Vinificação em Grupo

Enólogo Douglas Chamon

Como enófilo, Douglas Chamon sentia-se distante da produção da uva e elaboração dos vinhos, e ao iniciar o superior de Viticultura e Enologia no IFRS – Bento Gonçalves, criou, com o intuito de superar sua própria frustração, e amparado pela experiência profissional como consultor de empresas e professor de economia por mais de duas décadas, o Projeto de Vinificação em Grupo, que possibilita o acompanhamento, pelos participantes, por meio de um aplicativo de mensagens, de todo o processo, da avaliação das uvas nos parreirais, do recebimento na cantina, e da vinificação: da fermentação alcoólica à entrega das garrafas. Os enólogos Douglas Chamon e Daniel Garbin repassam em textos, áudios, fotos, vídeos, e presencialmente, aos que visitam a vinícola Mena Kaho, onde os vinhos são produzidos, as informações técnicas de todo o processo, aproximando o consumidor/enófilo do mundo real e científico da viticultura e enologia. Ao final, o participante recebe vinhos de ótima qualidade, e experimenta uma imersão no mundo prático e científico do vinho. Iniciado na safra de 2017, com 46 membros e processamento de 4 ton de uvas Vitis viníferas, em 2018 ampliou-se para 190 membros, 11 toneladas de 7 cultivares distintas, atingindo na safra 2019 o número de 273 membros, de 14 estados, Distrito Federal e 6 países, R$ 280 mil arrecadados para o processamento de 25 toneladas de 10 uvas Vitis viníferas.
Um dos segredos para este crescimento é beneficiar todos os participantes. Ao viticultor é pago um preço justo (e à vista) por uma uva diferenciada; a vinícola pela estrutura de vinificação; os participantes recebem vinhos de guarda, de alta qualidade, a um preço por garrafa de R$ 25,00; e o gestor Douglas Chamon tem seu retorno em parcela das garrafas.
Qualquer amante do vinho pode participar, aportando o valor que desejar e recebendo o montante de garrafas proporcionais ao seu depósito. Quem definir aportar R$ 1.000,00 (mil reais), por exemplo, receberá 40 garrafas dos vinhos elaborados, proporcionalmente à quantidade produzida de cada um.
Acesso o blog Adega do Chamon http://www.adegadochamon.com/ no ícone Projetos e saiba como participar deste trabalho que valoriza a vitivinicultura brasileira.