Vinho Aurora Reserva Chardonnay é medalha “Gran Ouro” no concurso Bacchus Internacional, na Espanha

Na França, espumante Aurora Procedências Chardonnay recebe prata no Chardonnay du Monde

A 17ª edição do Bacchus Concurso Internacional de Vinhos (de 7 a 11 de março), realizada em Madri, premiou com medalha Gran Ouro o vinho Aurora Reserva Chardonnay, da Vinícola Aurora, a maior e mais premiada vinícola do Brasil. Com esta medalha, o vinho Aurora Reserva Chardonnay chega à sua 54ª premiação e à 3ª medalha especial (aquela concedida aos exemplares que superam a marca de 95 pontos nas competições internacionais) – foi medalha Duplo Ouro em La Mujer Elige 2016 e Gran Ouro no Vinus 2016, ambos na Argentina. Nesta edição do Bacchus Internacional, outro rótulo da vinícola recebeu medalha de prata: o espumante Aurora Moscatel, o mais premiado da Aurora e um dos mais premiados do Brasil nos concursos internacionais. Em outra competição internacional realizada em março, o Chardonnay du Monde, na França, o espumante Aurora Procedências Chardonnay ficou com medalha prata.
Ao lado do Reserva Chardonnay, integram a linha os exemplares tintos Merlot, Cabernet Sauvignon e Tannat e o Rosé de Merlot. Os vinhos Aurora Reserva são elaborados com as melhores uvas de cada safra, dentro de um conceito de alta qualidade, fácil harmonização com os mais diversos pratos das gastronomias regional e internacional e faixa de preço acessível. Estão à venda em grandes redes e comércio especializado de todo o Brasil e presente em bons restaurantes de várias cidades do país. Os espumantes Aurora podem ser encontrados no mercado brasileiro também nas versões Moscatel Rosé, Demi-Sec, Brut e Prosecco. Da mesma forma, a linha Aurora Procedências que é composta por 3 espumantes que homenageiam a alta qualidade das uvas de comunidades específicas: além do Chardonnay de Lageadinho, o Pinot Noir branco de Tuiuty e o Rosé (de Pinot Noir de Tuiuty com Riesling Itálico de Monte Belo do Sul).
O concurso Bacchus Internacional tem a chancela da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) e a patronagem da Federação dos Grandes Concursos (Vinofed). Este ano, reuniu 1.650 amostras de 20 países, avaliadas por um júri de 65 especialistas internacionais. O Chardonnay du Monde, um dos mais tradicionais concursos de vinho da Europa, avalia vinhos espumantes e não espumantes, de todo o mundo, elaborados com a uva Chardonnay, a variedade branca mais cultivada nos cinco continentes.