Morre escritor e professor Darcy Loss Luzzato aos 85 anos em Pinto Bandeira

Autor de 11 livros bilíngues, Luzzato era considerado o pai do dialeto derivado do italiano, vêneto talian. No final de 2014, o dialeto foi reconhecido como patrimônio cultural do Brasil.

Luzzato morreu aos 85 anos em Pinto Bandeira — Foto: Reprodução / Facebook

O escritor e professor Darcy Loss Luzzatto morreu na madrugada da segunda-feira, 18 de maio, em Pinto Bandeira. Ele tinha 85 anos. Autor de 11 livros bilíngues, Luzzato era considerado o pai do dialeto derivado do italiano, vêneto Talian. No final de 2014, o dialeto foi reconhecido como patrimônio cultural do Brasil.
Luzzatto foi professor de Talian e um dos mestres do assunto – variante do dialeto vêneto praticada entre os descendentes de italianos na Serra gaúcha e em outras parte do Brasil. Foi também idealizador e criador de dicionários do dialeto para português e vice-versa. Luzzatto ainda publicou outras obras sobre a gastronomia italiana e costumes dos imigrantes. Ele também organizou o “Almanaque Talian”, que trata do resgate da cultura trazida pelos imigrantes italianos que colonizaram a Serra gaúcha, mais especificamente dos trivêneto-lombardos.
O velório de Luzzatto ocorre na Capela da Paz, em Pinto Bandeira. A cerimônia de cremação aconteceu na noite de segunda,  no Memorial Crematório São José, em Caxias do Sul, às 19h30min.