Agroindústrias familiares de Bento Gonçalves têm sucos premiados na Wine South America

Tatiane, Thompsson e Edvaldo

As agroindústrias familiares Casa Moro e Gallon Sucos, de Bento Gonçalves, foram premiadas na primeira edição do Concurso Melhores Sucos de Uva, realizado na Wine South América, o maior evento profissional de vinhos da América Latina, na Fundaparque, em Bento Gonçalves. As agroindústrias são assistidas pela Emater/RS-Ascar, fazem parte do Programa Estadual de Agroindústria Familiar do Governo do Estado e participam do mercado institucional (merenda escolar) e de feiras.
Os empreendimentos familiares concorreram com grandes e tradicionais vinícolas do Estado. Os 52 rótulos de sucos selecionados pelas vinícolas expositoras da feira para concorrer ao prêmio foram avaliados por um grupo de 18 enólogos. Em degustações às cegas, os jurados chegaram à seleta lista com 17 de sucos de uva em três categorias: integral branco, integral tinto e orgânico.
A Casa Moro conquistou quatro medalhas, duas de ouro, com o suco de uva tinto integral (duas amostras de diferentes lotes premiadas), e duas de ouro, com o suco de uva branco integral (também duas amostras), e a Gallon Sucos recebeu medalha de prata com o suco de uva tinto integral. O Concurso Melhores Sucos de Uva teve a coordenação técnica da Embrapa Uva e Vinho e o apoio da Emater/RS-Ascar, IFRS Campus Bento Gonçalves, Laboratório de Referência Enológica (Laren) e Associação Brasileira de Enologia (ABE). Os sucos de uva ganhadores estão identificados com selos, em exposição nos seus estandes durante o evento.
“O segmento dos sucos é extremamente importante para a viticultura brasileira, como um componente de geração de renda na cadeia produtiva. E esse concurso buscou conhecer, avaliar e destacar a qualidade dos sucos brasileiros”, frisou o chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Uva e Vinho, Marcos Botton.
Para o enólogo da Emater/RS-Ascar de Bento Gonçalves, Thompsson Didoné, que participou da avaliação, esta premiação retrata a excelência dos produtos da agricultura familiar, que concorreram com grandes empresas. “Para a Emater é uma satisfação muito grande esse resultado, pois demonstra que o nosso trabalho está sendo bem executado”, afirma. Ele ressalta que Bento Gonçalves é o município da região com mais agroindústrias, trabalho que é coordenado pelo extensionista Neiton Perufo, da Emater/RS-Ascar, juntamente com a Vigilância Sanitária e a Secretaria Municipal da Agricultura, que auxiliam e facilitam o processo, desenvolvendo um trabalho com seriedade, qualidade e confiabilidade. “Em Bento Gonçalves, existe uma perfeita integração entre o Programa Municipal de Agroindústria (Selo Sabor de Bento) e o Programa Estadual de Agroindústria Familiar (Selo Sabor Gaúcho), que funciona muito bem”, salienta.

Casa Moro
As quatro amostras de sucos da Casa Moro avaliadas no evento foram premiadas. O reconhecimento veio logo no primeiro concurso que participou. Comandada pelos irmãos Tatiane e Vinícius Moro, a agroindústria familiar produz sucos integrais de uva e uma linha de geleias. Para Tatiane, o prêmio representa a valorização do trabalho e é resultado da dedicação em todas as etapas, do cultivo da uva à elaboração dos sucos. “Para ter um bom suco tem que ter uma uva de qualidade, e a gente se dedica e consegue ter um suco de boa qualidade”, declara. Ela também acredita que a conquista da premiação irá ajudar na divulgação do produto.
Atualmente, a Casa Moro fornece suco para a merenda escolar (creches e escolas de ensino fundamental), restaurantes e mercados de Bento Gonçalves, além de já ter participado de feiras como Expointer e ExpoBento.

Gallon Sucos
Produzindo suco com marca própria desde 2016, na Linha Alcântara, distrito de Faria Lemos, a agroindústria Gallon elabora cerca de 30 mil litros de suco de uva tinto integral por ano. Além da premiação no concurso da Wine South America, o produto tem outras duas premiações em concurso nacional.
“É muito importante porque é um reconhecimento ao nosso trabalho. Isso nos abre portas, gera uma procura e rende negócios”, diz o proprietário Edvaldo Gallon, que busca, no evento, ampliar o mercado. Gallon atribui a qualidade do produto à dedicação e ao cuidado com a produção da uva (matéria-prima boa, de qualidade) e durante a elaboração do suco.
O empreendimento comercializa sua produção na cidade, para a merenda escolar do município e do Estado e para clientes no RS e de fora do Estado, além de participar de diversas feiras da agricultura familiar pelo Estado e de feiras específicas de vinho.