Para o almoço desta sexta-feira: Nhoque de batata dourado com rúcula do chef Salvatore Loi

Foto: Nhoque de batata dourado com rúcula do chef Salvatore Loi // Créditos: Divulgação

Ingredientes
250 g de batatas
70 g de farinha de trigo
1 gema
50 g de parmesão ralado
Sal
1 fio de azeite de oliva (e mais para regar)
Pimenta-do-reino moída na hora
150 g de rúcula cortada à julienne (em tirinhas)

 

Molho de lula
1 fio de azeite de oliva
400 g de lula em fatias finas temperadas com sal e pimenta-do-reino
50 ml de vinho branco seco
16 tomates-cereja maduros em metades
Sal e pimenta-do-reino moída na hora
15 g de folhas de salsinha e manjericão

Modo de preparo
Cozinhe as batatas com a casca. Descasque, passe por uma peneira ou espremedor e deixe esfriar.
Misture a batata com a farinha, a gema e o parmesão, sem manipular demais a massa, até ficar homogêneo.
Em superfície enfarinhada e polvilhando mais farinha, modele rolinhos e corte os nhoques.
Pressione levemente as extremidades para que cozinhe mais rápido e para o molho penetrar.
Cozinhe em água fervente com sal até subirem à superfície e escorra. Dê um choque térmico em água com gelo para interromper o cozimento e deixe escorrer bem.
Aqueça o azeite em frigideira antiaderente preaquecida e doure o nhoque dos 2 lados.
Fora do fogo, tempere com pimenta-do-reino e adicione a rúcula (sacuda a frigideira rapidamente, apenas para murchar).
Para servir, distribua o nhoque nos pratos, cubra com o molho de lula e regue com mais azeite.

Molho de lula
Aqueça o azeite em uma frigideira preaquecida e refogue a lula rapidamente (sacuda a frigideira).
Adicione o vinho e o tomate e tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto. Junte a salsinha e o manjericão e refogue rapidamente.