Oficializada a concessão de parques do Rio Grande do Sul

Comitiva da Bancada Gaúcha

Uma comitiva de parlamentares, junto ao Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, o senador Luis Carlos Heinze,  percorreram a Serra Gaúcha para apresentar as potencialidades turísticas do Estado. A visita oficializou o anúncio da abertura de concessão de parques ambientais à iniciativa privada.
A liberação de concessão dos parques ambientais no Rio Grande do Sul para uma parceria com a iniciativa privada viabilizará investimentos, desenvolvimento e preservação do meio ambiente. Com o apoio da Bancada Federal Gaúcha, serão destinados recursos para qualificar as estradas de acesso aos parques, contribuindo para a geração de emprego.
Segundo o deputado Ronaldo Santini, após vinte anos de espera, chegou o momento para eternizar. “Essa é uma luta que certamente vai transformar a nossa região. Aquilo que nos separa jamais vai ser maior do que o que nos une. E o que nos une é o Rio Grande do Sul”, afirmou o parlamentar gaúcho.
Na ocasião, o ministro conheceu e comunicou concessão da Floresta Nacional de Canela, da Floresta Nacional de São Francisco de Paula e do Núcleo de Gestão Integrada (NGI) Aparados da Serra Geral, em Cambará do Sul. O modelo que será aplicado nos parques da Serra servirá como base para outros vinte parques que serão lançados ainda neste ano, como incentivo ao ecoturismo no Brasil.
A agenda contou com uma série de visitas e reuniões para apresentar detalhes dos projetos de infraestrutura dos modelos de concessão, mas sem data definida para o lançamento dos editais. A comitiva percorreu um extenso roteiro na Serra Gaúcha e foi conduzida pelos deputados federais Ronaldo Santini, Alceu Moreira, Lucas Redecker, Marcel Van Halten, Pedro Westphalen e Jerônimo Goergen.