Como congelar, de forma correta, os alimentos?

Congelar alimentos, além de conservar, ajuda a economizar tempo e dinheiro. Mas você sabia que existe um jeito certo de fazer esse processo?

Antes de sair cozinhando e congelando tudo, vale a pena se organizar e ver o que realmente será congelado. O que você irá comer, nos próximos dois dias, ficará na geladeira, e o que você consumirá nos próximos 3 dias ou mais, irá para o freezer.

Foto: Na geladeira, não mais do que cinco dias. Frutas, hortaliças e legumes apenas higienizados e congelados (sem temperos) duram até 12 meses.

O ideal na hora de armazenar seria em potes de vidro, mas, no mundo real, pode ser o de plástico ou em saquinhos. Independente de qual for, é muito importante você colocar uma etiqueta identificando o que está dentro do pote e qual data o alimento foi preparado.

Higienize bem
Vale deixar claro que o congelamento não mata os microrganismos contaminantes, apenas desacelera/para o processo biológico deles. Portanto, se um alimento estiver contaminado antes de você congelar, ele continuará contaminado na hora do consumo. Por isso, lave com bastante água corrente todas as frutas, legumes e hortaliças, e deixe de molho em água clorada por 15-20 minutos, depois enxágue novamente.

Foto: Sempre seque muito bem os legumes antes de congelar, isso evita a formação de cristais de gelo, que comprometem as características de sabor e textura, além de diminuir a conservação dos nutrientes.

Agora, se você for deixar os legumes cortados no congelador (sem preparar nenhum prato com eles), o ideal é dar um choque térmico (branqueamento) para que a cor se mantenha viva. Aplique calor, de preferência vapor, e em seguida, mergulhe o alimento em água com gelo. Seque muito bem e armazene.

Feche bem os potes
O oxigênio é o maior inimigo na durabilidade de um alimento congelado. É por isso que devemos armazenar os alimentos em potes ou saquinhos do tamanho da porção, ou seja, devemos evitar ao máximo colocar uma porção pequena em um recipiente grande. Prefira potes com tampa hermética e saquinhos reutilizáveis com fechamento hermético. Evite o uso de papel alumínio.

Outra dica, muito importante e que todo mundo acaba fazendo errado, é não deixar a comida esfriar em temperatura ambiente. Esse processo pode aumentar a proliferação de microrganismos. Lembre-se, ao terminar de cozinhar, armazene-o e coloque-o direto na geladeira ou no freezer. O equipamento não irá estragar, ele foi feito para isso!

Cuidado com sal
Cozinhe os alimentos com um pouco menos de sal do que está acostumado, pois depois de descongelado, o sabor do sal se acentua.

Foto: É muito importante você colocar uma etiqueta identificando o que está dentro do pote e qual data o alimento foi preparado.

Últimas dicas
O ideal é tirar todas as sementes, casca e/ou caroço antes de congelar os alimentos (depois de congelado fica impossível). Lembre-se de separar os alimentos em porções, por dois motivos:

 

1) não é adequado recongelar um alimento descongelado. Se você fizer pequenas porções, você pegará apenas o que vai consumir e evitará desperdício.

2) imagine que você queira fazer uma batida com banana congelada: é muito provável que você queime o seu liquidificador tentando bater a banana inteira, do que se ela estiver cortada.

3) Sempre seque muito bem os legumes antes de congelar, isso evita a formação de cristais de gelo, que comprometem as características de sabor e textura, além de diminuir a conservação dos nutrientes. Pode colocar um papel toalha junto do pote para absorver qualquer umidade residual que tiver.

4) Preparações prontas de alimentos já cozidos, processados e temperados duram cerca de três meses congeladas. Na geladeira, não mais do que cinco dias. Frutas, hortaliças e legumes apenas higienizados e congelados (sem temperos) duram até 12 meses.