Receitas incríveis com pinhão

Aproveite as comemorações juninas e desfrute do sabor nutritivo do pinhão

Foto : (Ormuzd Alves)

Pinhão com chocolate
Ingredientes
300 gramas de pinhão
200 gramas de chocolate ao leite

Modo de preparo
Lave bem o pinhão e corte as pontas.
Cozinhe o pinhão na panela de pressão por aproximadamente 30 minutos após a panela começar a chiar ou até ficar bem macio.
Descasque os pinhões e reserve.
Derreta o chocolate de acordo com as instruções da embalagem e banhe os pinhões.
Coloque-os para secar sobre papel-manteiga.

 

 

Foto: (Ormuzd Alves)

Suflê de pinhão
Ingredientes
1 colher (sopa) de manteiga
1 cebola pequena
2,5 xícaras (chá) de pinhão (1 xícara cozido e processado e 1,5 xícara cozido e cortado em rodelas)
1 xícara (chá) de leite
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
4 ovo
4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
• salsa (ou salsinha) a gosto
• cebolinha-verde a gosto
• sal a gosto
• pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo
Aqueça a manteiga em uma frigideira, deixando murchar e dourar a cebola bem picada.
Acrescente o pinhão cozido, processado e cortado em rodelas, deixando-o refogar.
Tempere com sal, pimenta-do-reino, salsa e cebolinha picados.
Deixe esfriar.
No liquidificador ou batedeira, bata o leite, a farinha de trigo e as gemas.
Incorpore aos poucos ao pinhão já refogado, acrescentando o queijo ralado.
Junte suavemente as quatro claras batidas em neve.
Despeje no ramequim (forma para suflê) untado.
Asse em fogo moderado (170 ºC a 190 ºC) por cerca de 20 minutos.
Sirva em seguida.

 

 

Foto: (Mauro Holanda)

Frango ensopado com pinhão

Ingredientes
1 kg de sobrecoxa de frango
4 colheres (sopa) de óleo
4 dentes de alho amassados
1 cebola picada
4 tomate picados sem pele e sem sementes
1 xícara (chá) de Água
3 xícaras (chá) de pinhão cozido cortado em rodelas
2 colheres (sopa) de salsa (ou salsinha) picada
2 colheres (sopa) de cebolinha-verde cortada em rodelas
• sal a gosto
• pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo
Tempere o frango com o sal e a pimenta.
Aqueça o óleo em uma panela e junte o alho e a cebola.
Frite até começar a dourar.
Acrescente o frango e refogue-o até ficar bem dourado.
Adicione o tomate, a água quente e cozinhe no fogo baixo (160 ºC), mexendo de vez em quando, até a carne ficar macia. Junte o pinhão, a salsinha e a cebolinha e sirva imediatamente.

 

Ensopado de carne-seca e pinhão com farofa de couve

Foto: (Pedro Rubens)

Ingredientes
400 gramas de carne de sol magra, sem gordura aparente e dessalgada
2 xícaras de Água
1 colher (sopa) de azeite de oliva
1 cebola picada
3 tomate sem pele e sem sementes, picados
2 xícaras (chá) de pinhão cozido e cortado em pedaços grandes
2 colheres (sopa) de cheiro-verde picado

Modo de preparo
Na panela de pressão, leve ao fogo médio a carne com a água e deixe cozinhar por 40 minutos (contados a partir do momento em que a panela começa a chiar).
Espere esfriar, desfie a carne e reserve.
Em uma panela média, aqueça o azeite e refogue a cebola por 5 minutos.
Adicione a carne e o tomate e cozinhe, em fogo baixo, por 20 minutos ou até que fique macio.
Acrescente o pinhão e deixe cozinhar por mais 5 minutos.
Tempere com o cheiro-verde picado e reserve.

 

 

,

Caqui começa a ser colhido na Serra gaúcha

Teve início a colheita de uma das duas mais importantes variedades de caqui cultivadas na Serra gaúcha, a Kioto, popularmente conhecida por “Chocolate Preto”, em função da coloração escura de sua polpa. As frutas apresentam calibre mediano e marcantes traços de coloração verde, porém polpa firme e crocante.
Conforme o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Enio Todeschini, essa cultivar é a que mais exige cuidados para a prevenção e controle da pinta preta ou Antracnose. Porém, a cada safra que passa, a Fuyu, caqui de polpa branca, vem aumentando sua suscetibilidade a essa fitopatia, praticamente a única que ocorre nesta cultura na região serrana, porém de controle bastante difícil.
De maneira geral, os pomares demonstram bom vigor e sanidade. A carga de frutos é bastante irregular, tanto na planta, quanto entre pomares. Caquizeirais atingidos pelo granizo no final de outubro de 2018 demonstram carga dentro da média para a safra, porém com área foliar menor pelos danos nas folhas. Esse aspecto poderá influenciar no calibre das frutas.
No município de Cotiporã, a área com o cultivo de caquizeiro não é tão expressiva quando comparada com a área destinada à viticultura e à citricultura. Mas, ainda assim, mais de dez famílias cultivam a frutífera, em aproximados dez hectares. Seguindo um panorama regional, nos últimos anos a área com cultivo de caquizeiro vem reduzido significativamente em função das dificuldades fitossanitárias, exigindo maior necessidade de tratamentos para manter as produções.
Em Cotiporã, os frutos estão com ótima qualidade e a expectativa é de colher 120 mil quilos de caqui. A produção é comercializada para consumo “in natura”, sendo levada para diversas regiões do Estado.
Na propriedade do agricultor Ataliba Peterle são cultivados 1,5 ha de caqui, principalmente da variedade Kyoto. A estimativa da família é colher em torno de 14 toneladas nesta safra, quantidade um pouco menor do que nos anos anteriores devido à incidência localizada de granizo durante a frutificação das plantas.

Receitas fáceis e surpreendentes para aproveitar a Páscoa

Salada grega
Ingrediente:
2 pés de alface romana
100 gramas de tomate cereja cortado ao meio
60 gramas de cebola roxa fatiada
110 gramas de azeitonas fatiadas
170 gramas de queijo de cabra
Sal a gosto
Azeite Cardeal Extra Virgem a gosto

Modo de preparo
Coloque em uma travessa as folhas de alface, junte os tomates e a cebola roxa.Desmanche grosseiramente o queijo feta com o auxílio de garfo e acrescente sobre os tomates com a cebola, adicione as azeitonas e o sal Por fim, acrescente um fio de Azeite Cardeal Extra Virgem.

Bcalhau ao forno
Ingredientes
1 litro de água
500 ml de leite
1 folha de louro
6 dentes de alho descascado
500 gramas de bacalhau em lascas dessalgado
300 gramas de cebola fatiada fino
200 gramas de cenoura cortada em tiras finas
500 gramas de batata cortada em rodelas
4 colheres de Azeite Cardeal Extra Virgem
100 gramas de pimentão vermelho em cubos pequenos
100 gramas de farinha de rosca grossa
Salsinha picada a gosto

Modo de preparo
Em uma panela funda, junte a água, o leite, a folha de louro e o dente de alho. Ferva. Junte as lascas de bacalhau, a cebola fatiada e a cenoura ao líquido fervente, abaixe o fogo e cozinhe por 5 minutos. Escorra e reserve o líquido e o bacalhau separados.
Volte o líquido à panela e cozinhe as rodelas de batata. Escorra e reserve. Acerte o sal do bacalhau pré-cozido e junte metade do Azeite Cardeal Extra Virgem. Unte um refratário com o Azeite Cardeal Extra Virgem e cubra o fundo com as rodelas de batata. Disponha o bacalhau temperado sobre a batata. Misture a farinha de rosca com a salsinha e salpique sobre o bacalhau. Regue com o Azeite Cardeal Extra Virgem restante e leve ao forno para dourar.

Trufa de chocolate com azeite
Ingredientes
300 gramas de creme de leite
500 gramas de chocolate ½
60 gramas de Azeite Cardeal Extra Virgem
1 pitada de sal
Cacau em pó a gosto

Modo de preparo
Ferva o creme de leite com uma pitada de sal. Adicione o chocolate e dissolva.Acrescente o Azeite Cardeal Extra Virgem e misture bem. Retire do fogo e transfira para uma travessa e leve para gelar por 24 horas. Faça pequenas bolas irregulares com o chocolate ainda gelado. Não deixe esquentar.Passe as trufas no cacau em pó e sirva.

Chá de folha goiaba e pitanga reduz em 45% o tempo de cicatrização de ferida

Foto: Divulgação

Uma pesquisa realizada em Valinhos (SP) apontou que o uso do chá de folhas de goiaba e pitanga reduz em 45% o tempo de cicatrização de feridas. O produto fitoterápico é aplicado há um ano em pacientes atentidos pelo Serviço Especializado em Lesões Vasculares (Selven), do Sistema Único de Saúde (SUS), o período de tratamento caiu de 90 para 50 dias, em média.
O uso de fitoterápicos foi introduzido no atendimento do Serviço Especializado em Lesões Vasculares e Neuropáticas (SELVEN) em 2015 com a assessoria voluntária da farmacêutica Nilsa Sumie Yamashita Wadt, doutora em plantas medicinais pela USP (Universidade de São Paulo).
Segundo a farmacêutica, o uso das folhas tem acelerado em 40% a cicatrização de feridas nos pacientes atendidos. As folhagens de goiaba são misturadas as de pitanga no preparo de um chá que tem ação antimicrobiana e cicatrizante.
“Além de possibilitar a melhoria da saúde e mais qualidade de vida aos pacientes, a utilização das folhas gera economia ao sistema de saúde, pela redução no uso de medicamentos, de curativos e da necessidade de profissionais de saúde”, avalia a farmacêutica.

Delicioso sorvete de panetone com calda de caramelo

Foto: União / Divulgação / Divulgação

Que tal fazer receitas deliciosas para saborear com toda a família? Confira a seguir, uma saborosa receita, da marca União, para você preparar no final de semana e levar para o Natal.

Ingredientes
3 xícaras (chá) de leite (600 ml)
½ xícara (chá) de açúcar refinado (55 g)
3 gemas (60 g)
4 colheres (sopa) de amido de milho (32 g)
1 caixinha de creme de leite (200 g)
raspas de 1 laranja
2 colheres (chá) de raspas de limão (4 g)
3 claras (120 g)
1 xícara (chá) de açúcar refinado (110 g)
1 xícara (chá) de frutas cristalizadas
2 colheres (sopa) de uvas passas pretas
2 e ½ xícaras (chá) de panetone cortado em cubos pequenos (300 g)
calda de caramelo e nozes picadas para decorar

Modo de preparo
1. Em uma panela, aqueça em fogo médio o leite com o açúcar refinado.
2. Em uma tigela, misture as gemas com amido. Reserve.
3. Quando o leite amornar, adicione na mistura de gemas lentamente, mexendo sempre para não empelotar.
4. Volte a mistura para a panela e cozinhe por 5 minutos ou até engrossar.
5. Desligue o fogo e adicione o creme de leite, as raspas de laranja e de limão.
6. Transfira para um refratário e cubra com papel filme em contato com o creme. Reserve em geladeira até esfriar.
7. Em uma tigela, em banho maria sem parar de mexer, aqueça as claras com o açúcar refinado até dissolver bem, mas sem cozinhar as claras.
8. Em uma batedeira, em velocidade média bata a mistura de claras com açúcar até esfriar e formar um merengue firme.
9. Adicione no creme reservado as frutas cristalizadas e as uvas passas e junte o merengue aos poucos, misturando até formar um creme homogêneo.
10. Acrescente o panetone e misture delicadamente.
11. Coloque em um refratário ou em uma tigela, tampe e leve ao freezer por pelo menos 6 horas antes de servir.
12. Sirva acompanhado da calda de caramelo e decore com as nozes picadas.

Dica: experimente adicionar pedaços de chocolate ao sorvete. Se desejar, hidrate as uvas passas em vinho do porto, rum ou no licor de sua preferência.

Receitas de clericot perfeitas para se refrescar nos dias de calor

O clericot é uma bebida de origem francesa, fresquinha e que funciona bem para servir nos dias mais quentes. O preparo consiste em combinar frutas picadas com vinho branco, espumante ou água e o resultado possui um sabor surpreendente.

🍸Clericot fácil
A bebida, aqui, é composta por uma combinação de maçã, abacaxi, morango, kiwi, laranja, vinho espumante, licor de laranja e gelo. As frutas são picadas e os ingredientes são todos misturados em uma jarra. É um preparo fácil e que vai te deixar salivando.

🍹Clericot com licor de laranja
O licor de laranja e a soda utilizados nessa receita dão um toque especial ao clericot. Também são utilizados ingredientes como kiwi, maçã, ameixa, abacaxi, uva, laranja, açúcar e vinho branco para compor a bebida. O resultado é um drink de sabor marcante e delicioso!

🍸Clericot de conhaque
Esse clericot conta com uma junção muito gostosa de bebidas. O drink é feito com conhaque, Cointreau, água com gás e vinho branco. As frutas utilizadas são maçã, abacaxi, morango, laranja e kiwi. Os ingredientes são todos combinados em uma jarra com gelo e a finalização fica por conta do açúcar.

🍹Clericot de carambola
Essa ersão de clericot é feita com uma combinação deliciosa de maçã verde, uva, pera e carambola. As bebidas utilizadas para compor o drink são espumante, água tônica e licor de laranja. É uma opção fresquinha e que vai deixar seus convidados com um gostinho de quero mais!

🍸Clericot de frutas grelhadas
O diferencial dessa receita de clericot são as frutas grelhadas. Aqui, a manga, a laranja, a carambola e o abacaxi vão para a frigideira por alguns minutos e, depois, para a jarra. Os demais ingredientes são, então, adicionados e misturados. O suco de limão siciliano e o mel utilizados dão um gostinho especial ao preparo.

🍹Clericot com refrigerante de limão
Essa é uma versão de clericot que conta com um preparo fácil. As frutas utilizadas são melão, uvas, morango e laranja. O drink ainda leva ingredientes como vinho branco seco, refrigerante de limão e suco de laranja. É uma opção simples, mas que possui um sabor muito gostoso.

🍸Clericot com vodka
Essa receita traz o clericot feito com morangos, maçã verde e kiwi. As frutas são picadas, maceradas e combinadas com xarope Grenadine, Cointreau, vodka, espumante, conhaque e gelo. O resultado conta com uma verdadeira explosão de sabores e vai te deixar com água na boca!

🍹Clericot de vinho rosé
O diferencial desse clericot se dá pelo uso do vinho rosé, que harmoniza bem com o gostinho das frutas. Aqui, a bebida é composta por suco de laranja, amoras, carambola, ameixa, pêssego, laranja, uva, o vinho e canela em pau. É uma versão bem aromática e deliciosa!

🍸Clericot de frutas vermelhas
Essa receita traz uma versão bem completa de clericot. O preparo da bebida, aqui, é feito com laranja lima, limão siciliano, manga, maçã, morango, blueberries, framboesa, amora, açúcar demerara, gelo, espumante, soda e licor de laranja. Os ingredientes são todos combinados em uma jarra e o resultado possui um sabor surpreendente!

🍹Clericot com água tonina
Essa receita traz uma combinação de abacaxi, pêssego, morango, uva, laranja e maçã verde para compor o clericot. A bebida ainda conta com o vinho branco, o suco de laranja, água tônica, açúcar e gelo. Os ingredientes são todos misturados na jarra e o preparo, então, já pode ser consumido.

🍸Clericot com suco de cranberry
Esse clericot é feito com abacaxi, uva verde, limão, maçã, espumante, licor de laranja, suco de cranberry, xarope de açúcar e gelo. Para preparar basta picar as frutas e combiná-las na jarra com os demais ingredientes. É uma versão gostosa e que vai fazer sucesso no final de semana com os amigos!

🍹Clericot sem álcool
Essa é a versão ideal para servir para a família toda, já que não leva álcool. O preparo é feito com mexerica, limão, maçã, kiwi, laranja, groselha, suco de laranja e suco de uva branca. É uma opção refrescante e que funciona bem para as ocasiões especiais.

Pudim de panetone e leite condensado

Com leite integral e canela, doce também pode ser preparado com chocotone

O clima de Natal já começa a se espalhar pelo comércio e o panetone volta às prateleiras dos mercados. O pão fofinho com frutas cristalizadas ou gotas de chocolate é uma estrela na gastronomia, mas também pode ser usado como ingrediente para uma variedade de receitas. Para incrementar a hora da sobremesa, que tal apostar em um pudim de panetone com leite condensado que vai te deixar com água na boca!

Ingredientes:
1 sachê de leite condensado
2 e 1/2 xícaras de leite integral
1 colher de sopa de manteiga sem sal
3 ovos
1 colher de café de canela em pó ou canela em pau
2/3 de panetone ou chocotone (pouco mais de 300g)
1 xícara de açúcar para a calda

Modo de preparo:
– Bata no liquidificador leite integral, o leite condensado, a manteiga sem sal e os ovos. Se você usar canela em pó na receita, misture-a com os demais ingredientes no liquidificador. Se preferir a canela em pau, acrescente-na após bater e deixe perfumando a mistura por cerca de 10 minutos. Em seguida, retire a canela em pau e reserve.
– Agora, faça a calda do pudim: coloque, na boca do fogo, a fôrma com o açúcar. Deixe em fogo baixo, mexendo de vez em quando para não queimar. Quando a calda estiver dourada, desligue o fogo e mexa a fôrma para espalhar a calda. Em seguida, corte o panetone (ou chocotone) em fatias finas e cubra as laterais e o centro com o pão, pressionando com as pontas dos dedos. Sobre esta “caminha” de panetone, despeje a mistura batida no liquidificador.
– O próximo passo é cobrir com papel alumínio e levar ao forno (médio), por cerca de 45 minutos. É essencial que o pudim cozinhe em banho-maria, na grade superior do forno, para alcançar o ponto ideal. Depois de pronto, deixe na geladeira de um dia para o outro (no mínimo umas 6 horas, para ele ficar bem firme).

Dica de chef: Na hora de desenformar, um truque. Coloque a fôrma por alguns segundos na chama do fogo. Assim, o caramelo irá derreter um pouquinho e o pudim sairá com mais facilidade! Em seguida, passe uma faquinha nas laterais, para soltar o açúcar caramelado, ponha um prato em cima e vire.

Receita de Panetone Bauducco.

É fato que ele nasceu na Itália. Uma das histórias mais aceitas é a de que o primeiro panetone saiu de um dos fornos das diversas padarias de Milão, em meados de 1400 d.C.

De acordo com essa versão, que já ganhou status de lenda, um jovem padeiro, apaixonado pela filha de seu patrão, elaborou uma versão rudimentar do pão doce para impressioná-lo. A iniciativa deu certo e a receita fez o maior sucesso entre os clientes do lugar, que pediam insistentemente pelo “Pani de Toni” (pão do Toni).

Com o tempo, a palavra evoluiu para “panattón” (vocábulo milanês) e depois para “panetone” (italiano). Após passar por diversas transformações ao longo dos séculos, o ”pão do Toni” ganhou o seu aspecto atual no século 18, com o formato circular e a disposição das frutas cristalizadas.

Gostou? Então que tal aprender a fazer alguns tipos de Panetone?

INGREDIENTES PARA A ESPONJA:
200g de Farinha de Trigo
200ml de água morna
20g de Fermento Seco para pão

INGREDIENTES DA MASSA:
800g de Farinha de Trigo
5 Colheres (sopa) de Leite em pó integral
150g de Açúcar refinado
10 gemas
1 pitada de sal
200ml de Água morna
6 Colheres (sopa) de Mel
15ml de Essência de Panetone
3 Colheres (sopa) de Essência de Baunilha
Raspas de 2 Limões Tahiti
Raspas de 2 Laranjas
160g de Margarina sem sal

INGREDIENTES PARA O PANETONE TRADICIONAL BAUDUCCO:
200g de frutas cristalizadas
250g de passas escuras e claras

INGREDIENTES PARA O CHOCOTONE TRADICIONAL BAUDUCCO:
350g de Gotas de Chocolate

MODO DE PREPARO DA ESPONJA:
Para fazer a esponja, basta misturar os 3 ingredientes até formar uma massa bem grossa e pegajosa.

DICA 1: Acrescente um pouco mais de água se for necessário, caso a farinha não tenha sido incorporada.
Em seguida cubra a esponja com plástico filme e deixe descansar por 30 minutos.

MODO DE PREPARO DO PANETONE TRADICIONAL BAUDUCCO:
Coloque as frutas cristalizadas e as uvas passas em uma panela, cubra com água gelada e leve ao fogo até ferver.
Em seguida escorra e seque-as totalmente com papel toalha e reserve.

MODO DE PREPARO DA MASSA:
Dilua o mel na água morna, na tigela da batedeira, e adicione as essências de panetone e de baunilha.
Acrescente a farinha de trigo, em outra tigela, açúcar, junto com o sal, o leite em pó, as gemas e a esponja que havia sido preparada anteriormente.
Misture grosseiramente até formar uma farofa.
Depois de misturado, despeje essa farofa na mistura líquida e deixe sovando na batedeira com o gancho de massas pesadas (ou misture com as mãos) até que a massa fique bem lisa e solte das laterais da batedeira (cerca de 10 minutos batendo).
Em seguida adicione a margarina aos poucos e bata na batedeira, com o gancho de massas pesadas (ou com as mãos) até chegar em ponto de véu

DICA 1: Para saber se a massa do panetone bauducco chegou ao ponto de véu, (Pegue uma pequena porção da massa com as mãos levemente untadas com óleo de girassol e estique com cuidado, a massa deverá se abrir até ficar transparente, sem rasgar).
Quando estiver nesse ponto acrescente as raspas de laranja e limão e bata até encorpar tudo.

DICA 2: A massa do panetone baudoco deve ficar macia e pegajosa, e você deverá sempre manipular ela com as mãos untadas com óleo de girassol.
Coloque a massa sobre uma superfície untada com óleo de girassol.
Essa é a hora que você deverá definir se vai querer fazer o Panetone Bauducco ou o Chocotone Bauduco.
Abra a massa com as mãos e espalhe as frutas cristalizadas e as uvas passas para fazer o panetone ou gotas de chocolate para fazer o chocotone.
Em seguida você deverá enrolar até ficar tudo bem distribuído pela massa.
Agora você deverá modelar a massa formando uma bola.
Coloque-a em uma vasilha grande untada com óleo.
Deixe descansar por no minimo 1h30m.
Depois que a massa estiver crescida, volte-a para superfície untada e divida em partes iguais.
Coloque as massas nas fôrmas (Essa receita é para 2 panetones de 600g)

DICA 3: Dependendo do tamanho das sua forma, os panetones devem se divididos em mais formas, a dica é sempre colocar massa até a metade da forma.
Espere a crescer até a borda da forma

DICA 4: Não deixe crescer mais que isso, pois ela ainda irá crescer no forno.
Com a ajuda de uma tesoura ou um estilete, faça cortes em cruz na superfície do panetone e coloque um pedacinho de margarina no centro dele.
Em seguida leve para assar em forno pré aquecido, 200˚C, por cerca de 20 a 30 minutos (o tempo pode variar de forno para forno).

DICA 5: Para manter o fono úmido, coloque uma forma com água na grade de baixo.
Retire do forno e coloque sobre uma grade para esfriar.
Depois que estiverem totalmente frios, embale-os e presenteie quem você ama.

Frango ao iogurte e laranja com farofa

Com o Natal chegando por aí, você precisa começar a planejar os pratos que serão servidos na ceia. E infelizmente, não é possível economizar nesse momento. As carnes “da época”, como o Chester e o Peru, são mais caras. Por isso, uma boa opção para fazer uma ceia gostosa, chique e que irá agradar a todos é preparar receitas com frango.

Você pode servir um tradicional frango inteiro, apenas partes dele (coxas, asinhas e filés podem virar pratos lindos e saborosos!) ou fazer receitas usando a carne.

Frango ao iogurte e laranja com farofa

Ingredientes
1 frango inteiro (2,3 kg)
Sal e pimenta-do-reino
1 laranja-pera
5 dentes de alho picados
1 xícara (chá) de suco de laranja
1 colher (sopa) de azeite de oliva
1 pote (170 g) de iogurte natural
1 colher (sopa) de páprica doce ou picante
1 colher (sopa) de gengibre fresco ralado
1 colher (sopa) de raspas de laranja

Farofa
1/3 de xícara (chá) de manteiga
3 dentes de alho picados
1 pimenta dedo-de-moça pequena sem sementes em rodelas finas
1 cebola média picada
3 xícaras (chá) de farinha de milho flocada
Sal
1/3 de xícara (chá) de cebolinha verde em rodelas finas

Modo de preparo
– Em um refratário, tempere o frango com sal e pimenta a gosto e coloque a laranja inteira dentro de sua cavidade.
– Em uma tigela, misture os ingredientes restantes e besunte toda a ave. Cubra com papel-alumínio e deixe em repouso na geladeira por 30 minutos.
– Leve o refratário coberto com o papel ao forno médio preaquecido (180°C) por 40 minutos, até a carne ficar macia.
– Retire o papel e asse por mais uns 30 minutos ou até dourar, regando com o molho que se formou (se secar, adicione um pouco de água). Sirva com a farofa.

Farofa
Derreta a manteiga em fogo baixo e frite o alho até começar a dourar. Adicione a pimenta e a cebola e refogue até amaciar. Junte a farinha e mexa constantemente por 5 a 7 minutos, até ficar crocante. Tempere com sal e finalize com a cebolinha verde.

Pão de batata com requeijão

Essa receita faz o maior sucesso para o lanche e é bem fácil de fazer! A maior parte do tempo é levada para deixar a massa descansando.

Ingredientes
45 g de fermento para pão
1 colher de sopa cheia de açúcar refinado
1 colher de sopa de sal
1 copo de água morna (250 ml)
1 copo de leite morno (250 ml)
250 g de batatas cozidas e espremidas ainda quentes
2 ovos inteiros ligeiramente batidos
50 g de manteiga sem sal
1/2 xícara de chá de óleo de milho
1 kg de farinha de trigo especial (aproximadamente)

Recheio
450 g de requeijão cremoso gelado

Modo de preparo
Dissolva o fermento no açúcar, junte os demais ingredientes, sendo a farinha de trigo por último, e amasse até obter uma massa lisa, macia e homogênea. Deixe a massa descansar até dobrar de volume, faça os pães e coloque em assadeira sem untar e deixe crescer até dobrar de volume. leve ao forno a 200 °C e deixe até que estejam assados e dourados por cima.