Com incentivos, agricultores permanecem no campo

Família Chimello, Pinto Bandeira, associada da Cooperativa Vinícola Aurora há 40 anos

Muitos agricultores familiares acabam deixando o interior em busca de melhores condições na cidade. Porém, esse cenário não reflete a realidade dos associados da Cooperativa Vinícola Aurora que tem orgulho em permanecer em suas propriedades, e da terra, tiram o sustento para viver. Assim vive a família da dona, Amabile Maria De Bortoli Chimelo, 91 anos, na Linha Silvio Pinto, a matriarca da família produtora de vinhedos e que há 40 anos escoa a produção para Cooperativa Aurora. Sob a gestão do filho, Vitorino Chimello, 64 anos, e do neto Rodrigo de 34 anos a propriedade de seis hectares cultiva as espécies: lorena, Malvasia, Bordo, Niagara, Isabel, Tannat, Chardonnay Riesling e Pinot Noir. Para manter o nível produtividade e qualidade da safra, o produtor Chimello, ressalta os benefícios da parceria com a Cooperativa Vinícola Aurora na produção e na comercialização da safra. “Aurora é uma família. Temos orgulho da Cooperativa. Mesmo na crise, muitos associados permaneceram unidos e trabalhando e, hoje temos o apoio da Cooperativa para crescer. Através da informação e qualificação para implantar novas tecnologias, usar adequadamente o solo e ainda a garante a comercialização da safra”.

Para o filho Rodrigo Chimello a agricultura é uma atividade nobre, um dos principais pilares de fomento da economia local. Para tanto, ressalta a preocupação dos agricultores com as influências climáticas nos últimos meses, devido à oscilação das temperaturas no período dedicado ao frio. “Para esta safra a expectativa é de como o clima irá se comportar daqui para frente. Até o momento devido às poucas horas de frio, algumas variedades estão desparelhas na brotação, devido baixo volume de chuva nos meses de junho e julho, mas a expectativa é de uma ótima safra”.

Informação: Jornal X Redes Sociais

A velocidade do acesso à informação seja na hora de buscar conhecimento ou entretenimento. Isso sem falar nas relações de amizades. Essa união faz a força da família que encontra no jornal e nas redes sociais, uma forma de se informar e de compartilhar informações úteis a todos. Desta forma resulta em um alto índice de engajamento, o que permite a eles terem mais voz, expor seus pontos de vista e defender seus interesses, bem como diminui a distância entre os moradores, através do estreitamento dos relacionamentos.