Avaliação da ‘Safra das Safras’ será em novembro

ABE muda data da maior degustação de vinhos de uma safra do mundo em razão do Coronavírus

Fotos: Jeferson Soldi

Inspirados pela ‘Safra das Safras’, enólogos de todo o Brasil estão desafiados a fazerem o melhor vinho de suas vidas. Isso porque a Safra 2020 apresentou um comportamento climático que, aliado às condições técnicas atuais, foi determinante para considerar esta safra a melhor de todos os tempos. O resultado será apresentado na Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2020, no dia 7 de novembro, em razão da pandemia do Coronavírus.
O presidente da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Daniel Salvador, explica que com uma safra histórica como esta é impossível deixar de realizar o evento, mesmo que ele precise sofrer alterações como a redução no número de pessoas, por exemplo. “Temos um bom tempo até novembro e saberemos estudar o melhor formato e adotar todas as medidas de segurança necessárias para garantir o sucesso do evento e, principalmente, a prevenção da saúde de todos os participantes”, assegura.
Esta é a primeira vez que o evento será realizado em novembro. A primeira edição, em 1993, aconteceu durante o mês de julho e a edição de 1997, em outubro. Todas as demais sempre ocorreram em setembro, tornando-se tradicional no Calendário de Eventos do setor sempre no último sábado desse mês.
A 28ª edição do evento segue sendo realizada no Parque de Eventos de Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, onde serão apresentados os 30% mais representativos da Safra 2020, e degustadas as 16 amostras selecionadas neste grupo.

Don Giovanni  

Foto: Divulgação

A vinícola Don Giovanni, em Pinto Bandeira, está retornando, às atividades de seu complexo enogastronômico. A retomada inclui a pousada DG, o restaurante e o varejo de vinhos do local. A Don Giovanni e seus colaboradores estão seguindo as normas necessárias para realizar os atendimentos. Na pousada, a hospedagem é realizada somente com reserva e com número de hóspedes e visitantes limitados, conforme a capacidade de cada local.

Cooperativa Vinícola Garibaldi registra aumento na venda de vinhos durante a pandemia

Cooperativa Vinícola Garibaldi registra aumento na venda de vinhos durante pandemia – crédito Augusto Tomasi, Vagão Filmes

Os novos comportamentos de consumo ocasionados pela pandemia do coronavírus modificaram mais do que a forma de comprar. Em alguns segmentos, até a preferência por produtos foi alterada. É o caso da Cooperativa Vinícola Garibaldi, que viu sua linha de vinhos finos e de mesa crescer na casa dos 30% em vendas nos meses de março a maio, em detrimento aos espumantes, tradicionais carro-chefe da marca. Tecnicamente, existe uma explicação. “A pandemia brecou a realização de eventos, impedindo encontros desde aniversários e casamentos a congressos e feiras, onde o consumo de espumantes é significativo. Em paralelo, a bebida escolhida para acompanhar esse período em que as pessoas ficam mais tempo em casa foi o vinho, especialmente porque harmoniza facilmente com mais tipos de comida e tem um apelo intimista para o consumo”, reforça o presidente da cooperativa, Oscar Ló.
Mesmo quando se inclui os meses de janeiro e fevereiro, o vinho permanece na dianteira de vendas em 2020. Nos cinco primeiros meses do ano, a Cooperativa Vinícola Garibaldi acumula vendas 21,5% superiores às do mesmo período do ano passado.
Na esteira das mudanças que acompanham a pandemia está, também, o aumento da procura pelos produtos da marca nos canais online, plataforma que há mais de 10 anos se constitui como opção extra de acesso para o consumidor. No caso da Cooperativa, essa modalidade de comercialização é vinculada a parceiros de e-commerce – e registrou crescimento de cerca de 15% entre março e maio. “E estimamos que seja um número ainda maior”, pondera Ló.
As plataformas digitais, aliás, ganharam importância extra desde março, quando os primeiros casos de covid-19 começaram a surgir na Serra gaúcha. Muitos conteúdos foram criados nesses canais para consumidores, clientes e equipes de venda, que vêm surtindo resultado na comercialização. Um exemplo é o novo blog da marca, hospedado no site www.vinicolagaribaldi.com.br, e ações voltadas ao Instagram e Facebook. Outra ação, com viés turístico, foi externar kits, combos e experiências antes somente possíveis na vinícola, como o Taça&Trufa. Agora, com a compra de um kit específico, a harmonização de espumantes com trufas artesanais pode ser feita em casa, com a ajuda de uma vídeoaula especialmente desenvolvida para aproveitar ao máximo a experiência.
A pandemia também forçou a Cooperativa a rever seu planejamento estratégico. Embora parte dos investimentos previstos em estrutura física, equipamentos e melhorias de processo tenha sido postergada para 2021, a vinícola espera crescer em faturamento na casa de 8,5%, saltando de R$ 175 milhões para R$ 190 milhões.

Ação solidária arrecada mais de 23 toneladas de alimentos em Bento Gonçalves

Cestas básicas ocuparão bancos do Santuário Santo Antônio nas missas de Corpus Christi, dia 11, e também em honra ao padroeiro do município, dia 13

A força da solidariedade da comunidade bento-gonçalvense ganhou expressão física – e representatividade incontestável – pelos resultados da campanha ‘Alimente a vida’: mais de 23 toneladas de alimentos foram arrecadadas e serão distribuídas às famílias cadastradas no projeto ‘Pão dos Pobres’, da Paróquia Santo Antônio.
A ação benemérita iniciou dia 02 de junho, com o objetivo de arrecadar 400 cestas básicas. Brevemente alcançada, a meta foi estendida para 600, depois 800 unidades – e ultrapassou o total de mil kits provenientes dos donativos coletados até o dia 10 deste mês. Todas elas estão dispostas nos bancos do Santuário Santo Antônio, ocupando o lugar dos fieis que, por conta das restrições impostas pela pandemia da covid-19, não poderão acompanhar presencialmente as missas do dia de Corpus Christi (11) e também da programação da 142ª Festa de Santo Antônio (13).
“É emocionante encontrarmos o Santuário Santo Antônio tomado por essa grandiosa demonstração de generosidade e solidariedade, pela preocupação com o outro e pela disposição das pessoas em ajudarem a quem precisa. Estamos verdadeiramente agradecidos a todos aqueles que colaboraram com essa campanha”, comenta o Pároco da Paróquia Santo Antônio, Padre Ricardo Fontana.
A campanha ‘Alimente a vida’ é uma iniciativa da Rádio Difusora 890 AM, em parceria com a Paróquia Santo Antônio, e contou com o apoio da rede Apolo de Supermercados, que doou 200 cestas básicas; da empresa Sucos Menoncin, que disponibilizou duas mil garrafas de suco de uva para compor os kits, e da Farmácia Flor Essência, que recebeu as doações em dinheiro feitas pela comunidade e, posteriormente, convertidas na compra das cestas básicas. Os donativos financeiros para essa finalidade também foram recebidos pela Rádio Difusora e pela Paróquia Santo Antônio.

Crédito das imagens: Viviane Somacal

Menina de 5 anos corta cabelo para ajudar crianças doentes

Luiza Ferrari Alves de quatro anos Foto: Aline Ferrari

Aline e Camilo Ferrari foram surpreendidos com uma decisão da filha Luiza Ferrari Alves de quatro anos. A menina pediu para cortar mais de 30 centímetros do próprio cabelo para ajudar crianças com câncer de Bento Gonçalves.
Nesta quarta-feira, 10, a menina foi ao salão e, agora, os cabelos não ultrapassam os ombros da menina. “Ela está adorando, se achando linda. Luiza quis cortar os cabelos antes de completar cinco anos, no próximo dia 22, como gesto de solidariedade e ajudar o próximo” disse a mãe.

Sicredi Serrana finaliza revitalização de suas agências em Bento Gonçalves

Agência Bento São Roque, a terceira no município, está de casa nova e em novo endereço

Para fortalecer ainda mais a relação entre os associados e a cooperativa, fomentar o modelo de relacionamento baseado no interesse verdadeiro e garantir um atendimento mais próximo, simples e ágil, a Sicredi Serrana entregou para a comunidade de Bento Gonçalves, na segunda-feira (01.06), a sua terceira agência revitalizada: a Bento São Roque, que agora está em novo endereço: Avenida São Roque, 477, bairro Universitário. As outras duas agências no
município, que adotaram o novo padrão de ambientação e sinalização visual da marca em
2019, localizam-se no Centro e na Cidade Alta.
Em razão da pandemia, não houve evento de inauguração, a fim de evitar a aglomeração de pessoas e priorizar a saúde dos colaboradores e associados. “Quando tudo isso passar, queremos receber todos os nossos associados na nova casa, mostrar cada ambiente e fazer com que eles se sintam ainda mais acolhidos e bem-vindos. Será um prazer tê-los aqui, tomando um café conosco”, afirma a Gerente da agência, Deise Vanzela Ticiani.
A agência Bento São Roque conta com Espaço Digital, Espaço Kids e privacidade nos ambientes de atendimento. Também, duas salas de coworking – espaço utilizado para reuniões e momentos de interação, que serão disponibilizadas para associados e comunidade.

Sobre o Sicredi
O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4,5 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.900 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros
(www.sicredi.com.br).

Vinho por um ano inteiro

Para concorrer basta postar um vídeo contando como começou sua paixão pelo vinho brasileiro com a #euamovinhobrasileiro. Serão 12 caixas de vinhos de todo o país

O vinho brasileiro tem muita história para contar. E para celebrar o Dia do Vinho Brasileiro, comemorado no domingo, 7 de junho, o setor vitivinícola brasileiro quer conhecer histórias de pessoas que se apaixonaram pelos vinhos do Brasil. O estímulo para que os apreciadores compartilhem suas memórias é o sorteio de vinho por um ano inteiro. Isso mesmo. O grande sortudo vai receber em casa uma caixa de vinho com seis garrafas por 12 meses, ou seja, 72 rótulos, contemplando a diversidade de terroirs do país, única no mundo.
A ação foi lançada oficialmente no domingo, dia 07, às 18h, em uma live no canal Vinhos de Bicicleta, no youtube, com a participação da sommelier argentina Cecília Aldaz, apresentadora do programa ‘Um Brinde ao Vinho’ do Mais Globosat; do chef, empresário e apresentador francês Olivier Anquier e do sommelier brasileiro Rodrigo Ferraz. O encontro, marcado por muitas histórias emocionantes, inusitadas e até engraçadas, foi acompanhado por 3.164 pessoas de diversas regiões brasileiras, até do exterior.
Agora, quem quiser incrementar sua adega e conhecer e degustar esta diversidade de terroirs que só o Brasil tem no mundo precisa postar um vídeo de no máximo 1 minuto em seu perfil no Instagram com a #euamovinhobrasileiro e seguir o Insta @associacaobrasileiradeenologia. A ação é válida de 7 de junho a 5 de julho. O sorteio será via app e o resultado será divulgado no dia 5 de julho nas redes sociais da Associação Brasileira de Enologia. O Brasil possui 26 regiões produtoras de vinhos em 10 estados brasileiros (BA, ES, GO, MT, MG, PR, PE, RS, SC e SP). Os 72 rótulos contemplarão toda esta diversidade de estilos com vinhos e espumantes em diversas categorias. Muitos deles exibirão medalhas conquistadas e reconhecidas pela sua qualidade. Até o final de 2019, os vinhos e espumantes brasileiros já haviam arrematado mais de 4.500 premiações em concursos internacionais realizados no mundo todo.
O sorteio também contemplará outras quatro pessoas que ganharão um ingresso para participar da Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2020 –, podendo degustar a representatividade da Safra das Safras no grande momento do vinho brasileiro que acontecerá dia 7 de novembro, em Bento Gonçalves. Esta é a maior degustação de vinhos de uma safra do mundo.
Junto com a ABE, também participam da ação a Agavi, Comissão Interestadual da Uva, Fecovinho, Fenavinho, Ibravin – Vinhos do Brasil, Sindinho RS e Uvibra, que convidam as vinícolas, confrarias, enólogos, sommeliers e apreciadores em geral a compartilhar a campanha em suas redes sociais. A ação foi desenvolvida pela Agência Gringa e Conceitocom Brasil.

REGIÕES PRODUTORAS DE VINHO NO BRASIL
RIO GRANDE DO SUL
Alto Uruguai
Campanha
Campos de Cima da Serra
Depressão Central
Encosta do Sudeste
Encosta Inferior do Nordeste
Missões
Planalto Médio
Serra Gaúcha
Serra do Sudeste

SANTA CATARINA
Litoral Sul Catarinense
Planalto Catarinense
Vale do Rio do Peixe
Vale do Rio Tijucas

PARANÁ
Região da Grande Curitiba
Região de Maringá

SÃO PAULO
Região de Jundiaí
Região de São Roque

MINAS GERAIS
Cerrado Mineiro
Região Sul – Sudoeste de Minas
Vale do Alto São Francisco

ESPÍRITO SANTO
Região Serrana

MATO GROSSO
Região de Nova Mutum

GOIÁS
Centro-Sul Goiano

BAHIA
Região de Petrolina e Juazeiro

PERNAMBUCO
Região de Petrolina e Juazeiro

Empresa Zegla realiza doação de álcool gel

Oproduto foi entregue pelos empresários Arthur Stringhini e Antônio Carlos Stringhini, para o Prefeito Municipal Hadair Ferrari.   Foto: Divulgação

A empresa Zegla Indústria de Máquinas para Bebidas de Bento Gonçalves, realizou a doação de 240 garrafas de álcool gel para a UBS do Município de Pinto Bandeira, no dia 26 de maio.  O produto foi entregue pelos empresários Arthur Stringhini e Antônio Carlos Stringhini, para o Prefeito Municipal Hadair Ferrari.

Vinícola Aurora amplia em 71,7% exportações para Ásia

Resultado de embarques de 114,3 mil garrafas para o continente ilustra a retomada dos negócios com os primeiros países atingidos pelo coronavírus. Em valor, o crescimento foi ainda maior, de 133,7%, de janeiro a maio

Preço médio por litro vendido de produtos vinícolas aumentou quase 30%, com maior crescimento nas comercializações de suco de uva. Crédito: André Majola

Primeiro continente a ser atingido pela então pandemia do coronavírus, a Ásia começa a dar sinais de retomada do dia a dia e também nos negócios. Prova disso é a exportação de 114,3 mil garrafas da Vinícola Aurora para China, Hong Kong e Japão, de janeiro a maio deste ano, um aumento de 71,7% em relação ao mesmo período de 2019. Grande parte deste volume foi exportado em abril e maio, com a abertura gradual dos mercados asiáticos. Em valor, o resultado dos primeiros cinco meses é ainda mais expressivo, com um incremento de 133,7% nos embarques de vinhos, sucos e espumantes. Entre os destinos, destaque para a China, com 77,8 mil garrafas.
A gerente de Exportação e Importação da Vinícola Aurora, Rosana Pasini, credita o bom resultado ao trabalho continuo que vem sendo realizado junto a novos importadores dos países asiáticos.
“Ampliamos a parceria com os atuais importadores e abrimos novos mercados com mais sete novos clientes em 2019 e outros três neste ano. É um trabalho de expansão que foi intensificado nos últimos dois anos e agora, com a retomada dos negócios com a Ásia, estamos embarcando esses produtos, em especial vinhos tranquilos e sucos de uva”, explica.
A executiva dá ênfase ao aumento de quase 30% no valor médio por litro vendido, destacando a ampliação da venda de suco de uva, tanto na versão da bebida gaseificada, lançada no ano passado, como o integral.
“Também é importante observar que a Aurora está adotando todos os cuidados possíveis, em todas as etapas de elaboração, envase até o embarque. Esses cuidados são fundamentais nesta reabertura de negócios para o Exterior”, reforça.
Apesar das incertezas do mercado para o segundo semestre, Rosana projeta um resultado de crescimento em relação ao ano passado, em razão de novos contratos com importadores de novos destinos e ampliação das vendas para uma grande rede de varejo da Europa.
“Fechamos negócios com um importador na Bolívia e com uma das maiores redes de supermercados da Europa, com embarques que começarão ainda no primeiro semestre de 2020”, antecipa.
As projeções de crescimento para o ano ocorrem mesmo com adiamento de algumas das principais feiras do setor no mundo, como a ProWein, na Alemanha, remarcada para março de 2021, e outros eventos de vinho que deveriam ocorrer no primeiro semestre. Rosana explica que o adiamento das feiras pode causar uma diminuição no consumo dos produtos e na dificuldade de ampliar contatos com compradores internacionais.
“Estas feiras são uma excelente oportunidade para encontrar todos os clientes da empresa, além da abertura de novos mercados. Neste ano, estamos tratando de manter os clientes através de conferências online e trabalhando com nossos brand embassadors (embaixadores da marca) nos países de destino”, informa Rosana.
FOTO

Parques Nacionais reabrem a partir de quarta-feira em Cambará do Sul

Visitação com 40% do público, distanciamento e uso de máscaras estão entre medidas previstas para funcionamento dos pontos turísticos

Foto: Agência Cambará Tours / Divulgação

Considerados um dos principais roteiros turísticos da Serra, os parques nacionais de Aparados da Serra e da Serra Geral, em Cambará do Sul, reabrem para visitação do público a partir desta quarta-feira (10). A reabertura foi autorizada em portaria publicada pelo Ministério do Meio Ambiente/Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade nesta terça-feira (9). Apesar da visitação já estar liberada, a orientação repassada ao setor de turismo é que as visitas sejam retomadas somente na quarta, já que é preciso montar escalas de funcionários, receber os equipamentos de proteção individual e se preparar para atender os turistas novamente. Os cânions naturais, que atraem milhares de turistas todos os anos, foram fechados em 22 de março como medida de prevenção para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus.
As visitas devem ocorrer de forma gradual e monitorada, mediante cumprimento dos protocolos de segurança sanitária – a portaria que permite a reabertura estabelece uma série de medidas para que os parques voltem a funcionar. Dentre elas, a determinação que a visitação ocorra com 40% de público e somente em áreas externas. Também deverá ser respeitado o distanciamento mínimo entre os visitantes, uso de equipamentos de proteção individual (EPI), higienização constante das mãos (antes e depois das atividades), entre outras.
As agências de turismo também ficam responsáveis por uma ficha sanitária que deve ser preenchida por todo visitante que chegar a Cambará do Sul. Os dados são encaminhados à secretaria municipal da Saúde, que irá monitorar o estado de saúde dos visitantes e seguir traçando medidas sanitárias de prevenção ao coronavírus.

CONFIRA AS MEDIDAS ESTABELECIDAS NA PORTARIA
Uso obrigatório de máscara de proteção facial, ainda que artesanal, durante todo o período que estiver no interior do parque;
– Disponibilizar álcool gel 70% ou produto de higienização para as mãos nas estruturas abertas à visitação e nos transportes terrestres e aquaviários, por meio dos operadores e prestadores de serviços;
– Para os atrativos que constituem a obrigatoriedade de uso de algum equipamento de proteção individual (EPI), estes não poderão ser compartilhados sem antes proceder a higienização e desinfecção dos equipamentos;
– Manter ambientes bem ventilados, com janelas e portas abertas, sempre que possível;
– Promover com frequência a limpeza e desinfecção dos ambientes, pisos, corrimãos, lixeiras, balcões, maçanetas, tomadas, torneiras e banheiros, além de outros objetos de uso coletivo, como cadeiras, sofás e bancos;
– Remover jornais, revistas, panfletos e livros dos locais de comum acesso para evitar a transmissão indireta;
– Estimular e priorizar a aquisição on-line de ingressos, serviços e/ou agendamentos, ou organizar o atendimento em filas para evitar aglomerações, considerando a marcação no piso com distanciamento de dois metros, a partir do balcão e entre os clientes;
– As máquinas de débito e crédito devem estar fixas ou envelopadas com filme plástico e desinfetadas após cada uso;
– Manter o distanciamento mínimo de 2 metros entre os sofás, mesas, cadeiras e bancos dos espaços comuns do empreendimento;
– No caso de restaurantes, manter o distanciamento mínimo entre as mesas (2 metros) e cadeiras (1 metro), como também nos ambientes de espera e filas de caixas, com demarcação no piso. Para locais com mesas fixas ou na impossibilidade de remoção, interditar as mesas de forma alternada, comunicando visualmente quais estão livres e interditadas.
– Proceder a higienização e desinfecção de objetos (inclusive cardápios) e superfícies comuns, como as mesas e cadeiras após cada utilização;
– Os transportes terrestres e aquaviários de visitantes deverão priorizar a ventilação natural. Ao final de cada viagem, promover a limpeza e desinfecção dos veículos;
– Respeitar a capacidade de transporte de cada tipo de veículo e evitar superlotação e/ou aglomeração;
– Observar as determinações estabelecidas nos normativos do estado ou município que se encontra localizada a unidade de conservação.