Curso enfoca práticas culturais que devem ser realizadas na viticultura nesta época

Em Garibaldi, o terceiro módulo está previsto para ocorrer no dia 09 de julho Crédito foto: Divulgação Emater/RS-Ascar

Neste mês acontece o 2º módulo do Curso Profissionalizante em Viticultura para Jovens, promovido pela Emater/RS-Ascar, que está em andamento com três grupos de agricultores da região da Serra. Na sexta-feira (13/05), o curso foi realizado na propriedade da família Pagliarini, em Garibaldi, e também foi acompanhado pelo secretário da Agricultura, Lívio Bortolini. No dia 25 de maio será na propriedade de Fábio Colferai, em Nova Roma do Sul, e no dia 31 de maio, na propriedade de Rogério Moro, em Monte Belo do Sul
Cada módulo do curso (serão cinco no total) acontece em uma propriedade de um agricultor participante, e os alunos aprendem fazendo as práticas culturais específicas para cada época do ano.
Em Garibaldi, os extensionistas da Emater/RS-Ascar Enio Ângelo Todeschini e Henrique Thomas Queiroz realizaram prática de coleta de amostra do solo e discutiram sobre o conhecimento que os viticultores precisam ter dos dados que constam no laudo de análise de solo, a fim de que possam gerenciar melhor a adubação e nutrição das plantas. Também houve prática de plantio correto da muda da videira, com orientações sobre a melhor época e a qualidade da muda, entre outras. Com relação aos tratamentos de inverno, eles fizeram a medição da densidade da calda sulfocálcica, a fim de possibilitar uma adequada diluição para cada variedade de parreira, assim como foi demonstrado na prática a forma correta de aplicação da calda. Os extensionistas trabalharam ainda o preparo e plantio das estacas para a produção de mudas, seja de porta-enxerto ou parreira de pé-franco.
Em Garibaldi, o terceiro módulo está previsto para ocorrer no dia 09 de julho. O curso conta com a parceria da Sicredi e das prefeituras municipais no custeio.
Crédito foto: Divulgação Emater/RS-Ascar