Policiais Militares de Bento Gonçalves realizam curso SINESP-CAD em Brasília

Bento Gonçalves foi escolhida em função do investimento no CIOP – Centro Integrado de Operações, com sistemas de vídeo monitoramento inteligente e será a cidade pioneira no Estado do Rio Grande do Sul a implantar a ferramenta Foto: Divulgação

Entre os dias 23 e 27 de abril, os policiais militares do 3º BPAT, lotados em Bento Gonçalves, Tenente Leandro dos Santos Ávila e Soldados Adelino de Oliveira Ramos Junior e Mauricio Valente Trindade, participaram da 1º edição do curso Sinesp CAD – Central de Atendimento e Despacho Nível Multiplicador.
O curso foi gerenciado pela Diretoria de Ensino, Pesquisa e Análise da Informação e Desenvolvimento de Pessoal (DEPAID) da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), situado em Brasília – DF, que contou com a participação de profissionais da segurança pública de diversos estados do país.
O Sinesp CAD – Central de Atendimento e Despacho – é uma das soluções do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e sobre Drogas, gerenciada pela Diretoria de Ensino, Pesquisa e Análise da Informação, e Desenvolvimento de Pessoal (Depaid) da Secretária Nacional de Segurança Pública (Senasp). A solução SINESP dá suporte aos serviços públicos emergenciais, permitindo a integração do atendimento de forças de segurança pública e outros órgãos (Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, PRF, Guardas Municipais, etc.) otimizando a gestão de recursos e diminuindo o tempo de resposta, além de melhorar o planejamento operacional.
O Curso Sinesp CAD Multiplicador, tem o objetivo de propiciar aos profissionais indicados pelas secretarias de segurança pública dos estados e do distrito federal, conhecer a ferramenta de atendimento e despacho da solução Sinesp, suas funcionalidades e aplicabilidades.
Bento Gonçalves foi escolhida em função do investimento no CIOP – Centro Integrado de Operações, com sistemas de vídeo monitoramento inteligente e será a cidade pioneira no Estado do Rio Grande do Sul a implantar a ferramenta a fim de melhorar cada vez mais o atendimento à comunidade. Além do RS, mais nove estados já estão utilizando o sistema.