Empório Castellamare oferece tábuas de frios e espumantes

Conheça a estrutura oferecida pela Castellamare, na Serra Gaúcha, para que o visitante desfrute da experiência também no inverno, nos dias de frio

As tábuas são oferecidas em três tamanhos: grande, que custa R$ 70, média, por R$ 45 e pequena 30. Também há a opção da tábua de torradinhas com patês e geleias por R$ 30 Foto: Marlove Perin

O Empório Castellamare nasceu da vontade de valorizar os produtos de Pinto Bandeira, através da comercialização de produtos de qualidade, oriundos em sua maioria de pequenos produtores. É um espaço idealizado pelos Gerson e Sandra Odorcick. O foco da casa é a comercialização dos produtos da Cooperativa São João, que tem sede em Farroupilha, mas produção bem próxima do Empório, além das deliciosas e lindas tábuas de frios (embutidos e queijos), com frutas da estação e pão (opcional).

Por lá, claro, também há venda de vinhos e espumantes em taça. “Receber amigos e turistas bem não exige prática nem tão pouco habilidade. Bastam criatividade e capricho. Uma excelente opção, é montar uma tábua de frios, e servir um bom vinho ou espumante” diz Sandra que já gerenciava um bar e armazém. Ao perceber o crescimento no número de turistas, Sandra decidiu empreender e investiu em um belo lugar para acolher os visitantes que buscam produtos locais. As tábuas são oferecidas em três tamanhos: grande, que custa R$ 70, média, por R$ 45 e pequena 30. Também há a opção da tábua de torradinhas com patês e geleias por R$ 30.
O espaço funciona das 9h às 17h, na Linha 28 e também atende reservar para eventos. O telefone para contato é (54) 3455-7367. Mais informações e reservas: https://www.facebook.com/emporiocastellamare
Atualmente, a Pinto Bandiera é conhecida pela exuberância das paisagens naturais e detém o título de Capital Brasileira do Pêssego, fruta que, junto com a uva, é amplamente cultivada na região. A Associação dos Produtores de Vinhos de Pinto Bandeira (Asprovinho) foi criada em 2001 com o objetivo de preservar e valorizar os vinhos e espumantes produzidos no local, Empório Castellamare faz parte da Associação. O município será o primeiro da América a conferir Denominação de Origem (D.O.) a espumantes. A certificação irá abranger espumantes produzidos pelo método tradicional (champenoise) com pelo menos 18 meses de maturação, a partir de três variedades – Chardonnay, Pinot Noir e Riesling Itálico. Todas cultivadas em espaldeira/plantio vertical.

Fenavinho busca no interior a essência da festa

Fenavinho – Crédito Augusto Tomasi

Ainda muito cercada de expectativas, a retomada da Festa Nacional do Vinho tem gerado um grande burburinho em Bento Gonçalves quanto ao formato e as atrações de sua mais popular festividade. Com a confirmação do vinho encanado na programação, parte das incógnitas vai se dissipando – e ressaltando que a Fenavinho manterá suas tradições.
Talvez a maior delas, o envolvimento comunitário – principalmente dos distritos, onde se concentram a produção da matéria-prima da festa –, seja um dos aspectos que se descortinam para a 16ª edição. Além do desfile de carros alegóricos, programado para o dia 2 de junho e cujos veículos embarcam costumes e hábitos do interior, o comitê organizador da festa tem se dedicado a conversar com cada comunidade para elas sentirem-se pertencidas à festa.
E quando esse contato é feito de forma autêntica, entre pessoas que não só conhecem, mas também vivem no interior, a aproximação se torna mais espontânea. “A retomada da Fenavinho não é somente voltar a fazer a Fenavinho, é voltar a resgatar valores daquilo de bonito que ela tinha na sua origem”, diz Bruna Cristofoli, responsável pelo comitê do Vinho da festa e moradora de Faria Lemos.
A origem que ela se refere, no caso, é justamente a participação da comunidade na construção da Fenavinho, a própria essência da festa. Por isso, os quatro distritos da cidade – Tuiuty, Faria Lemos, São Pedro e Vale dos Vinhedos – têm sido constantemente contatados por meio de suas associações de moradores, entidades e de lideranças locais. Após os oito anos de hiato entre a última Fenavinho, realizada em 2011, e a atual, é um trabalho que se faz necessário para recuperar alguns vínculos do passado recente.
Além de estreitar o relacionamento e divulgar a festa, o comitê busca apoio na concepção do desfile e, sobretudo, na participação do interior nas comemorações da Fenavinho, a fim de que desfrutem de toda a programação. “É importante o interior estar presente neste momento do vinho encanado também, quando haverá o desfile. Quem estiver no Centro, na Via del Vino, verá quem são as pessoas do interior e o que elas fazem de bonito, o que elas trazem da terra e que tanto contribuiu para nosso desenvolvimento”, diz Bruna.
Segundo ela, os moradores do interior estão mostrando-se receptivos e animados com o retorno da Fenavinho, tanto que acabam colaborando mais do que o esperado. “Eles aproveitam para tirar dúvidas de como será a festa, mas também aproveitam para contar relatos de como a festa era no início, um momento nostálgico de narrar o que viveram, tem sido uma experiência incrível”, diz Bruna.

No CIC-BG, comitê da Fenavinho promoveu integração com representantes dos distritos e entidades – Crédito Exata Comunicação

Vinícola Aurora é vencedora em duas categoriasdos TOP Five do Expovinhos de Vitória 2019

A Vinícola Aurora, a maior e mais premiada vinícola do Brasil, foi a grande vencedora do 11º Expovinhos – Salão internacional de Vinhos de Vitória, o maior evento de vinhos do Espírito Santo e um dos maiores do país.
Na seleção TOP Five do evento, na categoria “Espumante”, o rótulo Aurora Procedências Chardonnay foi o primeiro colocado, superando espumantes de outros estilos da Itália, de Portugal e do Brasil. O vinho Aurora Colheita Tardia foi o melhor no TOP Five da categoria “Vinho de Sobremesa”, acima de um vinho do Porto, um Sauterne e outros dois rótulos europeus.
O Expovinhos Vitória reuniu 62 expositores nesta edição, realizada nos dias 22 e 23 de maio, no Centro de Convenções da capital capixaba.

Segundo fim semana do Dia do Vinho Brasileiro tem atrações para todos os gostos (e bolsos)

Até 2 de junho, turistas poderão participar de mais de 700 atividades, em 45 municípios do Sul, Sudeste e Nordeste. As opções contemplam todos os perfis de público e os descontos chegam a 50%

Passeio de barco _ Crédito Dandy Marchetti

VINHOS SOB AS ESTRELAS_ Crédito Julio Soares

Os 10 anos de Dia do Vinho estão sendo brindados pela vasta diversidade de programações e ampliação geográfica dos eventos. Neste ano, além de passar a se chamar oficialmente Dia do Vinho Brasileiro, os números de atividades, empreendimentos, cidades e estados participantes duplicaram. Até o 2 de junho, quando é celebrado, de fato, o Dia do Vinho, os amantes do turismo de experiência poderão desfrutar de mais de 700 programações simultâneas, em 45 municípios de seis estados – Rio Grande do Sul, Bahia e São Paulo e os estreantes Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina.
Com uma ferramenta que permite buscar pelo o que fazer, quando e onde, o site oficial www.diadovinhobrasileiro.com.br é o caminho para quem deseja escolher e planejar o próprio roteiro – entre tantas combinações possíveis.
Para facilitar a vida dos visitantes, um miniguia em anexo traz uma seleção com alguns dos destaques da programação

Degustação_ Crédito Tatiana Cavagnolli

do segundo fim de semana, mas vale lembrar que há opções de atividades em todos os dias, de segunda-feira a domingo, até 2 de junho, no Sul, Sudeste e Nordeste.
As possibilidades se enquadram a todos os perfis de enoturistas. As ofertas vão desde as clássicas visitas guiadas em vinhedos e processos de elaboração de vinhos, espumantes e sucos de uva, passando pelas degustações e workshops temáticos exclusivos, até experiências que encantam pelo contato com a natureza, em meio aos vinhedos, como observação de estrelas, piqueniques, corrida e passeios de trator e até de barco a vapor. Para os amantes da enogastronomia, opções não faltam: têm quermesse, parrillada, peixada, feijoada e até hambúrguer. O anfitrião da festa ganha brilho especial para quem deseja abastecer a adega: os descontos de rótulos brasileiros chegam a 50% em vinícolas, lojas especializadas e supermercados.
Além do site diadovinhobrasileiro.com.br, o evento está nas mídias digitais com os perfis facebook.com/diadovinhobrasileiro, instagram.com/diadovinhobrasileiro e marcado com a hashtag #diadovinhobrasileiro.

 

Sobre o Dia do Vinho Brasileiro
O Dia do Vinho Brasileiro ocorre desde 2010. A celebração é uma realização do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), por meio do projeto Vinhos do Brasil, Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR/RS) e Wine in Moderation, e do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) – Região Uva e Vinho, como resultado do Projeto Eventos Integrados e Integradores – Reinterpretação da Concepção de Evento, fomentado pelo Ministério do Turismo. A lei que instituiu o Dia do Vinho no Rio Grande do Sul no primeiro domingo de junho de cada ano foi promulgada em 12 de dezembro de 2003. O projeto partiu do então deputado estadual Iradir Pietroski.
A série de eventos tem a parceria do Sebrae, por meio do convênio Valorização dos Vinhos Brasileiros, e o apoio das prefeituras municipais de Antônio Prado, Bento Gonçalves, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Guaporé, Jundiaí, Monte Belo do Sul, Nova Pádua, Pinto Bandeira, Rolante, Urussanga, Veranópolis e Vila Flores, além da Associação de Turismo da Serra Nordeste (Atuaserra), Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur), Associação de Viticultores do Paraná (Vinopar), Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin), Associação de Produtores de Vinhos Finos da Campanha Gaúcha, Associação dos Produtores de Vinhos de Pinto Bandeira (Asprovinho), Associação dos Produtores da Uva e do Vinho Goethe de Urussanga (ProGoethe), Associação dos Vitivinicultores do Vale Central Gaúcho (Vinhos do Coração do Rio Grande), Associação Vinho de Altitude (SC), Instituto do Vinho Vale do São Francisco, Rota do Vinho de Jundiaí, Roteiro Caminho das Pipas (RS), Roteiro do Vinho de São Roque (SP), Sindicato da Indústria do Vinho de São Roque (Sindusvinho/SP) e Sindicato da Indústria do Vinho do Estado de Minas Gerais (Sindvinho).

Barrica _ Crédito Dandy Marchetti

 

E-commerce no setor moveleiro: Sindmóveis promove painel dia 23

Google, portal E-commerce Brasil e quatro players do segmento vão falar sobre adequação da indústria e oportunidades no varejo online]

Produtos da categoria Casa & Decoração estão entre os mais vendidos online no Brasil há mais de cinco anos. O setor ocupa a quarta posição em volume de pedidos e a quinta em resultado financeiro de vendas. Ao mesmo tempo, a maioria das indústrias ainda não explora adequadamente esse canal, no que diz respeito à comunicação, manuais, embalagens, estoque e entrega.
O painel “A Sua Indústria no E-commerce do Brasil” é uma oportunidade para o polo moveleiro conhecer mais profundamente a realidade do varejo online nos dias atuais. O evento, promovido pelo Sindmóveis Bento Gonçalves com apoio do Sebrae RS, vai ser dia 23 de maio, a partir das 13h45min, no Centro Empresarial Bento Gonçalves.
Esse painel é aberto a indústrias moveleiras em geral. A ideia é um debate em profusão sobre as oportunidades no segmento, conduzido pelo editor-chefe do portal E-Commerce Brasil, Caio Colagrande. Os panelistas convidados são Fabio Garcia, do Google; Bruno Benini, da Elare; Christina Leite, da Marabraz; Eduardo Colombo, das Lojas Colombo e Wagner de Lara, do portal MadeiraMadeira.

Mais sobre os painelistas
Caio Colagrande, editor-chefe do portal E-Commerce Brasil. Participou como palestrante em duas edições do Ecommerce Week, evento organizado pela UNCTAD em Genebra. Atuou como editor-chefe no portal iG e como repórter no jornal Diário de São Paulo.
Fabio Garcia, do Google. Head of Industry para o Varejo no Google há sete anos, lidera a parceria estratégica e atendimento para alguns dos principais varejistas do país. É formado em Administração de Empresas pela FGV e sua experiência de mercado conta com outras empresas de tecnologia como a Microsoft.
Bruno Benini, da Elare. Formado em Administração de empresas pela UCS, com MBA de Marketing com ênfase em vendas pela FGV, é diretor da Elare.com.br, loja virtual especializada na venda de móveis e decoração, fundada em 2013 em Bento Gonçalves. É o responsável pela operação, estratégia, gestão e marketing da empresa.
Christina Leite, da Marabraz. Atua na área comercial da Marabraz há mais de 15 anos, sendo os últimos 8 em E-commerce. Graduada em Propaganda & Marketing e Design. Com grande experiência em negociação e desenvolvimento de produtos, atualmente lidera as áreas de B2B e Novos Negócios na Blue Group (Marabraz.com / Mappin.com / BlueMarket).
Eduardo Colombo, das Lojas Colombo. Tem MBA Gestão Empresarial pela FGV e especialização internacional em Gestão Estratégica para Dirigentes Empresariais pelo Instituto Europeu de Administração de Empresas. Já foi gerente de Marketing, gerente Nacional de Vendas, gerente de E-commerce e gerente de Serviços das Lojas Colombo. Atualmente, é o Diretor Comercial da empresa.
Wagner de Lara, do portal MadeiraMadeira. Administrador de Empresas com MBA em Gestão de Negócios pela FGV e especialização em Marketing Digital e e-commerce. Iniciou a categoria de móveis na MadeiraMadeira, entre 2014 e 2015. É responsável por uma operação de 100 Mil Sku´s ativos e mais de 120 mil pedidos por mês. Antes da MadeiraMadeira, atuou por cinco anos na Leroy Merlin Home Center como coordenador comercial.

PAINEL :: A SUA INDÚSTRIA NO E-COMMERCE DO BRASIL
Data: 23 de maio, quintra-feira
Horário: 13h45min – recepção/ 14h às 16h30min – painel
Local: Centro Empresarial Bento Gonçalves. Rua Avelino Luiz Zat, 95. Bairro Fenavinho. Bento Gonçalves / RS
Investimento:
Associados Sindmóveis, Projeto Orchestra Brasil, Projeto Raiz e expositores Movelsul 2020 – R$ 100,00 (valor para os associados com mensalidade em dia)
Não associados – R$ 150,00
Inscrições pelo link: www.sindmoveis.com.br/programa

Dia do Vinho Brasileiro segue com intensa programação

Espumante_Créditos da foto Alexandra Ungaratto

A programação do Dia do Vinho Brasileiro que iniciou na sexta-feira, dia 17 de maio e segue até o dia 2 de junho continua intensa para os apaixonados pelo mundo do vinho e por todo o universo que o cerca, incluindo farta gastronomia, passeios por vinícolas e roteiros turísticos. A edição deste ano celebra os 10 anos do Dia do Vinho e ganhou status nacional por englobar os estados de Santa Catarina, Paraná e Minas Gerais, que se juntam aos já participantes Rio Grande do Sul, São Paulo e Bahia. Em Garibaldi, atrações são organizadas pela Secretaria de Turismo e Cultura e por empresas ligadas ao setor.
Quem visitar Garibaldi além de descontos nas vinícolas, degustações harmonizadas, poderá desfrutar da farta gastronomia no 33º Festival Colonial Italiano, que ocorre neste final de semana, 25 e 26 de maio. A programação completa pode ser conferida abaixo e no site: www.diadovinhobrasileiro.com.br/.
No dia 31 de maio, haverá programação especial com um tour por Garibaldi, visitando alguns atrativos turísticos, ganhando destaque a gastronomia, o espumante e centro histórico. O evento Sabor e contemplação na Capital do Espumante inicia às 17h30min, no Hotel Casacurta e após se desloca até a Cooperativa Vinícola Garibaldi com a experiência Taça e Trufa, seguido de um tour guiado de Tim Tim pelo centro histórico da cidade e finaliza com um belo e inesquecível jantar com quatro pratos harmonizados, com Prosecco, vinho branco, vinho tinto e espumante Moscatel, na Hostaria Casacurta. Os ingressos são comercializados por R$220,00, já estão à venda e podem ser adquiridos no site www.sympla.com.br/dia-do-vinho—tim-tim__527943.

Sobre o Dia do Vinho
A lei que instituiu o Dia do Vinho no Rio Grande do Sul no primeiro domingo de junho de cada ano foi promulgada em 12 de dezembro de 2003. O evento Dia do Vinho Brasileiro ocorre desde 2010. A celebração é uma realização do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), por meio do projeto Vinhos do Brasil, Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR/RS) e Wine in Moderation, e do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) – Região Uva e Vinho, como resultado do Projeto Eventos Integrados e Integradores – reinterpretação da concepção de evento, fomentado pelo Ministério do Turismo.
O Dia do Vinho do Brasileiro 2019 tem a parceria do Sebrae, por meio do convênio Valorização dos Vinhos Brasileiros, e o apoio das prefeituras municipais de Garibaldi, Antônio Prado, Bento Gonçalves, Farroupilha, Flores da Cunha, Guaporé, Jundiaí, Monte Belo do Sul, Nova Pádua, Pinto Bandeira, Rolante, Urussanga, Veranópolis e Vila Flores, além da Associação de Turismo da Serra Nordeste (Atuaserra), Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur), Associação de Viticultores do Paraná (Vinopar), Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin), Associação de Produtores de Vinhos  Finos da Campanha Gaúcha, Associação dos Produtores de Vinhos de Pinto Bandeira (Asprovinho), Associação dos Produtores da Uva e do Vinho Goethe de Urussanga (ProGoethe), Associação dos Vitivinicultores do Vale Central Gaúcho (Vinhos do Coração do Rio Grande), Associação Vinho de Altitude (SC), Instituto do Vinho Vale do São Francisco, Rota do Vinho de Jundiaí, Roteiro Caminho das Pipas (RS), Roteiro do Vinho de São Roque (SP), Sindicato da Indústria do Vinho de São Roque (Sindusvinho/SP) e Sindicato da Indústria do Vinho do Estado de Minas Gerais (Sindvinho).

Dia do Vinho – Garibaldi
De 17/05 a 02/06/2019
Ação promocional – Desconto de 50% nos seguintes vinhos: Vinho Chalet du Clermont Merlot, Vinho Chalet du Clermont Cabernet Sauvignon e vinho Granja União Tannat
Promoção: Cooperativa Vinícola Garibaldi

De 17/05 a 02/06/2019
Especial Rosés Peterlongo – Ação promocional 30% off na compra de caixa fechada das linhas participantes da promoção. Linha Terras Rosé e Presence Rosés (Brut ou Moscatel) – na compra de duas garrafas 20% e na caixa fechada 30%.
Especial Presence Frisante Peterlongo – Ação promocional 34% off em cada garrafa
Promoção: Vinícola Peterlongo

De 17/05 a 02/06/2019
Taça e Trufa – Degustação de espumantes, vinhos e trufas de chocolate artesanal
Promoção: Cooperativa Vinícola Garibaldi

De 17/05 a 02/06/2019
Desperte seus sentidos – Degustação de vinhos e espumantes às cegas, dentro de uma pipa de vinho de 100 mil litros
Promoção: Cooperativa Vinícola Garibaldi

De 17/05 a 02/06/2019
Tour Armando Peterlongo – Visita guiada ao museu histórico, tanques de envelhecimento de tintos, caves e degustação
Promoção: Vinícola Peterlongo

De 17/05 a 02/06/2019
Degustação Harmonizada Peterlongo – Menu harmonizado e assinado pela Chef Catherine Tedesco
Promoção: Vinícola Peterlongo

25 e 26 de maio
Festival Colonial Italiano – 33ª edição
Dia 25 a partir das 19 horas e dia 26 a partir das 11 horas – Parque da Fenachamp
Promoção: Secretaria de Turismo e Cultura e Associação de Veteranos de Garibaldi (AVG)

31 de maio
Sabor e contemplação na Capital do Espumante – Experiência Taça e Trufa na Cooperativa Vinícola Garibaldi + Passeio de Tim Tim + Jantar harmonizado na Hostaria Casacurta
Das 17h30min às 22h
Promoção: Cooperativa Vinícola Garibaldi, Associação dos Condutores de Garibaldi e Hostaria Casacurta

ABS-RS abre inscrições para décima turma do Curso Profissional de Sommelier

Que tal mergulhar no mundo de Baco em um curso que oferece aulas dentro de vinícolas e que proporciona experiências além do próprio aprendizado? Essa é a proposta do tradicional Curso Profissional de Sommelier promovido pela secção gaúcha da Associação Brasileira de Sommeliers (ABS-RS) e que está com inscrições abertas para a décima turma de 2019.
Com aulas ministradas pelos mais experientes profissionais do ramo no Brasil, o curso traz um abrangente conhecimento sobre vinhos do mundo todo. “Não há pré-requisito ou conhecimento básico para fazer o curso, apenas a vontade de aprender”, afirma o presidente da ABS-RS, Orestes de Andrade Jr. Além disso, o diploma, emitido em parceria com a ABS-SP, conta com a chancela da ASI (Association de la Sommellerie Internationale), sendo válido em todo o território nacional.
Ao todo, os participantes terão que passar por sete módulos (112 horas), entre os meses de junho e dezembro. Serão sempre três aulas por mês (sextas à noite, sábados e domingos), que serão realizadas em tradicionais vinícolas gaúchas, tais como Aurora, Miolo e Valduga. O último módulo será ministrado no SPA do Vinho.
Nas aulas, serão repassados os mais importantes conhecimentos do mundo do vinho, passando por noções básicas de degustação, harmonizações, vitivinicultura, além de estratégias de consumo e de comunicação com os clientes. Além disso, os alunos terão a oportunidade de participar da programação nas vinícolas parceiras, permitindo uma experiência única entre conhecimento e prática.
O programa conta ainda com degustação de vinhos de diferentes países e regiões em todas as aulas. “É uma oportunidade exclusiva, com professores renomados e um conteúdo abrangente, de mergulhar no mundo do vinho e fazer disso uma profissão ou adquirir conhecimento para qualificar o consumo pessoal desta bebida sagrada”, observa Orestes de Andrade Jr. O curso, consolidado na Serra Gaúcha, já formou mais de 350 profissionais e, devido à alta procura, o presidente alerta para a importância de as inscrições serem feitas com antecedência. “As vagas são limitadas e atraem pessoas de todas as regiões do país”, afirma.

O sommelier
O sommelier é o responsável pela escolha, compra, recebimento, guarda e prova do vinho antes que o mesmo seja servido ao cliente. A profissão foi regulamentada no Brasil através da Lei 12.467, de 26 de agosto de 2011, reconhecendo a importância desse profissional no setor de alimentos e bebidas.

SERVIÇO
Curso Profissional de Sommelier
Dias – 7 a 9 de junho, na Vinícola Aurora; 5 a 7 de julho, em vinícola a confirmar; 2 a 4 de agosto, Miolo; 6 a 8 de setembro, em vinícola a confirmar; 25 a 27 de outubro, na Casa Valduga; 22 a 24 de novembro, em vinícola a confirmar; e de 13 a 15 de dezembro, no SPA do Vinho.
Investimento – R$ 5.740,00 para associados e R$ 5.980,00 para não associados da ABS-RS.
Informações – contato@absrs.com.br, www.absrs.com.br ou (54) 999720130.

Boneco-símbolo da Fenavinho, Tasta Vin ressurge para divulgar a festa

Um boneco do deus Baco fanfarrão, bonachão e, claro, provador de vinho, tem sido uma das estrelas da retomada da Festa Nacional do Vinho. Figura recorrente nos pré-eventos da Fenavinho, o Tasta Vin ocupa lugar cativo na equipe de divulgação e animação do encontro que volta a movimentar Bento Gonçalves entre os dias 13 e 23 de junho, de forma integrada a ExpoBento, depois de oito anos de ausência do calendário de eventos da cidade.
O boneco, hoje símbolo da festa, apareceu pela primeira vez na Fenavinho de 1991 – uma das três edições presididas por Jovino Nolasco (in memorian), que realizou o evento de forma anual entre 1990 e 1992. Sua origem atendia a intenção de criar um ícone definitivo para a festa. “Foi um marco para a história da Fenavinho”, lembra o advogado Adroaldo Dal Mass, membro daquela diretoria.
Realmente, a concepção do boneco causou comoção na cidade, resgatando aquele que talvez seja seu maior legado e fator central na construção da emblemática primeira edição, em 1967: o envolvimento comunitário. O projeto Fenavinho Criança, lançado com o intuito de preservar as raízes da Fenavinho, teve como ponto alto um concurso envolvendo 12 mil estudantes da cidade para nominar aquele que viria a ser o símbolo da festa.
O vencedor foi o estudante Marciano Menegotto, à época aluno do Colégio Estadual de 1º Grau Angelo Salton, de Tuiuty. Hoje produtor de uvas, Menegotto escolheu o nome Tasta Vin – “provador de vinho” – para batizar o recém-criado boneco. “Lembrei do meu avô, que falava isso quando ia ao porão para provar vinho e resolvi sugerir esse nome, tasta vin”, diz o agricultor, 40 anos. “Fiquei muito feliz quando soube, porque não imaginava vencer um concurso com tantos participantes”.
Frequentador da Fenavinho, Menegotto exalta o retorno da festa – e também do boneco. “Ele estava meio sumido, que bom que reapareceu”, comenta o agricultor, dizendo que a festa precisa do apoio de todos. “Precisa mais ajuda, mais incentivo, mais cantinas para divulgar o produto, o município, o consumo de vinho, daí teremos futuro”, opina.
Os traços do boneco foram criados pelo desenhista gaúcho Otto Guerra – nome referencial na animação brasileira, reconhecido por trabalhos tanto para o mercado publicitário quanto para o cinema, dirigindo filmes como “Até que a Sbórnia nos Separe” –, a partir da estilização do deus Baco com os traços de um italiano alegre.
Otto fez parte, também, da produção do antológico VT publicitário para a festa de 1991. “Foi um trabalho custoso”, lembra o desenhista, sobre as condições rudimentares de trabalho, se comparadas aos dias de hoje. “Fizemos o desenho do Baco, a animação toda e a trucagem de aplicar em filme da imagem real, em 35mm. Não tinha ainda computador disponível para isso. Foram dois comerciais, para a Fenavinho 1991 e depois fizemos uma nova versão para a de 1992. Foi um sucesso à época”, recorda o desenhista sobre o comercial gravado na Aurora 2, antiga Dreher, no qual o Tasta Vin em desenho interagia com pessoas.
A propaganda foi bem recebida não apenas pelo público. Também alcançou sucesso de crítica, sendo premiada num concurso internacional em Foz do Iguaçu (PR) e tendo seu jingle escolhido como o melhor no mesmo concurso.
Quem quiser conferir de perto a animação do Tasta Vin pode se programar para visitar a 16ª Fenavinho, que ocorre de 13 a 23 de junho, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves, juntamente com a ExpoBento, maior feira multissetorial do país. Ali será possível adquirir, também, uma inédita miniatura do personagem, como souvenir do símbolo ícone da Festa Nacional do Vinho.

Cooperativa Vinícola Garibaldi traz medalhas do México

Amostras da vinícola gaúcha representaram a qualidade do terroir da Serra

 

Com sombrero e taça na mão, a Cooperativa Vinícola Garibaldi desembarca do México comemorando mais conquistas para seu quadro de premiações. Desta vez, as honrarias vêm do XXVII Concurso Internacional Ensenada Tierra del Vino, realizado nos dias 17 e 18 de maio, na Escola de Gastronomia e Enologia da Universidad Autónoma de Baja California (UABC). Representando o terroir da Serra gaúcha, os espumantes Garibaldi Moscatel e Garibaldi Prosecco foram as únicas amostras brasileiras premiadas na avaliação – recebendo, respectivamente, medalhas de Ouro e Prata.
O enólogo da Cooperativa Vinícola Garibaldi, Ricardo Morari, participou do concurso como avaliador e ressalta o bom desempenho da marca perante amostras oriundas de diversos países. “Apenas três espumantes foram premiados na avaliação, sendo dois deles da Cooperativa Garibaldi. Para nós, essas premiações oferecem destaque mundial, com especialistas interessados em nossos produtos. Ganhamos, portanto, mais uma oportunidade de nos aproximarmos dos mercados na América do Norte”, resume.
Organizado pela UABC, o concurso reúne produtos vinícolas que passam pela avaliação de júri especializado, bu

Ricardo Morari – foto Exata Comunicação

scando reconhecer amostras que se destacam com base em definições do código Internacional de práticas enológicas. Assim, a Cooperativa Vinícola Garibaldi contribui para outro objetivo do Ensenada Tierra del Vino: promover e difundir a cultura do vinho com uma visão global. “Esse é o único concurso do mundo totalmente organizado por uma universidade e há dois anos conta com patronagem da OIV [Organização Internacional da Vinha e do Vinho]. Destaque para o sistema de avaliação automatizado praticamente instantâneo”, comenta Morari.

Sobre a Cooperativa Vinícola Garibaldi
A história da Cooperativa Vinícola Garibaldi começou a ser escrita em 1931, pela união de diversas famílias de agricultores como alternativa para vencer as dificuldades econômicas do país na época. Atualmente, são 400 famílias associadas, localizadas em 15 municípios da Serra gaúcha. Seu portfólio tem 65 produtos distribuídos em 12 marcas, entre espumantes, vinhos tintos e brancos, linhas de exportação, frisantes, filtrados e sucos de uva – além de opções orgânicas e biodinâmicas.

Vinícola Aurora ganha, pelo 4º ano seguido, o Prêmio Exportação RS e já registra 27% de aumento nas exportações neste primeiro semestre

Foto: Cooperativa Vinícola Aurora Roali Majola.jpg

Foto: Divulgação

Na 47ª. edição do Prêmio Exportação RS, promovido pela ADVB-RS com apoio de 17 entidades, Aurora é a única vinícola premiada por 4 anos consecutivos e se consolida como o grande Destaque Setorial em bebidas pelo seu desempenho em exportações, com foco na diversidade de mercados e em vinhos finos e suco de uva integral.
A Vinícola Aurora, maior e mais premiada vinícola do Brasil, recebe o Prêmio Exportação RS pelo quarto ano consecutivo, como Destaque Setorial na categoria Bebidas, e se consolida como um dos grandes cases de exportação de vinhos finos e suco de uva integral na história de 47 anos dessa premiação. É a única vinícola a receber esse prêmio por 4 anos consecutivos.

“Ficamos muito honrados com mais essa importante premiação que há 4 anos reconhece nosso crescente desempenho no mercado externo, afirma Itacir Pedro Pozza, presidente da Vinícola Aurora.
O anúncio oficial foi feito no último dia 14 em Porto Alegre, pelo CEO do Prêmio e vice-presidente de Comércio internacional da ADVB-RS, Edmilson Milan. Os prêmios serão entregues às empresas no próximo dia 6 de junho.
“Focamos na diversificação de mercados e registramos crescimento das vendas externas de nossos vinhos finos e espumantes e do suco de uva integral, produto brasileiro sem similar no mundo”, afirma Rosana Pasini, gerente de Exportação e Importação da Vinícola Aurora, destacando que vinhos de mesa e coolers também estão na sua pauta de exportações. A curva de crescimento segue em 2019: de janeiro a junho deste ano, o faturamento de exportações da empresa terá atingido um crescimento de 27% em relação ao igual período do ano passado e de 183% sobre os seis primeiros meses de 2017.

Suco de uva integral
“Estamos lançando nosso suco de uva integral em Portugal, país com história secular na elaboração de vinhos”, conta Rosana. De janeiro a junho, a Aurora terá exportado 134 mil garrafas de suco de uva integral, para oito países: Curaçao, África do Sul, Argentina, Estados Unidos, Paraguai, Canadá e China, além de Portugal. No mesmo período de 2018, esse volume foi de 28.248 garrafas. No início deste mês, a empresa lançou o suco Casa de Bento Orgânico nos EUA.

5 importadores na China
Até o fim de junho, a Vinícola Aurora terá 4 novos clientes na China, um deles importando pela primeira vez o suco de uva e os demais, vinho tinto. Assim, a Vinícola Aurora passa a ter um total de 5 importadores naquele país.
No dia 30 de abril, embarcou 2 contêineres (42.300 garrafas) de vinhos para um dos novos importadores, no norte da China, e acaba de embarcar outras 15 mil garrafas de vinhos para o novo importador no sul do país. Até o fim de junho, novo embarque seguirá para o mercado chinês para outro novo importador, na cidade de Changsha. O tradicional cliente da Aurora, em Shangai, segue importando os espumantes da marca Brazilian Soul.
A Ásia é o continente que mais importa vinhos e espumantes da Vinícola Aurora, respondendo por 32,35% do volume. Em segundo está a América do Sul, com 29,52% do total exportado, seguida de Europa (18,58%) e América do Norte (12,32%). América Central e África respondem por 4,01% e 3,04% das exportações da vinícola, respectivamente.