Plano Municipal de Turismo é aprovado pela Câmara de Vereadores de Santa Tereza

A próxima Sessão ordinária esta marcada para dia 23 de abril, às 19h Foto: Juliana Graicik

Dois projetos de lei foram aprovados por unanimidade pela Câmara Municipal de Santa Tereza na Sessão Ordinária da terça-feira, 09 de abril. As matérias seguem agora para a sanção do prefeito Gilnei Fior.
A primeira proposta aprovada foi o Projeto de Lei (PL) nº 1.309/2019, protocolado pelo Executivo municipal. O texto institui o Plano Municipal de Turismo de Santa Tereza.
Em seguida, os vereadores aprovaram outra proposição do Poder Executivo, o PL nº 1.311/2019. O projeto autoriza o Executivo a realizar despesas com o XIV Encontro de Carros Antigos de Santa Tereza no valor de até 10.000,00 (dez mil reais). O evento será realizado no dia 05 de maio, na Praça Massimiliano Cremonese.
Ocuparam a tribuna pelo espaço regimental os vereadores Flavio Pierozan (MDB), Cristiano Casagrande (PSDB), Ivaldo Pissetti (MDB), Gisele Caumo (PSD) e Luiz Carlos Riboldi (PDT). Alguns pontos abordados pelos vereadores estão listados abaixo, para ouvir à gravação na íntegra da Sessão Ordinária acesse a página: https://www.camarasantatereza.com.br/player/8.
Flavio Pierozan (MDB) utilizou a tribuna durante a sessão para agradecer os organizadores das festividades aos 27 anos de Santa Tereza, em especial a Copa Gaúcha de Canoagem, sugerindo que a mesma seja incluída no Calendário de eventos do município. Falou ainda sobre o incentivo a novos empregos através da instalação de empresas, parabenizado a atual administração pela coragem do contrato firmado com a empresa Agroshoes e salientou que foram gastos mais de um milhão de reais de investimento em terraplanagem e água. Sobre a saúde disse que é preciso trabalhar na prevenção das doenças. Por fim falou sobre os problemas da rede d’água e disse que o que é cobrado pela taxa é inferior ao gasto, o que dificulta às vezes a manutenção dos canos que já é antiga e precária.
Cristiano Casagrande (PSDB) ocupou a tribuna e parabenizou o Festival do Chopp do Clube Santa Tereza e a Paróquia pela organização do bingo. O vereador também falou sobre um vazamento d’ água ocorrido em frente à família Bolesina que foi consertado, salientando também que quando for feito algum conserto, deve haver o cuidado a fim de evitar que fique barro dentro dos canos, para que a água chegue em boas condições até a casa dos moradores.
Já Ivaldo Pissetti (MDB), ocupou a tribuna e agradeceu aos organizadores do Bingo e da Festa de São Valentim. Falou do papel importante que Aldacir Pancotto, técnico agrícola da Emater/RS-Ascar vem desenvolvendo com os agricultores do município e a parceria entre a Secretaria de Agricultura com Sindicato Rural da Serra Gaúcha, através do Senar que oferece aos produtores rurais cursos de qualificação. Por fim, agradeceu o empenho de Cassiano Bortolini Bochi, Presidente da Comtur e da coordenadora da Atuaserra Beatriz Paulus pelo desenvolvimento e atenção dada ao desenvolvimento do projeto que institui o Plano Municipal de Turismo.
A vereadora Gisele Caumo (PSD) ocupou a tribuna e fez agradecimentos aos organizadores do 6º Festival do Chopp, a Equipe da Paróquia Santa Teresa pela realização do Bingo e parabenizou os idealizadores da Festa de São Valentim pela bela festa. Salientou sobre o portal da transparência, mais especificamente sobre um edital de licitação da perfuração de um poço artesiano na Linha Sagrado Coração de Jesus, onde o mesmo tem um limite máximo de perfuração de 300 metros, indagando que caso a perfuração chegar nos 300 metros e não deparar-se com a presença de água, o município arcará com uma despesa de R$ 36.000 mil reais. Sobre o contrato 001/2019, este que descreve como objeto a perfuração de poço de até 200 m, para fins de suprir a constante ausência de água das comunidades de São Valentin, Linha Bento e Dolorata, contrato este especificado no valor de R$ 16. 900,00, a vereadora destacou que não foi diagnosticada a vazão d’ água, ressaltando desta forma que tal ato representa uma despesa aos cofres públicos. Outra situação, já falada em tribuna pela vereadora, refere-se a remoção do Parque Infantil da Linha Pederneira para a Praça Norte. Reforçou o pedido feito na Casa Legislativa para instalação de sanitários na Praça Norte. Por fim falou sobre a reunião realizada no dia 28 de março com a coordenadora da Atuaserra Beatriz Paulus, onde foram efetivados ajustes e inclusões no Plano Municipal de Turismo, salientando ser a favor do desenvolvimento do turismo, enfatizando também, a importância da instalação de empresas e sobre proporcionar incentivo para a agricultura, principal geração de recursos para o município de Santa Tereza.
Por fim ocupou a tribuna o vereador Luiz Carlos Riboldi (PDT) que falou sobre o projeto do Plano Municipal de Turismo que foi aprovado, e lembrou que o mesmo tem prazo e tramite para ser votado, que o papel do vereador é analisar e colaborar com os projetos. Finalizou sua fala, dizendo que a agricultura e o turismo são pontos que devem ser investidos no município.
A próxima Sessão ordinária esta marcada para dia 23 de abril, às 19h.