Evento online na Serra é oportunidade para produtores de leite obterem melhores resultados

 

Produtores de leite assistidos pela Emater/RS-Ascar nos 49 municípios da região de Caxias do Sul poderão participar da Semana Online do Leite da Serra Gaúcha, que vai acontecer de 21 a 25 de setembro. Na programação, extensionistas da Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), irão abordar: bem-estar animal sem complicações, 16 mitos sobre pastagens na região e a qualidade do leite: o tarro do desperdício.
O objetivo é sensibilizar os produtores quanto aos temas do evento, que foram escolhidos de acordo com a linha de trabalho prioritária da Emater/RS-Ascar na área do leite na região. Eles foram definidos considerando a realidade e as dificuldades que os produtores enfrentam, oferecendo uma forma de solucionar esses problemas e tornar o leite mais atrativo e rentável para as famílias. Isso baseado nas experiências que vêm sendo desenvolvidas pela Extensão Rural e Social nas propriedades rurais e que têm dado resultados significativos.
“A proposta de desmistificar o leite à base de pasto é porque entendemos que as soluções que devem ser oferecidas às famílias devem considerar as realidades delas e da região, sem necessidade de grandes investimentos em máquinas, instalações, rebanho, etc. A grande maioria das famílias trabalha com uso de pastagens, mas, por alguns mitos e preconceitos, e até falta de incentivo e orientação técnica sobre o sistema, alguns acabam não alcançando os resultados que poderiam ter com ele”, ressalta o extensionista rural da Emater/RS-Ascar, Leandro Ebert, que será um dos palestrantes no evento.
As inscrições são limitadas e podem ser feitas nos escritórios municipais da Emater/RS-Ascar da região da Serra. O evento será transmitido pelo YouTube, sendo que os inscritos receberão um link para acesso.
Posteriormente, os participantes terão o acompanhamento dos técnicos da Emater/RS-Ascar, que recentemente foram capacitados sobre esses temas e irão fomentar esse trabalho nas propriedades da região.