Produtores de uva terão nova opção de cobertura de seguro rural neste ano contra a queda do parreiral

Novidade foi lançada pela AgroBrasil, braço da seguradora Pasqualoto Seguros

Os produtores de uva terão uma nova opção de cobertura de seguro rural a partir deste ano. As frutas cultivadas para a fabricação de vinho poderão ser protegidas contra a queda do parreiral causada por evento climático. A novidade foi lançada pela AgroBrasil Seguros, braço agrícola da seguradora Pasqualoto Seguros.
A nova modalidade reembolsará o custo para recuperar a estrutura danificada aos vitivinicultores e também poderá ser contemplada pela subvenção ao prêmio do seguro rural. As principais causas de queda de parreiral são vento e granizo, segundo o Corretor de seguros Ricardo Pasqualotto. “O objetivo é indenizar também as perdas de produção decorrentes do efeito da queda, que normalmente ocorre quando os parreirais estão mais pesados em virtude do aumento de tamanho dos cachos que se aproximam da fase final de desenvolvimento, ou seja, muito próximos da colheita”, explica Pasqualoto “Nessa fase, a uva se torna muito sensível a qualquer dano mecânico e essa cobertura vem exatamente para cobrir essa perda”, completou.
Além desta novidade, o seguro de uva de vinho cobre perdas por granizo, geada, ajuste de danos, perda de qualidade causada por granizo e fitossanitária e ventos fortes com granizo.
A uva é uma das principais culturas cobertas também pelo programa federal de subvenção ao seguro rural. Foi o quinto produto em termos de apólices contratadas em 2020, com 9,1 mil, atrás de soja, milho primeira e segunda safra e trigo. Foram pagos quase R$ 27 milhões de subvenção aos produtores, 42% de todos os recursos destinados às apólices de seguro rural contratadas para frutas em geral.
O acréscimo no volume de subvenções foi de 21%. Principal produtor de uva do país, o Rio Grande do Sul também foi o que mais acessou o PSR. O Estado concentrou 82% das apólices contratadas em 2020, com mais de 7,4 mil, e 81% da área segurada, 27,5 mil hectares.
Entre 2009 e 2019, foram pagos R$ 264,1 milhões em subvenção ao seguro rural pelo governo federal aos produtores de uva e mais de R$ 383,7 milhões em indenizações por perdas por parte das seguradoras, segundo dados do Ministério da Agricultura.
A Pasqualoto Seguros atende pelos fones (54) 3462-3555 | (54) 99119-1757 | 54 9 8123 7078 | Email: pasqualotto@pasqualotto.com.br.

Produtores de uva terão nova opção de cobertura de seguro rural neste ano contra a queda do parreiral Foto: Divulgação