Vinícola aurora inaugura a pedra fundamental da construção da nova fábrica

O investimento para 14 mil m² é de R$ 20 milhões, com previsão de 2019 Foto: Felipe Machado Rádio Difussora

Na manhã desta sábado, 17, a Cooperativa Vinícola Aurora, na unidade Vinhedos, inaugurou a pedra fundamental da construção da nova fábrica. O investimento para 14 mil m² é de R$ 20 milhões, com previsão de 2019 concentrar a produção e a expedição dos sucos de uva e vinhos de mesa “É um dia importante para esta gigante cooperativa. Para presentear estes 87 anos estamos fazendo o lançamento, um novo tempo, um sonho se concretizando daquelas 16 famílias que começaram este cooperativa”, destacou Pozza.
Para o diretor Hermínio Ficagna, haverá ainda a instalação “de linhas de envase para suco de uva, que representa mais de 60% do volume físico comercializado pela cooperativa. Precisamos deste empreendimento para atender o nosso consumidor”, comentou.
A Prefeitura de Bento Gonçalves, durante a solenidade, nas mãos do prefeito Pasin, entregou de forma oficial o alvará de construção e a Aurora já pode iniciar as obras. “Fizemos a nossa função para a empresa comemorar esta evolução. Para nós é importante porque alguns municípios retraem sua economia, e aqui as empresas dando passos grandes para o desenvolvimento e ampliação de sua geração de economia”, salientou.
A Face Norte, construtora de Caxias do Sul, será a empresa que executará a obra, com previsão de 12 meses até sua entrega, no próximo ano. Inicialmente cerca de 40 funcionários deverão atuar, sendo que no estopim do projeto, o número pode chegar a 400.
A solenidade contou com a presença do presidente do Conselho de Administração, Itacir Pedro Pozza, e sua diretoria, associados, do prefeito Guilherme Pasin, Secretários Municipais, do presidente da Câmara de Vereadores, Moisés Scussel Neto, entre outras lideranças.
Dados Cooperativa Aurora
Com um faturamento de R$ 515 milhões em 2017, a vinícola registrou crescimento de 5% em um ano de crise na economia do país, mantendo sua liderança no mercado interno em suco de uva integral, vinhos finos e coolers (marca Keep Cooler). A vinícola recebeu 72 mil toneladas de uvas na safra 2017, colhidas nas propriedades dos 1.100 produtores associados que formam a cooperativa, e espera receber volume semelhante e de alta qualidade na colheita de 2018, que se encerra no início de março.