Outono inicia com previsão de chuva e temperaturas baixas na Serra

No Rio Grande do Sul deve ser marcado por La Niña, que trará chuva para o estado. A nova estação chegou por volta das 13h15. Verão se despede com chuvas abaixo da média no sul do estado, que sofreu com os efeitos da seca

 

Após um verão com chuva abaixo da média nas regiões da Fronteira oeste, Campanha, sul e proximidades, por conta do La Niña, e com instabilidades um pouco acima da média na faixa noroeste do Rio Grande do Sul, o outono inicia nesta tarde de terça-feira, (20), às 13h15, com previsão de muita chuva em algumas regiões, especialmente no fim da estação, quando o fenômeno La Niña deve chegar ao Rio Grande do Sul.
Estação de transição entre o verão normalmente úmido e quente e o inverno frio e seco, o outono no Hemisfério Sul inicia-se no dia 20 de março, às 13h14min, e termina em 21 de junho, às 7h7min. A estação traz consigo o fim do fenômeno La Niña. Assim, a previsão é que a chuva aconteça com maior frequência em boa parte do estado gaúcho, em especial na Serra, principalmente no meio e final da estação.
De acordo com o Somar Meteorologia, as chuvas ficarão acima da média no período no oeste do Rio Grande do Sul. Por outro lado, apesar do acumulado total aumentar pelo estado, ele ainda não será suficiente para alcançar a média no sul do estado.
A temperatura declinará, como já é previsto.Com relação à temperatura, ainda segundo o Somar, a previsão é de um clima mais frio no sul. No geral a temperatura ficará próxima da média na capital e na faixa leste, ficando levemente abaixo na metade oeste. As ondas de frio deverão aparecer já no meio de abril e as demais somente a partir do fim de maio, devendo ser um pouco mais fortes. Até o momento, não foi descartada a possibilidade de geadas.
As últimas horas do verão foram de chuva. Entre a região da Fronteira Oeste e o Litoral Norte, a instabilidade ocorreu com intensidade fraca a moderada, inclusive passando pela Região Metropolitana da capital gaúcha.
Já entre Uruguaiana e Alegrete, e nas proximidades de Santa Maria, a precipitação deve ser mais forte.

Como foi o verão?
O verão foi marcado pelo fenômeno La Niña no Oceano Pacífico Equatorial, de intensidade fraca. Durante a estação, choveu acima da média no Noroeste gaúcho.
Por outro lado, choveu menos do que a média na metade Sul gaúcha. Durante as manhãs, as temperaturas ficaram acima da média na maior parte do país, com algumas poucas exceções. Porém, as tardes registraram termômetros abaixo da média.