Convenção do PDT de Monte Belo do Sul confirma quatro pré-candidatos a vereadores

 

Fotos: Marlove Perin

Na noite desta quinta-feira, 10, aconteceu a Convenção Municipal em que foi definida a chapa de candidatos às eleições do PDT em Monte Belo do Sul. O partido confirmou a candidatura de quatro pré-candidatos: Isabel Cristina Furlanetto Ramos, Lourdes Dotta Grasseli (Lurdinha), Marcos Antônio Martins dos Santos e Nilso Cavaleri. O partido confirmou que não haverá pré-candidatos para a eleição majoritária.

Convenção do PSB de Monte Belo do Sul confirma três pré-candidatos a vereadores

 

Três pré-candidatos a vereadores: Giorge Norberto Eccher, Meghi Perin Eccher e Tâmara Cristina Schizzi Foto: Divulgação

Na sexta-feira, 11, ocorreu a Convenção do PSB de Monte Belo do Sul que confirma três pré-candidatos a vereadores: Giorge Norberto Eccher, Meghi Perin Eccher e Tâmara Cristina Schizzi. Não haverá pré-candidatos para eleição majoritária.

Convenção do PTB de Monte Belo do Sul confirma candidatura de Turri e Lauro Ricieri Bazzanella

A nominata de vereadores é composta por sete pré-candidatos

No domingo, 13, aconteceu a Convenção Municipal em que foi definida a chapa de candidatos às eleições do PTB em Monte Belo do Sul. O partido confirmou a candidatura do ex prefeito Lírio Turri e o atual vereador Lauro Ricieri Bazzanella para vice-prefeito. Já a nominata de vereadores é composta por sete pré-candidatos: Ademir Ferro, Aluisio Corbelini, Kelly Paulino, Luciana Aires, Nelsa Berselli Cecconi, Noberto Possamai e Ronaldo Bragagnollo.
PS: assim que serão nos passado os demais candidatos publicaremos as imagens.
Fotos: Divulgação Facebook

Convenção do MDB de Pinto Bandeira confirma candidatura de Ferrari e Salini

A nominata de vereadores é composta por sete pré-candidatos Foto: Divulgação Facebook

No domingo, 13, aconteceu a Convenção Municipal em que foi definida a chapa de candidatos às eleições do MDB em Pinto Bandeira. O partido confirmou a candidatura do atual prefeito Hadair Ferrari e o atual vereador Adilso Salini para vice-prefeito. Já a nominata de vereadores é composta por sete pré-candidatos: Cesar Tumelero, Crislei Fachim, Deonildo Angheben, Jéssica Manara, Luciane Pichler Arcari, Vilmar Moroni e Valdir Coghetto.

‘Ação entre Amigos’ da 142ª Festa de Santo Antônio entrega prêmios e evidencia força da solidariedade

Venda de talões solidários arrecadou fundos para obras e ações comunitárias.

Ação Entre Amigos entregou prêmios no sábado (12) – Foto: Exata Comunicação

O sucesso da ‘Ação Entre Amigos’ da 142ª Festa de Santo Antônio – que vendeu 37.500 cartelas contendo 75.000 números, em uma expressiva manifestação de solidariedade, resultando na coleta de fundos para obras da Paróquia e das comunidades – foi compartilhado com os ganhadores dos prêmios sorteados na edição deste ano. A entrega oficial ocorreu na manhã de 12 de setembro, em um momento especial de integração dos agraciados com os Festeiros e equipe Paroquial.
No total, cinco prêmios foram entregues – entre eles dois automóveis 0km. O primeiro, um Volkswagen Gol Branco, foi recebido pelo pequeno Fernando Grasselli, de apenas 6 anos de idade, acompanhado pelos pais. “Sempre buscamos colaborar com as ações da paróquia porque somos paroquianos e devotos de Santo Antônio. Nesse ano, adquirimos uma cartela inteira, distribuímos entre a família e o Fernando teve a graça de receber o prêmio”, conta o pai, Antônio Grasselli.

Entrega do Fiat Mobi à Alzir Somenzi – Foto: Exata Comunicação

O segundo automóvel, um Fiat Mobi Vermelho, foi recebido por Alzir Luiz Somenzi, morador de Monte Belo do Sul, de 71 anos. “É importante contribuir quando se trata de obras de caridade. Por isso, nós colaboramos todos os anos com a Ação entre Amigos da Festa Santo Antônio, independentemente do prêmio”, relata.
Também foram entregues um sofá eletrônico (da Omega Virato), para Antônio Lazzarotto; um conjunto de colchão terapêutico e box padrão (da Sonomais), para Edemir Scarton; ambos de Bento Gonçalves, e uma viagem para duas pessoas com destino ao santuário Nossa Senhora Aparecida (da Appoiosul Assessoria em Viagens), com uma cozinha (da Multimóveis), para Dimas José Benvegnú, que é de São Valentim do Sul.

Entrega do Wolskvagen Gol à Fernando Grasselli – Foto: Exata Comunicação

Expressividade da ação coroa trabalho comunitário
Em um ano marcado pela necessidade de reinvenção da programação da 142ª Festa de Santo Antônio, por conta das restrições impostas pela pandemia, a comunidade de Bento Gonçalves e região demonstrou de forma inquestionável que o exercício da solidariedade não encontra barreiras, dando continuidade a uma tradição – a venda de talões solidários – que existe desde 1983.
“Nos seis anos que estou à frente da paróquia, é a primeira vez que todos os números são vendidos. Por ser um ano atípico em virtude da pandemia, esse fato se torna ainda mais especial. Só temos a agradecer a todos – desde quem comprou uma cartela até aqueles que se esforçaram para que o resultado fosse de tamanho êxito: festeiros, patrocinadores e pessoas anônimas que nos ajudaram”, diz o pároco da Paróquia Santo Antônio, padre Ricardo Fontana.
Para o grupo de festeiros que esteve à frente da 142ª edição da festividade, o sentimento é de missão cumprida e gratidão. “Nosso objetivo sempre foi vender 100% dos números. E esse, sem dúvidas, foi o grande desafio, pois a pandemia nos obrigou a buscar formas alternativas de fazer a festa acontecer. O que importa é termos atingindo a meta por meio da fé. É ela que move montanhas e nos faz manter viva essa tradição de 142 anos”, reforça o coordenador do comitê de festeiros, César Anderle.
Desde 2015, a organização da Festa definiu que os valores arrecadados pela ação sejam destinados, de forma integral, na ajuda para localidades que estão construindo seus espaços de evangelização.

Os idealizadores da 142ª edição
Muitos foram os responsáveis pelo sucesso da festa, a começar pelos casais de festeiros da 142ª Festa de Santo Antônio: Andrey Arcari e Monaliza F. Salvador Arcari; Celso Centenaro e Simone Dall’Osbel Centenaro; César Anderle e Simone Ribeiro Anderle; Euclides Penso e Stela Penso; Leandro Moro e Carla Zortea; e Valdir Piva e Liane Rostirola Piva. O grupo de festeiros jovens também foi fundamental, composto por Maikel Kunzler e Noeli Dalla Giacomassa; Herson Baldissera e Denise Baldissera; e Maicon Raffainer e Luana Maria Formentini Petroli.
Além de toda equipe envolvida, a edição contou com o importante apoio de empresas patrocinadoras, na categoria Master: Anderle Transportes; Arcari Empreendimentos; Auto-Tradição; Loja D’art; Omega Viratto; Piva Comércio e Indústria; Pró-Ação; Sicredi Serrana; Sonomais Colchões Terapêuticos; Super Apolo e Todeschini; e na categoria Senior: Apoio Sul Assessoria de Viagens; Bento refeições; Braido materiais elétricos; Buffon Motores; Cainelli Gás; Caitá Supermercado; Chimba Recapagens; Cinex; Ferrari Válvuas; Gambatto; Giordani Turismo; Gráfica Bento-impressões; Grepar; Hospital Tacchini; Identidade Homem; Mecanica JLM; Metalúrgica Vignatti; Multimoveis; New Color; Piazza Salton; Posto Serra Gaúcha; Prosul Mat. Construção; Real Assessoria; Reypel; Robert Souza; SBMI; Transambiental; Transportes Rasador; Transrio Sul; Vinhedos Transportes e Zegla.

A ‘Safra das Safras’ em avaliação

Degustação de Seleção começa nesta terça e segue até sexta, cumprindo um rigoroso protocolo de segurança com redução de dias e enólogos, além de distanciamento

Todo mundo poderá assistir a transmissão ao vivo da Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2020 pelo Facebook, Instagram e Youtube da ABE, no dia 7 de novembro, a partir das 17h Fotos: Jeferson Soldi

Um amplo protocolo de segurança foi montado pela Associação Brasileira de Enologia (ABE) para realizar uma das etapas mais importantes da Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2020, a Degustação de Seleção. Com metade dos enólogos da edição anterior – de 120 para 64 -, as 395 amostras inscritas por 56 vinícolas serão degustadas em apenas quatro dias nos turnos da manhã e tarde, no Laboratório de Análise Sensorial da Embrapa Uva e Vinho, parceira técnica do evento.
Serão oito grupos de oito enólogos cada, sendo que cada grupo participará das degustações às cegas em dois dias em um único turno. A redução em 50% levou em conta a necessidade de evitar aglomeração, além de respeitar os grupos de risco com mais de 60 anos de idade ou com alguma comorbidade, conforme determina o Ministério da Saúde. Com isso, o distanciamento controlado prevê um amplo espaçamento entre os envolvidos acima de 1,5m. Todo protocolo de segurança foi compartilhado com cada participante.
A Coleta de Amostras iniciou antes do previsto porque foi necessário antecipar a Degustação de Seleção para agilizar o resultado final. Isso porque o envio dos kits à casa de cada inscrito exige precaução, atenção e tempo. “Quando 2020 começou, não imaginávamos que atravessaríamos uma pandemia global. Vivemos a ‘Safra das Safras’ com tanto entusiasmo que nós, enólogos do Brasil, fomos desafiados a fazer o melhor vinho de nossas vidas. A expectativa é imensa, mas os cuidados diante de um vírus mortal, nos obrigou a reinventar a nossa ‘menina dos olhos’”, destaca o presidente da ABE, enólogo Daniel Salvador.

Inscrição do público
Todo mundo poderá assistir a transmissão ao vivo da Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2020 pelo Facebook, Instagram e Youtube da ABE, no dia 7 de novembro, a partir das 17h. Todo cenário será montado no SPA do Vinho, no Vale dos Vinhedos, única região do Brasil com Denominação de Origem de vinhos. Agora, quem quiser também receber em casa o kit com as 16 amostras representativas da Safra 2020, degustando e acompanhando o evento no aconchego do lar deverá ficar atento e adquirir o kit. Os 700 kits estarão à venda a partir do dia 23 de setembro pelo site www.enologia.org.br.
Cada kit conterá 16 garrafas baby (187 ml), o que permitirá que a amostra seja degustada por duas ou até três pessoas. O conjunto inclui, ainda, duas taças personalizadas de cristal para vinho, além das Fichas de Degustação e da Revista Brasileira de Viticultura e Enologia. O envio será feito pela ABE por transporte privado. Todo material será embalado numa caixa personalizada de papelão com isopor para melhor acondicionar as garrafas, todas com rótulo do evento e devidamente identificadas.

Tempo segue instável nesta quinta-feira e chuva diminui, mas nebulosidade permanece sobre o Estado

 

Foto: Eloana Antinolfi

O tempo ainda não firma no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira, 17. O dia deve ser de muita nebulosidade, com períodos de chuva e garoa em diferentes regiões, especialmente nas metades Leste e Norte.
De acordo com a MetSul Meteorologia, o sol aparece em algumas partes do dia no Oeste e no Sul. Nas demais regiões, serão aberturas isoladas. A temperatura não muda muito. Algumas cidades, especialmente na Serra, devem ter presença de nevoeiro e neblina.

Dia 22 inicia a Primavera: saiba como será a estação no RS

A primavera de 2020 se inicia às 10h31min de 22 de setembro, e a nova estação poderá trazer extremos nas temperaturas em um único dia e nos acumulados de chuva sobre o Rio Grande do Sul. Isso porque está em formação o fenômeno La Niña, que causa o resfriamento das águas do Oceano Pacífico equatorial.
Nos próximos meses, o fenômeno influenciará diretamente na formação de menos chuva na região Sul do Brasil ao provocar uma mudança na dinâmica dos ventos e, consequentemente, no transporte de umidade. Segundo a meteorologista Cátia Valente, da Somar Meteorologia, o sinal estará amarelo para a estiagem no Estado por conta das chuvas abaixo da média. Pela atual conjuntura, explica Cátia, a Metade Sul e o Oeste gaúcho, por já estarem com menos chuva, deverão ser as regiões mais afetadas. “ Não estamos trabalhando com a mesma estiagem que atingiu os gaúchos entre novembro de 2019 e abril de 2020, mas a expectativa não é favorável. As chuvas nesta próxima estação estarão mais espaçadas e com volumes abaixo da média em todo o Estado, podendo prejudicar a preparação para as culturas de verão” alerta.
Apesar das chuvas mais espaçadas, as precipitações poderão ser mais intensas em períodos relativamente curtos, de acordo com o meteorologista Marcos Vianna, do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, ligado ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/Inpe). “Na região Sul, deverá ter aumento a ocorrência de raios e de complexos convectivos, sistemas que provocam grande quantidade de chuva em períodos relativamente curtos” aponta.
O chefe do Centro de Pesquisas e Previsões Meteorológicas (CPMET) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Leonardo Calvetti, destaca a amplitude térmica diária nas primeiras semanas da primavera, principalmente na região da Campanha, onde as manhãs poderão começar com temperaturas por volta de 10°C e as tardes beirarem os 30°C. Porto Alegre também deverá sentir os efeitos da mudança rápida de temperatura em menos de oito horas, que causará o popular “efeito cebola” nas pessoas — começando a manhã com muitas roupas e ir tirando as peças ao longo do dia.
Calvetti aponta ainda a ocorrência de mais ventos no litoral gaúcho, por conta da formação de ciclones em alto mar, causados pelo aquecimento do Oceano Atlântico — que estará até 2°C acima da média.

O novo Sunny Days agora é tinto, rosé e branco

Feito com uvas vitiviníferas colhidas todos os dias no Vale do São Francisco (BA), o suco de uva mais fresco e tropical do Brasil também traz novo packaging

Tropical, 100% uva, sem conservantes, sem adição de açúcar e elaborado com uvas colhidas todos os dias. Assim é o Sunny Days Suco de Uva, que no final do ano passado ganhou nova roupagem apresentando o Tinto e agora traz as versões Rosé e Branco. O trio tem como principal diferencial a elaboração a partir de uvas vitiviníferas ao invés de variedades americanas. Cultivadas no Vale do São Francisco (BA), conferem mais frescor, pureza e jovialidade ao suco.
Mais elegante, o Sunny Days passou por uma ampla transformação em sua rotulagem, reunindo seus valores mais diferenciados, levando ao consumidor informações relevantes para sua saúde. A mudança acompanha o trabalho de reposicionamento das marcas da Miolo com alterações de packaging e realinhamento de preços. Além da renovação visual, a marca inova e passa a oferecer o suco nas versões Branco e Rosé, acompanhando as tendências de consumo. O Sunny Days Tinto, Branco e Rosé pode ser encontrado em embalagens de 300ml e 1 litro.
O consumidor sempre está em busca de inovação, principalmente em produtos que agreguem benefícios à saúde. “Nosso suco de uva é natural, traz a tropicalidade do nordeste brasileiro, o frescor de uvas colhidas diariamente e o diferencial de ser elaborado com uvas vitiviníferas do Vale do São Francisco.”, destaca o enólogo Adriano Miolo, diretor superintendente da Miolo.

Mais saúde
Além de hidratar, o Sunny Days é excelente como alternativa saudável para manter o organismo forte, limpo e funcionando plenamente. Por isso, seu consumo diário é indicado por nutricionistas devido sua alta concentração de substâncias com ação anti-inflamatória, antimicrobiana e antifúngica. Outro benefício é que o suco de uva evita a formação de placas de gordura nos vasos sanguíneos, protegendo contra doenças cardiovasculares. Sua ingestão diária também ajuda a manter a pressão sob controle, melhorando a circulação sanguínea. Antes e depois da atividade física é super indicado, pois melhora o fluxo sanguíneo, facilitando a oxigenação e o transporte de nutrientes para as células.

Pesquisa da Univates avalia os efeitos da exposição a agrotóxicos em trabalhadores rurais

Estudo apontou que indivíduos expostos aos agrotóxicos apresentam maior número de danos oxidativos em comparação ao grupo não exposto

Estudo apontou que indivíduos expostos aos agrotóxicos apresentam maior número de danos oxidativos em comparação ao grupo não exposto Foto: Banco de imagem/shutter

LAJEADO – A utilização de agrotóxicos no meio rural é considerada imprescindível, uma vez que eles fazem com que aumente expressivamente a produção de alimentos. Porém, os defensivos agrícolas podem ter em sua composição moléculas com efeito oxidante, que geram danos oxidativos no organismo. Em seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), a estudante Bruna Cussioli, do curso de Biomedicina da Universidade do Vale do Taquari – Univates, analisou os efeitos do contato direto com os agrotóxicos e os danos oxidativos provocados no organismo de trabalhadores rurais.
Sob orientação da professora Andrea Horst, o trabalho, intitulado “Avaliação dos efeitos da exposição aos agrotóxicos em relação aos danos oxidativos em trabalhadores
rurais”, analisou 55 pessoas, das quais 27 não têm contato com agrotóxicos e 28 trabalhadores rurais que utilizam defensivos agrícolas. “A pesquisa foi realizada na cidade de Anta Gorda/RS, local onde nasci e cresci. O município possui o setor primário como destaque. Mesmo que de longe, pude acompanhar a constante evolução na agricultura, desde o uso de sementes melhoradas até a utilização de maquinários sofisticados. Porém, uma questão me deixava intrigada: a forma como os agricultores utilizavam os agrotóxicos e o quão prejudicial poderia estar sendo quando eles são utilizados de forma incorreta. A partir disso resolvi abordar esse assunto como tema do meu TCC”, conta a estudante.
Como metodologia do trabalho, Bruna coletou amostra de sangue dos participantes, a fim de analisar os valores de nitritos e lipoperoxidação no organismo. Além disso, ela ainda desenvolveu um questionário para verificar hábitos de vida e as práticas na agricultura.

Resultados
O estudo apontou que indivíduos expostos aos agrotóxicos apresentam maior número de danos oxidativos em comparação ao grupo não exposto. Um dos pontos analisados pela estudante refere-se ao consumo de frutas cítricas (que são consideradas antioxidantes). Bruna observou que não foram encontrados resultados estatisticamente significativos em relação ao dano lipídico. Diferente disso, nas dosagens de nitrito, notaram-se resultados positivos, identificando assim que a ingestão diária de frutas cítricas pode ser eficaz na neutralização dos oxidantes.
Outra análise feita pela estudante refere-se ao uso correto de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), que diminui consideravelmente o dano lipídico. Nas dosagens de nitritos, valores maiores foram encontrados quando o trabalhador eventualmente utiliza os equipamentos de proteção. “Eu avalio os resultados encontrados como satisfatórios, pois de acordo com a pesquisa ficou evidente a importância de usar corretamente os EPIs durante as práticas agrícolas, respeitando sempre as orientações do fabricante. Além disso, observou-se que o consumo de frutas cítricas pode prevenir os danos oxidativos provocados pelas espécies reativas de oxigênio, minimizando os riscos de complicações à saúde. A partir das informações e resultados obtidos, podemos contribuir com orientações de cuidado e proteção aos produtores rurais”, finaliza a estudante.
De acordo com a professora orientadora, estudos como este reforçam a necessidade da utilização de equipamentos de proteção ao manusear os agrotóxicos. “O estudo foi muito relevante, ressaltando a importância do uso de EPIs corretamente e do consumo diário de frutas cítricas ricas em antioxidantes. Um dado importante foi que o uso parcial de EPIs, que fornece uma falsa sensação de proteção, demonstrou ser mais prejudicial, apresentando maiores valores de danos oxidativos quando comparados com agricultores que não utilizam EPIs”, destaca Andrea.
Curso de Biomedicina recebe inscrições

Estudante de Biomedicina da Univates, Bruna Cussioli Foto: Acervo pessoal/ Bruna Cussioli

O curso de Biomedicina é uma das opções entre os 31 cursos de graduação presenciais oferecidos pela Univates. Na modalidade a distância são ofertados 18 cursos, entre bacharelados, licenciaturas e superiores de tecnologia. Para participar do processo seletivo, o candidato pode se inscrever gratuitamente no vestibular, que está sendo realizado de forma on-line, em www.univates.br/vestibular. Ao finalizar a inscrição, o candidato recebe e-mail com uma senha para acessar o ambiente virtual de prova em univates.br/startunivates. A prova pode ser realizada a qualquer momento e tem duração de até duas horas a partir do sorteio do tema da redação. A correção das provas acontece em até 48 horas, e o resultado é enviado para o e-mail do candidato, que, se aprovado, pode realizar sua matrícula de forma on-line em univates.br/startunivates.
Texto: Vinicius Mallmann