Tratores Tramontini Antonio Carraro para toda família

“Empoderada”, é assim que Diva Marcolim Flamia se define ao operar os tratores Tramontini Antonio Carraro para ajudar o esposo nas tarefas da lavoura

Ao chegar à propriedade da família Flamia na Linha Ferri, interior de Bento Gonçalves, o casal recebe a nossa reportagem. Quem apresenta todas as atividades desenvolvidas ali e conhece cada detalhe da produção é Dona, 55 anos, agricultora e esposa de Auri Flamia 59 anos.
Vindos de uma tradição familiar na viticultura a família investiu no trator de montanha da Série 5800 da Tramontini Antonio Carraro. O supercompacto de 50 cv se adapta a diferentes exigências e chega para atender necessidades específicas dos pomares, vinhedos, cafezais, aviários, etc.
A família tem 16 hectares de vinhedos e toda a estrutura foi adaptada para ser trabalhada com o trator, que já são dois! Os produtores explicaram que topografia da região, onde estão seus vinhedos, tem muita subida e a tração do trator é 4×4 integral, o que traz segurança e confiabilidade nas manobras. “Aprendi a dirigir o trator,
porque eu quero trabalhar nas minhas terras. Isso faz eu me sentir empoderada.
Minha intenção não é competir  com os homens, nem ganhar deles, mas trabalhar junto com eles” agregando valor ao negócio, diz Diva.


Jornal Gazeta News: O que mudou na vida de vocês depois que viraram clientes da Tramontini através da aquisição do trator com tecnologia da Italiana Antonio Carraro?
Diva e Auri Flamia: Melhorou a qualidade do trabalho, tivemos mais tranquilidade pela segurança que o trator nos proporciona.


Jornal Gazeta News: A empresa sempre cumpriu com o prometido?
Diva e Auri Flamia: Sim cumpriu e cada vez vem ofertando tratores melhores com mais conforto e segurança.

Jornal Gazeta News: Que cuidados vocês têm com seu trator para que ele tenha maior durabilidade?
Diva e Auri Flamia: Faço as revisões em dia, nos períodos certos e realizo as manutenções periódicas mantendo o trator em condições de funcionamento. Desde o momento da entrega do trator o técnico nos deu dicas de revisões para a longevidade da máquina.

Jornal Gazeta News: Como está o trator TN 6400 Major, mais antigo?
Diva e Auri Flamia: O trator está bom, com 1800 horas e manutenção em dia. As revisões são feitas conforme o manual. Estar em dia com a manutenção da máquina vem nos garantindo maior durabilidade, redução de despesas com manutenção e, principalmente, minimiza o risco de a máquina quebrar durante períodos importantes como o de pulverização e da colheita da uva.

Jornal Gazeta News: De uma maneira geral, como o vocês avaliam os sistemas de segurança do trator Tramontini Antonio Carraro? Diva e Auri Flamia: O trator tem estabilidade ao transitar em terrenos acidentados e facilidade de circulação em parreirais com subidas. Aqui na nossa região é muito comum termos morros e espaços reduzidos, com o trator conseguimos fazer as manobras com segurança, conforto e a qualidade de operação.

Jornal Gazeta News: Precisaram de pós-venda? Foram bem atendidos?
Diva e Auri Flamia: Tivemos sim o pós-venda, nos sentimos lembrados e valorizados
pela marca. Sempre fomos bem atendidos. Sinceridade e transparência são o que os
clientes esperam de uma empresa, na Tramontini temos isso.

Jornal Gazeta News: Você confia na Tramontini Antonio Carraro?
Diva e Auri Flamia: Sim confiamos, porque temos um bom atendimento e sinceridade.

Jornal Gazeta News: O senhor hoje tem confiança para indicar o trator Tramontini Antonio
Carraro para outro produtor?
Diva e Auri Flamia: Tenho confiança sim. O trator Tramontini Antonio Carraro, que é um trator de montanha é muito superior aos outros maquinários convencionais porque transita em morros, oferecendo segurança.
Um dos diferenciais do trator TRX 5800 é a reversibilidade. De forma fácil e prática, o próprio operador pode, em uma ação rápida, mesmo durante a lida no campo, girar o “cockpit” invertendo banco, painel, direção e pedais, sem precisar manobrar o trator para dar continuidade ao serviço, conforme a demanda de trabalho.

MOTOR
O modelo compacto, com motor Yanmar 50 HP, possui a mesma transmissão traseira antes utilizada, somente, em tratores mais potentes, com motores de 70 HP a 90 HP. A caixa é sincronizada, com 24 velocidades, sendo 12 para frente e 12 para trás (com opcional de 32 velocidades), com inversor sincronizado. “Ele tem mais lastro e robustez, é um híbrido entre outros dois modelos de produtos, o TN 5800 Major e o TRX 7800 explica o gerente de vendas,
Everton Coutinho. O Sistema hidráulico possui bomba de 16 cm cúbicos, que proporciona vazão de 43 litros por
minuto. Além disso já vem com radiador de óleo, um item inovador para um trator desse porte.
RENDIMENTO
“Outra novidade é a opção tomada de potência (TDP) econômica, que o operador pode selecionar em uma situação em que não há demanda por tanta força. Isso deve resultar em economia de combustível na hora do trabalho, quando estiver em condições normais”, completa Jardel Bittencourt, gerente de pós-vendas e engenharia. “Para acionar a TDP basta pressionar um botão, independente, situado no painel do veículo. É fácil de fazer e simples de
desligar”. Ainda no painel, há a opção de bloqueio da tração traseira, que pode ser acionada a qualquer momento, com o simples toque de um botão, mesmo em situações de risco. O bloqueio do eixo dianteiro permanece sendo acionado por pedal.
SEGURANÇA
Os tratores de montanha Tramontini Antonio Carraro são compactos, baixos e têm estabilidade ao transitar em terrenos acidentados e facilidade de circulação em parreirais e entre pomares de frutas, situações muito comuns em regiões como a Serra gaúcha. Algumas características presentes nos modelos da marca: são isodiamétricos, com pneus do mesmo tamanho, já havendo disponibilidade de um modelo com rodas desiguais, que possui a mesma
essência necessária para garantir os diferenciais dos tratores de montanha; têm tração realmente 4 x 4. Também possuem baixo centro de gravidade, com o peso distribuído na altura das rodas.
O sistema “ACTIO”, permite que trabalhem com 15 graus de articulação horizontal entre os eixos dianteiro e traseiro, o que faz com que todas as rodas permaneçam no chão, mesmo em terrenos acidentados. Além disso, têm bloqueio dianteiro e traseiro.
O gerente comercial da Tramontini, Everton Coutinho, explica que a possibilidade de realizar manobras, em espaços reduzidos, vem abrindo novos mercados. “Nossos tratores têm maior agilidade em manobras com raio de giro muito pequeno, por isso, além das culturas perenes, estamos entrando bem no mercado de produção de aves. Existe uma demanda para tocar implementos muito pesados dentro de aviários, que são imensos, mas não havia trator adequado. Nossa máquina não é mágica, é resultado de um processo de engenharia muito pensado. Ela oferece segurança e facilita o trabalho do produtor, também em situação de risco, o que é um diferencial”. Com estrutura reforçada, apesar de compacto, o novo modelo da Série 5800 tem peso médio de 2200 kg.. E, mesmo com lastro, mantém a característica de menos peso atrás e mais peso na frente, suportando até 3,5 toneladas de lastro, com implementos, devido à sua robustez traseira, podendo o operador adequar os lastros ao seu perfil de trabalho. “Quando o operador, por exemplo, coloca um pulverizador ou uma carreta, a plataforma toda fica no chão. É uma grande ferramenta para manter o trabalho, normalmente, em locais montanhosos. Tudo isso sem compactar o solo, mas facilitando todo o trabalho a campo”, explica Everton.
Os técnicos também destacam que enquanto um trator agrícola convencional opera, no limite, a 12 graus de inclinação, os tratores desse modelo podem ser usados em locais com até 25 graus de inclinação e oferecer total segurança.

PEÇAS DE REPOSIÇÃO
Em relação às peças de reposição e manutenção, a Tramontini afirma que a empresa atende integralmente qualque necessidade dos clientes. Além disso, o departamento de engenharia da empresa já trabalha no desenvolvimento de componentes nacionais que estão sendo gradativamente adicionados aos tratores italianos.

REVISÕES
O trator Tramontini Antonio Carraro da Série 5800 traz também, vantagem nas revisões do veículo. A primeira, com 50 horas, é oferecida gratuitamente pela própria Tramontini. A segunda, com 200 horas e a terceira, com 400 horas, são só do motor, o que significa custo bem mais em conta. A revisão da transmissão, com troca de alguns filtros e óleos de distribuição, só será necessária em 600 horas de uso. Nas próximas 2 revisões seguintes,
seguem somente a vistoria no motor e assim por diante.

PARCERIA
A parceria entre a centenária empresa italiana, líder mundial na comercialização de tratores de montanha com a brasileira Tramontini foi fechada em 2016, as primeiras vendas começaram no ano seguinte. A estrutura básica vem pronta da Itália e parte da montagem é finalizada na fábrica de Venâncio Aires .Mais que um trator a Tramontini afirma que vende um conceito, por isso seu cuidado tão grande com o pós-venda.
Com profissionais treinados atende diretamente os produtores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Minas Gerais, onde tem maior atuação. Com quase 1.000 máquinas vendidas, entende ser um trabalho contínuo que, certamente, vai trazer cada vez mais frutos para o mercado brasileiro e para os agricultores, com ganho de produtividade, maior conforto e segurança aos operadores.

TRAMONTINI
A Tramontini Máquinas atua nos segmentos Elétrico, Náutica, Geração de Energia, Motores, Máquinas, Jardinagem, Microtratores e Tratores. A empresa foi fundada em 1984 por Derci Tramontini, um apaixonado pelo setor agrícola e por máquinas, que faleceu no mês de em janeiro/2021, aos 87 anos.