Pedido de urgência de projeto sobre Funrural é derrubado pela base do novo governo

Com o objetivo de conseguir o perdão das dívidas relativas a Fundo de Apoio ao Trabalhador Rural, a proposta tem autoria do deputado Jerônimo Goergen

Liderada pelo vice-líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (PSL-GO), a articulação conseguiu barrar a votação do requerimento de urgência do projeto de lei que trata sobre do perdão das dívidas do Funrural (PL 9252/17), de autoria do deputado Jerônimo Goergen (PP-RS). De acordo com Waldir a ideia é barrar qualquer projeto que possa gerar despesas para o novo governo.

Proposta que perdoava as dívidas do Funrural tinha apoio da Frente Parlamentar Agropecuária (Foto: Marcelo Curia/Ed. Globo)

A proposta, que tinha como apoio a Frente Parlamentar da Agropecuária, estava na estava na pauta do dia e tinha como pretensão extinguir o pagamento do passivo gerado pela cobrança do Funrural e ganhar prioridade de votação em Plenário com a aprovação do requerimento de urgência. Mas, devido à obstrução de todos os partidos, a ordem do dia foi finalizada também sem a apreciação da Medida Provisória 845/18, que cria o Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário (FNDF). A MP perdeu a vigência na quarta-feira, dia 28 de novembro.