Programa Aprendiz Cooperativo do Campo, da Vinícola Aurora, ganha reconhecimento nacional

A empresa de Bento Gonçalves foi finalista na categoria Comunicação e Difusão do Cooperativismo, no Prêmio SomosCoop Melhores do Ano, promovido pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB)

Aprendiz Cooperativo do Campo conquistou o terceiro lugar no Prêmio SomosCoop Melhores do Ano, que valoriza iniciativas de cooperativas que beneficiam seus associados e à comunidade. Foto: Divulgação

O programa Aprendiz Cooperativo do Campo – realizado pela Vinícola Aurora, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado do Rio Grande Do Sul (Sescoop/RS) – foi finalista da categoria Comunicação e Difusão do Cooperativismo, no Prêmio SomosCoop Melhores do Ano. A distinção é promovida a cada dois anos pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), como forma de reconhecimento à criatividade, à visão e aos resultados obtidos aos seus cooperados e à comunidade ao longo do biênio. A cerimônia de premiação ocorreu no entardecer desta terça-feira (24), com transmissão ao vivo pelo YouTube do Sistema OCB.
No total, 320 cooperativas, de Norte a Sul do país inscreveram 595 cases, que foram avaliados por uma comissão julgadora formada por 63 integrantes.
“Estamos muito orgulhosos por sermos finalistas, e a terceira colocação na categoria Comunicação e Difusão do Cooperativismo, do Prêmio SomosCoop Melhores do Ano, mostra que estamos no caminho certo. É um importante reconhecimento, pois concorremos com outras centenas de projetos de cooperativas brasileiras. O Aprendiz Cooperativo do Campo não visa apenas a continuidade da nossa cooperativa, mas a preservação da atividade vitivinícola no futuro”, celebra o presidente do Conselho de Administração da Vinícola Aurora, Renê Tonello, que também é associado da Aurora desde 1980.
Desde 2017, o Aprendiz Cooperativo do Campo estimula a permanência dos jovens nas atividades do meio rural, promove a sucessão familiar e incentiva o aumento do quadro social das cooperativas. A iniciativa é voltada para jovens de 14 a 24 anos incompletos, filhos de cooperados, e abrange aulas teóricas e práticas na propriedade. Em virtude da pandemia, neste ano, parte do curso foi realizada através do ensino à distância, de forma virtual.
Em três anos, duas turmas foram formadas e em 2020 haverá a conclusão de mais um grupo. Ao todo, cerca de 60 estudantes já foram contemplados no Aprendiz Cooperativo do Campo. Do total, aproximadamente 90% afirmaram que irão dar continuidade ao ofício da família.
A Aurora conta com 1,1 mil famílias cooperadas, presentes em 11 municípios da Serra Gaúcha: Bento Gonçalves, Veranópolis, São Valentim do Sul, Guaporé, Cotiporã, Monte Belo do Sul, Santa Tereza, Pinto Bandeira, Vila Flores, Farroupilha e Garibaldi. Os associados produzem mais de 60 variedades de uvas, que são cultivadas em 2,8 mil hectares. A cooperativa também é a maior e mais premiada vinícola do Brasil.