar fazendo o que ele faz. Tenho orgulho em ser sócio da Aurora e seguir os passos do meu avô e pai”, pontua. Sônia, a mãe, se sente realizada em ver o filho Felipe seguindo e aprendendo com o pai.

Felipe cursa horticultura no IFRS. Giovanni, o filho mais novo estuda Engenharia Civil e Matemática, e trabalha em uma empresa na região. Nas horas de folga ajuda nos os pais nos afazeres de casa.

Itacir Pozza, presidente da Aurora diz que o maior prêmio da Cooperativa é valorizar o produtor e incentivá-lo a ficar na propriedade rural “A maioria dos cooperados tem mais de 60 anos de idade. Penso que este é o momento de recebermos bem esses jovens e mostrarmos para ele que não só a qualidade de vida mas o próprio ganho financeiro na produção da uva que reserva um futuro mais promissor. Por isso queremos valorizar o nosso produtor e incentivá-loa ficar na propriedade rural”.

Fotos: Marlove Perin

Ivo de Toni: maior produtor de uva é Cooperado da Vinícola Aurora

Chefe da segunda geração de uma família de viticultores, Ivo De Toni, 48 anos administra os vinhedos na Linha Brasil em Pinto Bandeira com a sua família. Sua produção anual, 921 mil quilos, o coloca como o maior produtor de uvas da Cooperativa Vinícola Aurora. Na propriedade, são cultivadas as variedades Moscato Branco, Moscatel Nazareno, Riesling Itálico e Merlot. O destaque fica por conta da variedade Moscato – 400 mil quilos.

Segundo Ivo, o segredo para construir um império rural é simples. Trabalho, dedicação e gostar do que faz. “Sempre tivemos uma produção média de uva. Começamos a passar dos 200 mil quilos em 96, época da crise da Aurora. Atingimos 500 mil quilos em 2005 e vamos manter a meta de 2017” diz Ivo. “O cooperado tem de estar sempre presente, de olho, pois ele é o dono da cooperativa. Somos um grupo familiar” complementa o produtor.

Para o cooperado Natal De Toni, 76 anos, também sócio da Aurora, a cooperativa ajudou pequenos produtores, como ele, a querer continuar no campo e fazer com que seu filho também seguisse a profissão. Cooperado da Aurora desde 1967, junto com a esposa Teresinha, 65 anos, os dois ajudam o filho a tocar os hectares de área plantada. Toda a produção é vendida para a cooperativa, que industrializa e comercializa o vinho. ‘’A cooperativa se compromete a comprar toda a produção dos cooperados pelo preço de mercado. Isso é importante’’, diz o produtor. Além da garantia de venda da produção, outra vantagem do cooperado é a compra de insumos, geralmente vendidos com preços mais baixos pela cooperativa. ‘’A cooperativa compra em grande quantidade e consegue desconto, repassado para nós. É uma diferença significativa” avalia.

A esposa Diva, 43 anos e os filhos Evandro, 19 anos e Daiane, 21 anos vivem na propriedade. Hoje, o filho mais novo Evandro ajuda os pais no cultivo da videiras e, é sócio da Cooperativa Aurora desde aos 16 anos. No total são cinco cooperados na família. “A Cooperativa Aurora de uns anos para cá tem crescido bastante, então isso tem influenciado a vida dos cooperados” diz Evandro.

Fotos: Marlove Perin

Vinícola Aurora apresenta na APAS Show 2017 vinhos Marcus James em novas e exclusivas garrafas

Rótulo Aurora Reserva Merlot, o tinto brasileiro da prova do MasterChef realizada na Serra Gaúcha, será um dos destaques do estande

A Vinícola Aurora, a maior e a mais premiada do Brasil nos concursos internacionais, participa mais uma vez da maior feira do varejo nacional e apresenta novidades que vão chamar a atenção do consumidor nas gôndolas: as novas e exclusivas garrafas na consagrada linha de vinhos Marcus James.

Em seu estande, instalado no Pavilhão Vermelho na rua Q9, a Aurora receberá os clientes de todo o Brasil com todas as suas marcas de vinhos brancos, tintos, espumantes, frisantes e sucos de uva. Entre elas, a linha de vinhos finos Aurora Reserva, que contempla o famoso Aurora Reserva Merlot, o vinho tinto brasileiro selecionado pela direção do MasterChef Brasil para a prova coletiva da competição realizada na Serra Gaúcha. O Aurora Reserva Merlot, que acaba de ganhar a medalha Duplo Ouro no Concurso Mundial de Bruxelas Edição Brasil, foi o tinto para o qual as equipes tiveram que criar, cada uma, o prato principal para harmonizar.

Estarão presentes o presidente, Itacir Pedro Pozza, o diretor-geral, Hermínio Ficagna, gerentes e representantes de todo o Brasil, e demais profissionais da vinícola para atender a questões de todas as áreas.

A Vinícola Aurora é líder no mercado brasileiro em sucos de uva integrais (marcas Aurora e Casa de Bento), em vinhos finos (marcas Aurora, Marcus James, Saint Germain, Clos des Nobles) e em coolers (Keep Cooler, Classic e Black). Com seus espumantes (marcas Aurora e Aurora Procedências, Marcus James, Conde de Foucauld e Saint Germain) conquista cada vez mais espaço e prêmios no exterior. Com portfólio composto por 13 marcas e mais de 200 itens, a Aurora exporta para mais de 20 países.

Marcus James com novas garrafas

A consagrada linha de vinhos finos Marcus James ganha novas garrafas, com design elegante e contemporâneo, produzidas pela Verallia Brasil, com exclusividade no Brasil para a Vinícola Aurora. As novas garrafas valorizam ainda mais esses vinhos, sempre bem aceitos por uma grande parcela dos consumidores, pela sua qualidade e por serem fáceis de beber e de harmonizar com as diversas situações de consumo. A linha de vinhos finos Marcus James que chegará ao mercado nas novas garrafas é composta pelos rótulos Chardonnay, Riesling e Sauvignon Blanc (brancos), Pinotage, Pinot Noir, Tannat, Cabernet Sauvignon e Merlot (tintos).

A marca Marcus James é encontrada também em espumantes finos (Brut e Demi-Sec) e nos frisantes Happy Hour branco e rosé.

Fotos: Divulgação

Época de colheita do caqui

Na propriedade do agricultor Jandir Rigon, na Linha Jacinto em Pinto Bandeira estão plantados quatro hectares de caqui, 2,4 hectares, com produtividade. Ele espera colher 30 toneladas da fruta aproximadamente. A colheita esta em andamento com as variedades Fuyu (chocolate branco) e Kyoto segue até o mês de maio. A variedade Fuyu, porém, terá quebra. “Esta abaixo do esperado em função do abortamento floral”diz Maicon, filho de Jandir.

Em toda a região de Pinto Bandeira, existem hoje 100 hectares cultivados com caqui – 40 produtores, segundo a Emater. No estado, 1.395 produtores plantam a fruta em uma área de 1.795,60 hectares. O preço pago pelo quilo da fruta varia entre R$ 1,50 e R$ 2,50, dependendo da variedade e da época.

“Na safra deste ano, embora as frutas apresentem calibre e sabor satisfatórios, houve uma redução na produção de aproximadamente 20% da variedade Fuyu em função do abortamento das flores. Isto se deve ao fato desta variedade ser apirena, ou seja, não possuir semente, e em função da ocorrência de precipitações no mês de outubro acima da média” explica Melissa Maxwell Bock, engenheira agrônomo da Emater.

De acordo com dados da Emater, além das perdas de produção em função do clima, a safra do caqui também sofre este ano com a incidência da doença antracnose “Na variedade kioto o maior problema é a Antracnose que tem acarretado severos danos à cultura fazendo com que muitos produtores deixem de produzi-la” explica Melissa. Como principal orientação pós-colheita, a agrônoma destaca os cuidados nos tratamentos e na poda dos caquizeiros. “Realizar os tratamentos com fungicidas, além de prestar atenção na poda para evitar que a doença se espalhe é fundamental”, complementa.

Fotos: Marlove Perin

Cooperados da Nova Aliança conhecem experiência em cooperativismo na Argentina

Grupo de associados realizou visitas técnicas em Sunchales, capital argentina do cooperativismo, e Mendoza, a principal região vitivinícola do país

No início de abril, associados da Cooperativa Nova Aliança conheceram a experiência argentina em cooperativismo e vitivinicultura. A viagem ocorreu de 1º a 9 de abril,com visitas técnicas a entidades e propriedades rurais em cidades nas Províncias de Santa Fé e Mendoza.

Em Sunchales, a capital argentinado cooperativismo, o grupo de 38 associados – produtores de Flores daCunha, Nova Pádua, Caxias do Sul, Farroupilha, Pinto Bandeira e Ipê –conheceu o desenvolvimento cooperativo e a Federação das Cooperativas Escolaresde Sunchales e visitou cooperativas e escolas em outras cidades, como Emilia eAtaliva.

De Pinto Bandeira, integraramo grupo os associados Amarildo Ambrosini, Fernando Facchin, HelenoFacchin, Laurentino De Toni e Osvaldo Luis De Toni.

No roteiro em Sunchales,destacaram-se a Fundação Grupo Sancor Seguros, com atuação nacional einternacional, que desenvolvem ações na educação e na promoção de valorescooperativistas e mantém o Programa de Promoção do Cooperativismo Escolar. O roteiro de dois dias na região incluiu visitas às seguintescooperativas escolares: Dr. Reinaldo Rossini Ltda; Cooperativa IDECOOP;Cooperativa Escolar Experiência Jovem e Cooperativa Escolar CEPA. O grupotambém foi recebido pelos gestores do Grupo Sancor Seguros, da Casa CooperativaSunchales e pela direção da Cooperativa de Água Potável, em Sunchales.

Em Mendoza, a principal regiãovitivinícola da Argentina, com destaque na produção de vinhos Malbec, osagricultores conheceram de perto a estruturação e o desenvolvimento do setor,em contato direto com produtores e dirigentes de cooperativas e entidades.

Na visita à EstaçãoExperimental do Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (INTA), na cidadede Luján, puderam observar aspectos ligados à pesquisa e às tecnologiasvitivinícolas.

Na Federação das CooperativasVitivinícolas da Argentina, a Fecovita, o grupo pode entender melhor sobre aorganização cooperativa da Argentina. A Fecovita reúne cinco milprodutores de uvas integrados a 29 cooperativas que elaboram vinhos.

Ainda em Mendoza, osagricultores da Nova Aliança participaram de reunião com opresidente da CONINAGRO – Confederação Intercooperativa Agropecuária, CarlosIannizzotto e também estiveram em vinícola particular.

Santana do Livramento

No início da viagem, o grupo teve a oportunidade deconhecer a unidade da Nova Aliança em Santana do Livramento, noRio Grande do Sul. No município está instalada uma filial da Cooperativa, naqual são elaborados vinhos finos e espumantes das marcas Cerro da Cruz, SantaColina e Aliança.

Fotos: Rosa Ana Bisinella

Jovem morre em acidente em Pinto Bandeira

Neblina que prejudicava visibilidade pode ter contribuído para colisão

A falta de visibilidade ocasionada pela neblina no amanhecer da sexta-feira, dia 28 de abril pode ter influenciado no acidente que vitimou um jovem em Pinto Bandeira. Maurício Burlin, 28 anos, conduzia uma motocicleta no Km 8 da VRS-855 quando colidiu frontalmente com um caminhão baú. O acidente aconteceu na localidade de São Pedro, na Linha 28, por volta das 7h30min.

De acordo com o Grupo Rodoviário de Farroupilha, o condutor do caminhão afirma que a neblina impediu que ele enxergasse o motociclista. O caminhoneiro efetuava uma curva à esquerda no instante do acidente. Ele não teve ferimentos. O Samu chegou a ser acionado, mas o jovem morreu no local.

Fotos: Divulgação

Por unanimidade, vereadores de Monte Belo do Sul aprovam dois projetos e um veto na última terça-feira

Os vereadores da Câmara Municipal de Monte Belo do Sul aprovam na sessão ordinária da terça-feira, dia 02 de maio dois Projetos e um Veto. O primeiro deles, o Projeto de Lei nº 027/2017, de autoria do Poder Executivo, abre crédito especial no valor de R$ 56,00 e dá outras providências. O projeto tem a finalidade de readequar o orçamento municipal às atuais necessidades administrativas e legais, levando-se em conta a necessidade de reprogramação de saldo de valores referentes a repasses do PSF – Programa Saúde da Família Federal.
O segundo Projeto de Lei nº 029/2017, de autoria do Poder Executivo, que altera o artigo 3º da Lei Municipal 1157/2013 e da outras Providências. Passa portanto a vigorar com a seguinte redação: “Art.3º – A bolsa moradia e alimentação para os médicos participantes do “Programa Mais Médicos para o Brasil” é fixada no valor de R 4 2.000,00, sendo R$ 1.400,00 para auxílio moradia e R$ 600,00 para auxílio alimentação”. O Projeto de Lei tem objetivo atualizar os valores da Bolsa Moradia e Alimentação que são repassados ao médico participante do Programa “Mais Médicos para o Brasil” que atuam no município.
E por fim, será votado em Plenário o Veto do Poder Executivo ao Projeto de Lei nº 023/2017, que “Acresce redação ao artigo 5º da Lei Municipal 591/2004 e dá outras providências”. Trata-se do caso de uma empresa beneficiária estar nos requisitos propostos, no Art.5º, precisará comprovar o recolhimento do INSS e do FGTS, para não ter o benefício suspenso, e no inciso 2º, comprovando esta regularização, através de um termo de parcelamento junto à órgão previdenciário poderá ter a liberação integral dos valores.

Razão do Veto

O Município de Monte Belo do Sul concedeu incentivo fiscal à Ditália Móveis Ltda, ora em Recuperação Judicial, através da Lei 591 de 12 de maio de 2004. Entre os incentivos, o município comprometeu-se a devolver percentual do investimento da empresa através do reembolso mensal de parcela do ICMS incrementado pela sua atividade, conforme previsto na Lei Municipal.
O beneficio começou a ser transferido à empresa beneficiária em marco de 2009 mediante a comprovação dos requisitos legais. Em março de 2012 a transferência do beneficio foi suspensa, tendo em vista que a empresa deixou de cumprir com os requisitos previstos em Lei. Em outubro de 2013 a Ditália, obteve a liberação do montante do incentivo acumulado entre os meses de março de 2012 a setembro de 2013 no valor de R$ 856.754,03, mediante comprovação do parcelamento dos débitos fiscais, sem formalização de procedimento administrativo e sem parecer da assessoria do município, a empresa pagou três parcelas do parcelamento. Em razão do descumprimento do requisito previsto na alínea g do artigo 5º, a empresa está sem receber o beneficio fiscal desde 18 de outubro de 2013 – data da última transferência do benefício. Em 08 de março de 2017 a empresa Ditália protocolou consulta perquirindo se, na hipótese de formalização da adesão dos parcelamentos, tanto dos débitos de INSS quanto dos débitos de FGTS, com comprovação do pagamento da parcela inicial, estarão preenchidos os requisitos para liberação dos recursos decorrentes do benefício fiscal concedido à Consulente, ante a regularização de sua situação fiscal. A consulta foi atuada sob número 181/2017. Diante disso, a Assessoria Jurídica do município solicitou parecer das Delegações das Prefeituras Municipais – DPM, entidade que presta assessoria para o município. O Parecer da DPM informou a impossibilidade de liberação dos valores acumulados à empresa beneficiária ainda que esta regularizasse as suas dívidas com o INSS e o FGTS, e recomendado a alteração da Lei Municipal.
Com base no parecer da DPM o município elaborou o Projeto de lei 023/2017. A despeito disso, a apresentação do projeto de lei 023/2017 motivou o Ministério Público Estadual a ingressar com ação cautelar que tramita junto à 3ª Vara Cível da Comarca de Bento Gonçalves questionando o conteúdo da iniciativa legislativa e requerendo o impedimento judicial da transferência de valores à empresa beneficiária do incentivo instituído pela Lei Municipal 591/2004.
O Juiz da 3ª Vara Cível da Comarca de Bento Gonçalves deferiu a medida cautelar requerida. O Ministério Público Estadual Instaurou também Inquérito Civil para verificar a regularidade dos repasses à empresa beneficiária do incentivo estabelecido pela Lei Municipal 591/2004.
Diante do debate jurídico estabelecido em razão da propositura do Projeto de Lei Municipal 023/2017 e da possibilidade de concessão à empresa beneficiária do beneficio fiscal estabelecido pela Lei Municipal 591/2004, o poder Executivo encaminha ao poder legislativo para apreciação e votação o veto a fim de aguardar uma decisão judicial quanto à legalidade da propositura.

A próxima sessão ordinária da Câmara de Vereadores será no dia 16 de maio, a partir das 19h.

Fotos: Divulgação

Cadáver é encontrado no interior de Pinto Bandeira

O corpo de um homem de 25 a 30 anos, em avançado estado de decomposição, foi encontrado na Linha Silva Pinto Sul, interior de Pinto Bandeira, no final da manhã desta terça-feira. O cadáver foi achado por um morador das redondezas, que estava trabalhando em sua propriedade que de imediato comunicou às autoridades da Segurança Pública.

A Brigada Militar, Instituto Geral de Perícias e Polícia Civil de Bento Gonçalves estiveram no local fazendo o atendimento da ocorrência. Estipula-se que esse corpo esteja no local há mais de um mês. Devido ao estado de decomposição, ainda não foi possível a identificação do cadáver.

 

Fotos: Divulgação