Monte Belo do Sul dá início as comemorações do Dia do Vinho Brasileiro 2019

Monte Belo do Sul, que recebeu o protocolo de lançamento, participa com o 10º Polentaço em conjunto com a 8ª Festa do Agricultor, nos dias 18 e 19 de maio Foto: Felipe Machado/ Rádio Difussora

Foto: Marlove Perin

Foto: Felipe Machado

Em evento realizado na noite da terça-feira, 30 de abril, na praça Padre José Ferlin, em Monte Belo do Sul, as comemorações do Dia do Vinho Brasileiro 2019 deram início. O evento teve início às 19h, e os convidados puderam conferir diversas atrações culturais, como grupo de dança, canto e oficinas de música, gastronomia típica da região de colonização italiana e os vinhos e sucos de uva de seis empresas da Associação dos Vitivinicultores de Monte Belo do Sul – Aprobelo.
O anfitrião foi o prefeito Adenir José Dallé, que recebeu ainda os prefeitos de Bento, Guilherme Pasin, de Guaporé, que pela primeira vez integra a programação do evento, Valdir Fabris, e de Pinto Bandeira, Hadair Ferrari.
“É um evento tão importante e sabemos o que representa o vinho para a nossa região, que além de alavancar a nossa economia está fazendo com que o enoturismo seja cada vez mais forte”, disse Dallé.
Para Márcia Ferronato, o importante é que o movimento segue. “O que nós queremos é promover todas as regiões que trabalham com vinho e enoturismo. Esperamos ainda um incremento de 10% na ocupação hoteleira, ainda mais com uma programação intensa”.
Na ocasião, o presidente do Instituto Nacional do Vinho (Ibravin), Oscar Ló, destacou que o evento chega à sua décima edição e ganha status nacional, passando a ser realizado de forma simultânea em seis estados, sendo eles o Rio Grande do Sul, Bahia, São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. Segundo o presidente, diversas cidades estão engajadas em ações para desenvolver e disseminar a cultura do vinho “são 15 dias com o foco no vinho brasileiro e principalmente com o destaque para o aspecto cultural de tradição. As vinícolas ainda fazem preços diferenciados e promoções para atender e receber o turista”, salientou.
Monte Belo do Sul, que recebeu o protocolo de lançamento, participa com o 10º Polentaço em conjunto com a 8ª Festa do Agricultor, nos dias 18 e 19 de maio.
A lei que instituiu o Dia do Vinho no Rio Grande do Sul no primeiro domingo de junho de cada ano foi promulgada em 12 de dezembro de 2003. O projeto partiu do então deputado estadual Iradir Pietroski.
O Dia do Vinho é uma realização do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), com apoio da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR/RS) e do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) – Região Uva e Vinho. Aliás, o presidente do Ibravin, Oscar Ló, a executiva do Segh, Márcia Ferronato, a rainha e princesas da Festa de Abertura da Vindima de Monte Belo, Eduarda Canossa, Letícia Viel a Lilian Roieski, Secretários Municipais e a comunidade, também marcaram presença.
A 10ª edição da programação acontece de forma simultânea em seis estados – Rio Grande do Sul, Bahia e São Paulo e os estreantes Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. São atividades em empreendimentos que vão de vinícolas a hotéis e pousadas, além de restaurantes e bares, que estarão mobilizados para receber milhares de visitantes entre os dias 17 de maio e 2 de junho. Confira a programação completa acessando o site www.diadovinho.com.br.
O Dia do Vinho do Brasileiro 2019 tem a parceria do Sebrae, por meio do convênio Valorização dos Vinhos Brasileiros, e o apoio das prefeituras municipais de Antônio Prado, Bento Gonçalves, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Guaporé, Jundiaí, Monte Belo do Sul, Nova Pádua, Pinto Bandeira, Rolante, Urussanga, Veranópolis e Vila Flores, além da Associação de Turismo da Serra Nordeste (Atuaserra), Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur), Associação de Viticultores do Paraná (Vinopar), Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin), Associação de Produtores de Vinhos  Finos da Campanha Gaúcha, Associação dos Produtores de Vinhos de Pinto Bandeira (Asprovinho), Associação dos Produtores da Uva e do Vinho Goethe de Urussanga (ProGoethe), Associação dos Vitivinicultores do Vale Central Gaúcho (Vinhos do Coração do Rio Grande), Associação Vinho de Altitude (SC), Instituto do Vinho Vale do São Francisco, Rota do Vinho de Jundiaí, Roteiro Caminho das Pipas (RS), Roteiro do Vinho de São Roque (SP), Sindicato da Indústria do Vinho de São Roque (Sindusvinho/SP) e Sindicato da Indústria do Vinho do Estado de Minas Gerais (Sindvinho).

Foto: Felipe Machado