Como começar a investir na produção de mel?

A apicultura tem ganhado cada vez mais espaço e atenção de produtores que desejam diversificar as atividades na propriedade rural.

Mas para que a atividade seja lucrativa, o produtor precisa adotar as técnicas corretas e ter foco em itens considerados essenciais para a obtenção de bons resultados. Um exemplo é a atenção com as rainhas, as responsáveis por manter a população da colônia (que pode chegar a 80 mil abelhas operárias). Outro cuidado é com a preparação do enxame antes da florada. O posicionamento das colmeias em locais com flores de várias espécies e a troca de cera com frequência, influenciam diretamente na produção e na produtividade da colmeia.

Produção De Mel
Os vários tipos de mel – laranjeira, eucalipto, girassol, rosas, alecrim, etc. – variam em função das características e localização geográfica das plantas de onde é extraído o néctar e dos tipos das abelhas produtoras. Por esta razão, o mel pode apresentar consistências e cores diferentes.

Para a começar a criação de abelhas, é necessário conhecer os tipos de colmeias. Existem as colmeias de madeiras amarradas a arvores e em forma cilíndrica. A vantagem desse tipo de colmeia é que são simples e baratas, podendo ser fabricadas com material disponível no local e é o tipo de colmeia em que mais se produz própolis. A desvantagem é que pode dificultar a inspeção da colmeia, sendo difícil também de controlar a qualidade do mel, de fazer a separação de favos de mel e a produção de mel é baixa, em torno de 6 a 10Kg por ano.

Outro tipo de colméia é Top-Bar. Este tipo se parece com dois cestos um em cima do outro, feitos em madeira e fechados. A produção do top-bar é de baixo custo com materiais que podem ser encontradas no próprio local. Além disso, esse tipo de colmeia permite inspeção e controle da qualidade do mel. Outra vantagem é que este formato produz cerca de 20 a 40Kg de mel por ano e mais cêra e para completar, o tempo de vida da colmeia top-bar chega a 10 anos. A desvantagem é que devem ser construídas cerca de 10 colmeias top-bar para se ter uma boa produção, o que acaba ficando dispendioso.

O terceiro tipo de colmeia bastante usado é a Langstroth que é mais cara que as outras colmeias, mas possui como vantagem a fácil separação dos favos de mel e melhor monitoramento da qualidade do mel, com produtividade de 50 a 60kg por ano. A desvantagem desse tipo de colmeia é que é preciso um extrator especial para a extração dos favos de mel e a opção por esse tipo de colmeia é recomendada para apicultores mais experientes.

Foto: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE // SANTA IZABEL DO PARÁ – PARÁ

Local Para A Criação De Abelhas
A escolha do local para começar a criação de abelhas é muito importante. Deve-se escolher uma área rural para a sua alocação, por questões de segurança, e longe de indústrias de cana, açúcar e cachaça para não prejudicar a qualidade do mel.

As colmeias devem ser localizadas próximas a fontes de água (não mais que 300 metros de distância) e junto a espécies de flores e árvores que dão fruto como as bananeiras, moringas, mangueiras, laranjeiras, eucaliptos e outras árvores.

Outra dica é quanto à construção das colmeias que devem estar a 30 metros de distância de locais barulhentos como estradas e indústrias. Sem esquecer que as colmeias devem ser protegidas de animais e do vento.

Colheita Do Mel
A colheita do mel varia de acordo com a colmeia usada. Na colmeia top-bar a colheita é realizada uma ou duas vezes ao ano, enquanto na colmeia Langstroth a colheita é feita de três a quatro vezes ao ano.

Para colher o mel de forma eficiente use vestuário próprio, com proteção de luvas e botas e siga os procedimentos de abrir a colmeia suavemente. Comece por favos cheios de mel e não colha favos com abelhas.

Para colher o favo use fumo; é só soprar o fumo em ambos os lados e as abelhas entrarão nas colmeias. Depois é só cortar o favo e o mel deixando cerca de 1 cm de favo na travessa superior. Separe os favos maduros dos favos recentes e feche as colmeias. O mel recolhido deve ser colocado em um recipiente limpo e seco e coberto com tampa. Depois basta colocar um rótulo

Processamento Do Mel
Para separar os favos de mel, utilize uma faca ou vara quente. O favo separado do mel deve ser colocado em uma peneira com recipiente plástico embaixo. O favo com mel deve ser posto de cabeça para baixo, deixando que o mel pingue pela peneira até que as células estejam vazias.

Depois de recolhido o mel é posto em uma centrífuga, para depois ser filtrado e decantado por um período de 48 horas. Só depois está pronto para o envaze e comercialização.