Bodas de Ouro: Casal comemora 50 anos de casamento

Dorvalina e Evaristo festejaram as Bodas de Ouro com festa na presença de familiares e amigos

Meio século de companheirismo, conquistas e alegrias. Esse é o relato da vida de Evaristo Dalla Costa, 73 anos, e da dona Dorvalina Marini, 73 anos. No dia 20 de maio, o casal comemorou Bodas de Ouro. Para celebrar a data, filhos, netos, noras e padrinhos realizaram uma festa, reunindo mais de 100 convidados. A festividade aconteceu na casa de Evaristo, na Linha Marcolino Moura, interior de Pinto Bandeira. O aniversário de casamento teve direito a bolo, músicas em coro, muitas gargalhadas e abraços.

Os dois eram vizinhos e trabalham juntos. A convivência virou pedido de casamento. Em 1967, o casal trocou alianças. A festa de Dorvalina e Evaristo foi um dos primeiros casamentos feitos no Salão Paroquial de Pinto Bandeira. Dessa união, nasceram dois filhos homens, Idiomar, 47 anos, e Jairo, 43 anos, e o neto Vinicius de 17 anos. “Uma família é muito importante para um homem. Hoje sou realizado por tudo que conquistei. Espero que possa viver muitos anos ao lado das pessoas que amo” diz Evaristo. Evaristo também falou que não existe receita para que um casamento possa se perpetuar por muitos anos. “O casamento nos primeiros meses é aquela fogueira, em seguida vem a convivência um com o outro. No relacionamento deve haver respeito, honestidade e companheirismo. Nunca brigamos, sempre respeitei minha esposa. Não sei por que hoje em dia as pessoas se casam e logo estão separadas. Muita coisa mudou e os casamentos não sobrevivem, porém, se houver diálogo tudo dá certo no final, isso quando existe amor”, diz.

Para a Dorvalina a fórmula para uma união de 50 anos nada mais é do que ter “amor, paciência, fidelidade e compreensão. A comemoração foi uma “bênção”. É uma preciosidade ter uma família reunida, amigos e parentes” diz. O casal revelou o segredo de sua longevidade: tomar um copo de vinho de vinho tinto durante as refeições.

Evaristo também é conhecido pela voz marcante de Pinto Bandeira. Mais de 55 anos dedicados a música, ao coral do município. Uma das pessoas que mais cantou o hino de Pinto Bandeira.