Parlamento Regional realiza reunião em Nova Prata

Entre os assuntos discutidos no encontro estiveram temas relacionados à BR-470, aos atendimentos nos hospitais da região, à região Metropolitana da Serra Gaúcha, à zona franca do vinho, entre outro

Mais um encontro do Parlamento Regional ocorreu na quarta-feira, 16 de maio, na sede do Poder Legislativo Municipal de Nova Prata, e reuniu representantes de nove cidades da Região Metropolitana da Serra. O Presidente da Câmara de Monte Belo do Sul, Onecimo Pauleti (PMDB) esteve presente na reunião. Pauletti relatou sobre a entrega da carta aberta elaborada no Fórum de Debates da Cadeia Produtiva da Uva. O documento foi entrega a deputados estaduais, federais e senadores.
Entre os assuntos discutidos no encontro estiveram temas relacionados à BR-470, aos atendimentos nos hospitais da região, à região Metropolitana da Serra Gaúcha, à zona franca do vinho, entre outros.
Na oportunidade, o vereador Renato Oliveira, presidente do Legislativo de Caxias do Sul, falou sobre a audiência pública, que debaterá o tema “Situação financeira e assistência dos municípios da 5ª Coordenadoria Regional de Saúde”, realizada pela Câmara Municipal de Caxias do Sul em parceria com o Parlamento Regional. A audiência será realizada no dia 15 de junho, às 13h.
Outro assunto em pauta veio por parte do vereador Zelvir Anselmo Santi, presidente da Câmara de Nova Roma do Sul, que falou da inserção de mais municípios na Região Metropolitana da Serra, conforme apresenta a Lei Complementar Estadual nº 14.293/2013. A norma ainda depende de regulamentação por decreto do governo do estado.
A vereadora Mara Lourdes Guzzo, presidente de Veranópolis, levantou sua preocupação com o fechamento do posto da Receita Federal no seu município. Com isso, o presidente do parlamento, Scussel, relatou a importância de realizar um manifesto contrário ao fechamento para o responsável no município. Além de ter levantado também o tema sobre a conclusão da BR-470, que beneficia muitos municípios da região.
Na oportunidade, o superintendente regional da Corsan, Felipe Agostinho Caimi, e os gestores da companhia que representam as cidades de Antônio Prado, Bento, Garibaldi e Farroupilha, estiveram presentes na reunião a convite do Parlamento, para sanar as dúvidas dos presidentes sobre as demandas de cada município.
Também estiveram presentes no encontro, os presidentes da Câmara Municipal de São Marcos, vereadora Patrícia Camassola Tomé, de Cotiporã, vereadora Lenita Tomazi, de Garibaldi, vereador Moisés Nekel, de Nova Prata, vereador Clayton Rigo, de Nova Roma do Sul, vereador Zelvir Anselmo Santi e de Bento Gonçalves, Moisés Scussel Neto.
A próxima reunião do Parlamento Regional será realizada na Câmara de Vereadores de Caxias do Sul, no dia 15 de junho.

Município de Monte Belo do Sul decreta situação de emergência

Decreto nº 026/2018

ADENIR JOSÉ DALLÉ, Prefeito Municipal de Monte Belo do Sul, no uso de suas atribuições legais, que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, e,

Considerando a ocorrência da greve nacional dos caminhoneiros contra o aumento dos combustíveis que vem afetando de igual modo os serviços públicos oferecidos pelo executivo municipal;

Considerando que a greve dos caminhoneiros é um movimento legítimo, amparado pelo artigo 9º, da Constituição Federal;

Considerando o desabastecimento dos combustíveis nos postos de combustíveis localizados no Município;

Considerando, por fim, que os recursos de combustíveis deverão ser preservados estritamente para os serviços essenciais de saúde, especialmente os urgentes e para o saneamento;

DECRETA:
Art. 1º – Fica decretada SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA no Município de Monte Belo do Sul a partir da publicação deste expediente, visando economizar recursos para as áreas essenciais, quais sejam saúde e saneamento.

§ 1º – A partir do dia 04 de junho de 2018, as aulas na rede municipal, ficarão suspensas.

§ 2º – Ficam suspensas também as obras que necessitem do apoio de máquinas do erário municipal, exceto as de caráter emergencial.

Art. 2º – Não serão paralisados os serviços da Secretaria de Saúde, especialmente os de urgência e emergência, bem como o recolhimento de lixo, serviços para manter o fornecimento de água, já que é caso de saúde pública.

Art. 3º – Ficam priorizados o abastecimento para transportes essenciais, tais como ambulâncias, serviços de oncologia, hemodiálise e veículos necessários para a manutenção do fornecimento da água.

Art. 4º – Ficam suspensas as sessões de abertura dos processos licitatórios em trâmite no Município;

Art. 5º – Ficam estabelecidas as seguintes medidas administrativas básicas para racionalização da utilização dos veículos oficiais do Município:

§ 1º – Fica expressamente determinado aos Secretários Municipais a estrita observância e cumprimento das disposições contidas no presente Decreto, ficando a seu cargo a liberação dos veículos oficiais só para medidas de extrema urgência;

§ 2º – Ficará sob a responsabilidade pessoal dos Secretários Municipais as medidas para o fiel cumprimento e implementação do disposto no presente Decreto.

Art. 6º – As medidas de que trata o presente Decreto serão mantidas até qua a situação do desabastecimento seja revertida.

Art. 7º – Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação.

GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE MONTE BELO DO SUL,
Aos vinte e nove dias do mês de maio de dois mil e dezoito.

ADENIR JOSÉ DALLÉ
Prefeito Municipal

Agricultores fazem “tratoraço” em Monte Belo do Sul

 

Município de Monte Belo do Sul decreta situação de emergência

Um “tratoraço” foi realizado por vários produtores rurais na segunda-feira, 28, pela parte da manhã e tarde no trevo da ERS-444, entroncamento com a rodovia que liga a Santa Tereza quase que no acesso de Monte Belo do Sul. O ato foi pacífico. Nesta segunda aconteceram ainda atos em Garibaldi, Bento Gonçalves no Posto do Hélio e no trevo de Faria Lemos.
Os protestos seguem em todo país apesar da nova proposta do governo de reduzir R$ 0,46, no preço do diesel, entre outras questões, anunciada na noite de domingo, dia 27, em pronunciamento do presidente Michel Temer. A Associação Brasileira de Caminhoneiros (ABCAM) aceitou a proposta, e assinou o acordo para a suspensão das manifestações dos motoristas nas rodovias estaduais e federais de todo o país.
Na manhã desta segunda, a ABCAM anunciou a assinatura do acordo dizendo em sua página oficial que a entidade “decidiu assinar um acordo com o Governo para pôr fim às paralisações dos caminhoneiros autônomos” e ainda pediu que os profissionais voltem satisfeitos e orgulhosos para o trabalho. Conseguimos parar este país e sermos reconhecidos pela sociedade brasileira e pelo Governo deste país”.
O Presidente da Câmara de Vereadores de Monte Belo do Sul, Onecimo Pauleti (PMDB) e também produtor rural convocou toda a população da cidade para participar da manifestação em apoio à greve dos caminhoneiros “Como Presidente da Câmara Municipal e agricultor sei das lutas diárias que temos. Estamos ajudando no que está em nosso alcance e desde já gostaria de agradecer a todos os produtores rurais que estiveram no manifesto. Os caminhoneiros estão fazendo o que nós deveríamos ter feito a muito tempo. E não tivemos coragem até agora. Porque de agora em diante somos todos caminhoneiros “
O vereador bento-gonçalvense Moacir Camerini (PDT) esteve no local e manifestou publicamente seu apoio aos agricultores, assim como já havia feito no fim de semana, ao seu unir à mobilização dos caminhoneiros. “Não podemos mais aceitar a situação que estamos vivendo, com um governo que não olha para os trabalhadores de nosso país. Por isso, entendo que é a hora de reforçarmos essas cobranças e manter firmes as manifestações por mudanças. O povo já mostrou que tem força e pode muito mais”, ressalta Camerini.

Município de Monte Belo do Sul decreta situação de emergência
Com a greve completada uma semana na segunda-feira (28), o prefeito de Monte Belo do Sul, decretou, na terça, 29, situação de emergência preventiva no município. A decisão foi tomada após reunião com o Gabinete de Governo criado para avaliar os desdobramentos decorrentes da greve dos caminhoneiros e decidir sobre ações necessárias, a fim de minimizar os efeitos a população. Na ocasião, também foi definida uma estratégia para busca emergencial de combustível, destinado ao abastecimento de transportes essenciais como ambulâncias, viaturas da polícia, veículos do transporte público
Desde o início da paralisação, a Prefeitura adotou medidas de racionalização do uso de combustível e insumos, a fim de não interromper o atendimento dos serviços essenciais para população, bem como dos serviços públicos concedidos “Nosso atendimento para população é prioridade. Procuramos otimizar recursos e economizar combustível para que sejam direcionados às áreas essenciais como saúde e segurança, concentrando esforços para garantir a continuidade da prestação dos serviços públicos prioritários. A nossa preocupação é que tem muita gente sofrendo pela falta de certos produtos e a cada dia a situação se agrava mais, e se espera que logo esta situação se normalize.”, afirma o Prefeito.

Decreto nº 026/2018
ADENIR JOSÉ DALLÉ, Prefeito Municipal de Monte Belo do Sul, no uso de suas atribuições legais, que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, e,Considerando a ocorrência da greve nacional dos caminhoneiros contra o aumento dos combustíveis que vem afetando de igual modo os serviços públicos oferecidos pelo executivo municipal;
Considerando que a greve dos caminhoneiros é um movimento legítimo, amparado pelo artigo 9º, da Constituição Federal;
Considerando o desabastecimento dos combustíveis nos postos de combustíveis localizados no Município;
Considerando, por fim, que os recursos de combustíveis deverão ser preservados estritamente para os serviços essenciais de saúde, especialmente os urgentes e para o saneamento;
DECRETA:
Art. 1º – Fica decretada SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA no Município de Monte Belo do Sul a partir da publicação deste expediente, visando economizar recursos para as áreas essenciais, quais sejam saúde e saneamento.
§ 1º – A partir do dia 05 de junho de 2018, as aulas na rede municipal, ficarão suspensas.
§ 2º – Ficam suspensas também as obras que necessitem do apoio de máquinas do erário municipal, exceto as de caráter emergencial.
Art. 2º – Não serão paralisados os serviços da Secretaria de Saúde, especialmente os de urgência e emergência, bem como o recolhimento de lixo, serviços para manter o fornecimento de água, já que é caso de saúde pública.
Art. 3º – Ficam priorizados o abastecimento para transportes essenciais, tais como ambulâncias, serviços de oncologia, hemodiálise e veículos necessários para a manutenção do fornecimento da água.
Art. 4º – Ficam suspensas as sessões de abertura dos processos licitatórios em trâmite no Município;
Art. 5º – Ficam estabelecidas as seguintes medidas administrativas básicas para racionalização da utilização dos veículos oficiais do Município:
§ 1º – Fica expressamente determinado aos Secretários Municipais a estrita observância e cumprimento das disposições contidas no presente Decreto, ficando a seu cargo a liberação dos veículos oficiais só para medidas de extrema urgência;
§ 2º – Ficará sob a responsabilidade pessoal dos Secretários Municipais as medidas para o fiel cumprimento e implementação do disposto no presente Decreto.
Art. 6º – As medidas de que trata o presente Decreto serão mantidas até qua a situação do desabastecimento seja revertida.
Art. 7º – Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação.
GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE MONTE BELO DO SUL,
Aos vinte e nove dias do mês de maio de dois mil e dezoito.

ADENIR JOSÉ DALLÉ – Prefeito Municipal

Hospital Tacchini: Suspendeu a realização de coletas de materiais e exames laboratoriais desde este sábado, 26, em consequência ao movimento de paralisação dos caminhoneiros. De acordo com o anúncio do Hospital, a medida foi necessária para prevenir problemas relacionados ao desabastecimento provocado pela greve. O Hospital também solicita que a população só procure atendimento em caso de extrema urgência até a normalização das atividades

UCS: Comunicado sobre as atividades institucionais para os próximos dias

Devido à falta de combustíveis e a consequente dificuldade de deslocamento da comunidade acadêmica para as unidades universitárias, a Universidade de Caxias do Sul dá os seguintes encaminhamentos:

1) Dia 30 de maio de 2018, quarta-feira:

a) as atividades acadêmicas presenciais permanecem suspensas; e
b) as atividades administrativas se encerram às 18 horas.

2) Dia 31 de maio de 2018, quinta-feira:

a) Feriado Nacional – Festa do Corpo de Deus, conforme já estabelecido no Calendário Acadêmico.

3) Dia 1º de junho, sexta-feira, e 02 de junho, sábado:

a) ficam suspensas as atividades acadêmicas e administrativas em todas as unidades universitárias da Instituição.

4) Segunda-feira, dia 04 de junho de 2018:

MP investiga cessão irregular de servidor público de Bento à Arpa

O Ministério Público de Bento Gonçalves vai investigar denúncia de usurpação da função pública praticado pelo servidor público da prefeitura de Bento Gonçalves Jorge Luís Acco e o possível ato de improbidade administrativa por parte do prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, devido a cedência do servidor de forma irregular à Associação Riograndense de Proteção aos Animais a ao Meio Ambiente (Arpa). A denúncia foi feita pelo Sindicato Rural da Serra Gaúcha na terça-feira, dia 22, ao promotor Alécio Nogueira.
Conforme o Promotor que irá apurar a denúncia através de um inquérito civil, a investigação será direcionado para o contrato de convênio encaminhado pela prefeitura a Câmara de Vereadores e outro foco para forma de atuação do servidor público, concursado como telefonista da prefeitura, que exerce a função há cerca de 20 anos. “Pelo o que está exposto na denúncia são dois pontos de questionamentos, um quanto ao convênio da Arpa com o município e outro que é a forma de atuação do servidor cedido a entidade”, ponderou Nogueira.
Para o presidente do sindicato, Elson Schneider, a atuação do servidor é questionável, no que se refere ações que prejudicam os produtores rurais da região. Schneider afirmou que o sindicato recebe inúmeras informações dos produtores questionando atuação da Arpa, que tem uma sede em Bento em uma sala cedida junto à Inspetoria Veterinária do município. Segundo ele, há relatos de intimidação e invasão de propriedade. “É preciso averiguar a legalidade nesta cedência junto ao município e qual é a real atuação deste servidor público municipal junto à Arpa”, afirmou Schneider.
A Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Bento Gonçalves informou que o convênio do servidor foi protocolado à Câmara para aprovação ainda no dia 21 deste mês. Desde junho de 2006 o servidor é cedido a Arpa em forma de convênio, renovado anualmente.
O fiscal Jorge Acco informou por telefone que não tem interesse em conceder entrevista neste momento e que deixará nas mãos do Poder Judiciário. Disse ainda acreditar tratar-se de uma questão pessoal, visto que já autuou Schneider e que o mesmo responde por ameaças ao fiscal “ Eu não vou dar moral para uma pessoa que responde por crimes ambientais. Se ele quisesse ajudar os produtores rurais, começaria por não cobrar a taxa do sindicato” diz Acco.

Treinamento sobre novo Cadastro Vinícola será realizado no dia 4

Secretaria da Agricultura do RS e Ibravin promoverão terceiro encontro na sede da Embrapa, em Bento Gonçalves, com proprietários de vinícolas, enólogos, contadores e outros profissionais responsáveis pelo envio de informações

No próximo dia 4, a Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi-RS) e o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) realizam mais uma etapa do treinamento sobre o novo Sistema de Declarações Vinícolas (Sisdevin). A chefe de Divisão de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal do Departamento de Defesa Agropecuária da Seapi, Fabíola Boscaini Lopes, e o diretor Técnico do Ibravin, Leocir Bottega, falarão sobre as alterações que passarão a vigorar a partir do próximo mês. O secretário Executivo do Fundo de Desenvolvimento da Vitivinicultura (Fundovitis), Ricardo João Paz do Nascimento, explicará os novos procedimentos para a emissão das guias de pagamento da taxa do Fundovitis.
“O novo sistema trará novas funcionalidades e, por estar numa plataforma bastante lógica, facilitará o uso pelas vinícolas e pelos responsáveis pelo seu abastecimento de dados”, adianta Fabiola.
Nos dias 21 e 22 de maio, cerca de 300 pessoas entre proprietários, enólogos e contadores de empresas vinícolas gaúchas participaram dos treinamentos realizados em Flores da Cunha e Bento Gonçalves.
As inscrições para o treinamento do dia 4 devem ser realizadas em http://www.ibravin.org.br/inscricoes. A apresentação também pode ser conferida no link http://www.ibravin.org.br/Downloads, em Sisdevin. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail cadastrovinicola@agricultura.rs.gov.brou pelo telefone (51) 3288 6350.O mesmo treinamento também será realizado na região da Campanha por técnicos da Seapi, com local e data a definir.

Mudanças
O diretor técnico do Ibravin, Leocir Bottega, explica que a principal mudança é a codificação do produto. “Ao invés da empresa usar seu código interno, usará um código oferecido pelo sistema, o Código de Rastreabilidade (CR). Esse será um código único para todas as etapas do produto. A principal inovação deste sistema é a questão da rastreabilidade de todos os produtos enquanto processos de elaboração, independente de quantas empresas ele passa até a saída da indústria para o consumo”, destaca.
Outra mudança é que a partir de agora o estado do Rio Grande do Sul está assumindo a manutenção do sistema, o que antes era feito pelo Ibravin.

 

Encomenda de mudas de batata-doce segue até 30 de julho em Monte Belo do Sul

O pedido mínimo é de 30 mudas, as quais são vendidas a R$ 42,00 a caixa Foto: Divulgação

A Emater/RS-Ascar comunica que os interessados em realizar encomendas de mudas de batata-doce devem passar na sede da entidade, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Monte Belo do Sul ou Secretaria de Agricultura.
O pedido mínimo é de 30 mudas, as quais são vendidas a R$ 42,00 a caixa. Estão sendo disponibilizadas as variedades: BRS Cuia ( casca e polpa – cor creme), BRS Rubissol ( casca por púrpura intenso e polpa cor creme) e BRS Amélia (casca rosa claro e polpa alaranjado intenso). O pagamento deve ser feito no ato da encomenda. As mudas serão entregues a partir de agosto. Informações pelo fone 54 3457 1528 ou 3457 1600.

Como plantar batata-doce
A batata-doce tem o ciclo que pode variar de pouco mais de três a cinco meses, dependendo da variedade e das condições climáticas. O cultivo da batata-doce pode ser feito a partir de uma batata ou de ramas, inclusive em vasos com pelo menos 15 litros de capacidade, volume que oferece espaço suficiente para o desenvolvimento do tubérculo.
Ambiente: A batata-doce prefere regiões de clima temperado a quente, com temperaturas acima de 10 ºC. Contudo, a batata-doce não gosta de solos sujeitos ao encharcamento.
Propagação: Embora possa ser feita por meio de mudas, estacas, sementes e enraizamento de folhas ou cultura de tecidos, o uso de ramas é considerado técnica mais recomendado para propagar batata-doce. Retire um ou dois pedaços por haste a partir da extremidade de lavouras com até 90 dias de plantio.
Plantio: Pode ser realizado em variados tipos de solos, pois a batata-doce desenvolve-se em solos franco-arenosos até em argilosos. Em geral, os nutrientes minerais mais exigidos pela batata-doce são o K, N, P, Ca e Mg. A cultura também responde muito bem à adubação orgânica.
Como trata-se de uma cultura de ciclo curto, a batata- doce está pronta para ser colhida em um período de 100 a 150 dias após o início do plantio.

Número de aves mortas de fome sobe para 64 milhões

O número de aves mortas no Brasil em decorrência da falta de alimentação ou espaço nas granjas foi atualizado na noite deste domingo pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Segundo a entidade, 64 milhões de aves já morreram. No sábado, o número de aves mortas era de 50 milhões. Maior parte dos animais mortos é de pintainhos com poucos dias de vida, mas há também aves adultas, segundo a associação. E a situação deve se agravar. “Um número maior deverá ser sacrificado em cumprimento às recomendações da Organização Mundial de Saúde Animal e das normas sanitárias vigentes no Brasil”, diz a ABPA.
Mesmo com o restabelecimento imediato do abastecimento nas granjas e indústria de carnes, a associação prevê reflexos duradouros no setor e especialmente para os consumidores. “A mortandade cria uma grave barreira para a recuperação da produção do setor nas próximas semanas e meses. As carnes suína, de frango e os ovos, proteínas que antes eram abundantes e com preços acessíveis, poderão se tornar significativamente mais caras ao consumidor. A regularização do abastecimento de alimentos para a população poderá levar até dois meses”, diz a nota da entidade.
O comércio exterior também já está sendo afetado. O Brasil é o maior exportador mundial de carne de frango e na última semana, aproximadamente 100 mil toneladas de carne de aves e de suínos deixaram de ser exportadas, o equivalente a US$ 350 milhões de dólares (R$ 1,3 bilhão).

Secretaria da Agricultura do RS e Ibravin promoverão terceiro encontro na sede da Embrapa

Secretaria da Agricultura do RS e Ibravin promoverão terceiro encontro na sede da Embrapa, em Bento Gonçalves, com proprietários de vinícolas, enólogos, contadores e outros profissionais responsáveis pelo envio de informações

No próximo dia 4, a Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi-RS) e o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) realizam mais uma etapa do treinamento sobre o novo Sistema de Declarações Vinícolas (Sisdevin). A chefe de Divisão de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal do Departamento de Defesa Agropecuária da Seapi, Fabíola Boscaini Lopes, e o diretor Técnico do Ibravin, Leocir Bottega, falarão sobre as alterações que passarão a vigorar a partir do próximo mês. O secretário Executivo do Fundo de Desenvolvimento da Vitivinicultura (Fundovitis), Ricardo João Paz do Nascimento, explicará os novos procedimentos para a emissão das guias de pagamento da taxa do Fundovitis.
“O novo sistema trará novas funcionalidades e, por estar numa plataforma bastante lógica, facilitará o uso pelas vinícolas e pelos responsáveis pelo seu abastecimento de dados”, adianta Fabiola.
Nos dias 21 e 22 de maio, cerca de 300 pessoas entre proprietários, enólogos e contadores de empresas vinícolas gaúchas participaram dos treinamentos realizados em Flores da Cunha e Bento Gonçalves.
As inscrições para o treinamento do dia 4 devem ser realizadas em http://www.ibravin.org.br/inscricoes. A apresentação também pode ser conferida no link http://www.ibravin.org.br/Downloads, em Sisdevin. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail cadastrovinicola@agricultura.rs.gov.brou pelo telefone (51) 3288 6350.O mesmo treinamento também será realizado na região da Campanha por técnicos da Seapi, com local e data a definir.

Mudanças
O diretor técnico do Ibravin, Leocir Bottega, explica que a principal mudança é a codificação do produto. “Ao invés da empresa usar seu código interno, usará um código oferecido pelo sistema, o Código de Rastreabilidade (CR). Esse será um código único para todas as etapas do produto. A principal inovação deste sistema é a questão da rastreabilidade de todos os produtos enquanto processos de elaboração, independente de quantas empresas ele passa até a saída da indústria para o consumo”, destaca.
Outra mudança é que a partir de agora o estado do Rio Grande do Sul está assumindo a manutenção do sistema, o que antes era feito pelo Ibravin.

Festival de Artesanato, Dança e Música em comemoração ao Dia do Vinho

Aconteceu no final de semana, dias 19 e 20, o Festival de Artesanato, Dança e Música. A ação, que integrou as comemorações do Dia do Vinho, contou com feira local, gastronomia e apresentações artísticas no salão Paroquial. O  apoio é da Prefeitura Municipal do município. O Dia do Vinho segue até o dia 03 de junho. O site oficial do evento traz a programação completa do Dia do Vinho; Para ficar por dentro do que rola no dia a dia dos eventos, vale acompanhar a página do Facebook (facebook.com/diadovinho) e seguir o perfil do Instagram (@diadovinho2019). Além da intensa programação estão sendo oferecidos descontos em seus produtos.