Porto Alegre agora tem bar com 64 torneiras de vinhos diferentes

Agora o cliente pode servir sua taça com diversos rótulos de vinhos

Já está em funcionamento, em Porto Alegre, um novo bar para os amantes de um bom vinho. Ele possui nada menos que 64 torneiras, com diversos tipo de vinhos. Criado pela empresária Jaqueline Meneghetti, sócia da rede de restaurantes Petiskeira, o bar chamado Dionisia teve sua estreia em um momento de crise. Misturando e apostando em uma antiga paixão pelo vinho, Jaqueline traz para o mercado uma democratização do consumo do vinho, com a modalidade “self-service”.

Jaqueline Meneghetti abriu o Dionisia //
Créditos: Isadora Neumann Agência RBS

– Há empresários que são mais técnicos e outros, como eu, que são levados pela intuição, vontade e motivação. O vinho já me motivava. Era um risco interessante de assumir – comenta a empresária Jaqueline Meneghetti.
O investimento no Dionisia foi de R$ 2,5 milhões, gerando 35 empregos. São 16 máquinas com quatro toneiras em cada uma. Os equipamentos vieram de navio do Napa Valley, da Califórnia, nos Estados Unidos.
Quando chega, o cliente recebe um cartão com o tipo de dose comprado. Então, vai até a máquina, insere o cartão e serve a taça. Ou seja, é “self-service”.

– Servindo em taças, quero democratizar o consumo de vinho para que as pessoas possam conhecer rótulos diferentes e viajar pelos estilos. Também penso em aumentar o consumo por jovens e mulheres – acrescenta Jaqueline Meneghetti.

O bar também tem um vinho próprio, chamado de Dionisia e engarrafado pela Miolo. Localizado em uma casa de dois andares na Rua Padre Chagas, no bairro Moinhos de Vento, o espaço também tem 250 livros sobre o assunto.