GURI – Cozinha de Origem recebe degustação de queijos e chocolates brasileiros

Projeto com os especialistas Juliana Ustra e Eduardo Girão ocorre no dia 8 de maio e visa educar o paladar e promover a qualidade dos produtos elaborados no país

Queijos e chocolates do Brasil – Crédito Alexandre Guzanshe

A gaúcha Juliana Ustra e o mineiro Eduardo Girão conduzirão os participantes por um delicioso passeio sensorial pelos queijos e chocolates brasileiros. Foto: Daniela Rodrigues.

Chocólatras e apreciadores de queijos têm um programa imperdível no dia 8 de maio (quarta-feira), às 19h. Em parceria com o GURI – Cozinha de Origem, restaurante localizado no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, a gaúcha Juliana Ustra e o mineiro Eduardo Girão trazem pela primeira vez à Serra Gaúcha o projeto Queijos e Chocolates do Brasil, no qual propõem um passeio sensorial pela produção destes alimentos em diferentes regiões do país. Os participantes podem ser leigos ou técnicos no assunto: basta ter desejo de conhecimento e interesse em análise sensorial. O objetivo é educar o paladar, quebrar paradigmas e promover o que o Brasil tem de melhor, aliando entretenimento e informação.
“É um projeto totalmente inovador, num formato muito dinâmico, orgânico e com alicerce muito forte em gastronomia de origem, por isso a ressonância com o GURI, com brasilidade, simplicidade e consciência para o consumo de alimentos”, afirma Juliana, diretora da Ustra Consultoria, responsável pelo projeto Chocolate Brasileiro e pesquisadora independente sobre cacau e chocolate.
Sobre os queijos, foram selecionados cinco produtos em diferentes estados do país, de maneira a contemplar diversidade de aromas, consistência e sabor. Isso inclui, por exemplo, o queijo da Ilha do Marajó, elaborado em tachos com leite de búfala cru e o creme de leite do próprio animal – sabor suave e equilibrado, com massa branca e macia. O queijo gaúcho escolhido foi o Serrano, elaborado em São José dos Ausentes, na região dos Campos de Cima da Serra, com leite cru de vaca.
Já os chocolates têm o terroir, ou seja, o “gosto da terra”, característica daqueles que são produzidos “da árvore à barra (tree to bar)” ou “da amêndoa à barra (bean to bar)”, além de formulações especiais do Pará, da Bahia, do Espirito Santo, de São Paulo, de Minas Gerais, do Paraná e do próprio Rio Grande do Sul. Tudo muito puro, sem aromatizantes artificiais. “A proposta é que as pessoas conheçam e saibam identificar e degustar esse tipo de produto”, acrescenta Juliana.
“Normalmente, quando se fala em harmonização com queijo sempre se pensa em vinho e, mais recentemente, em cerveja. Quando se fala em chocolate, é uma coisa muito surpreendente e pouco explorada” salienta Girão, jornalista gastronômico que desde 2016 promove degustações de queijos artesanais e também atua como consultor de queijos especiais para empresas. “Teremos produtos de difícil acesso, por questões de logística de transporte pelo Brasil”, completa.
Além da degustação guiada de queijos e chocolates brasileiros, os participantes também poderão saborear bruschettas e antepastos assinados pelo chef Enio Valli, do GURI, e brindar com uma taça de vinho brasileiro.

SERVIÇO
O que: degustação de queijos e chocolates brasileiros, com Juliana Ustra e Eduardo Girão
Quando: 8 de maio, às 19h
Onde: GURI – Cozinha de Origem (15 da Graciema, 676, Vale dos Vinhedos, Bento Gonçalves)
Investimento: R$ 200
Outras informações e inscrições: chocolate@ustra.com.br ou (53) 99102-4514 (WhatsApp)

Eduardo Girão – Foto Alexandre Guzanshe