RS deverá colher neste ano segunda maior safra de grãos da história

RS deverá colher neste ano segunda maior safra de grãos da históriaO Rio Grande do Sul deverá colher quase 32 milhões de toneladas de grãos na safra de verão — a segunda maior da história. O impacto direto na economia estadual é estimado em R$ 31,29 bilhões. As estimativas foram divulgadas nesta terça-feira (12) pela Emater na Expodireto-Cotrijal, em Não- Me-Toque, no norte do Estado.
Mesmo com os problemas climáticos ocorridos no sul do Estado, pelo excesso de chuva em janeiro, a boa produtividade no Norte garantirá uma produção cheia
De uma forma geral, o tempo foi excelente para as lavouras. O aumento da profissionalização do produtor também ajudará no resultado — avalia Iberê de Mesquita Orsi, presidente da Emater. Um dos destaques da safra é a produção de milho, que aumentou 22% em relação ao ano passado. A colheita do cereal chegará a 5,5 milhões de toneladas.
— O uso de tecnologia é determinante na cultura do milho, que superou as expectativas — destaca Alencar Rugeri, assistente técnico estadual da Emater.
O carro-chefe da safra gaúcha continua sendo a soja, que responderá por 18,5 milhões de toneladas — mais de 40% da produção total.
A safra de grãos neste verão só não deverá superar a de 2017, quando foram colhidas 33,64 milhões de toneladas de grãos.